Quinta Feira, 16 de agosto de 2018

Home / NOTÍCIAS  / Santander presenteia pernambucanos com obra de arte no Aeroporto Internacional do Recife

Santander presenteia pernambucanos com obra de arte no Aeroporto Internacional do Recife

Chamado de Frevo, painel entalhado em madeira do artista J. Costa, que integrava a Coleção Santander Brasil, ganha dimensão pública com iniciativa do banco.

O Santander proporciona uma nova experiência artística para quem passar pelo Aeroporto Internacional do Recife/Guararapes – Gilberto Freyre, ao presentear o espaço com uma obra de arte. A escolha do local traduziu-se no melhor destino para a peça denominada Frevo, pois o ritmo musical, que é patrimônio mundial da Unesco, tem suas origens no estado de Pernambuco.

Trata-se de uma obra de grandes dimensões, um painel com mais de dois metros de altura e comprimento superior a onze metros sobre a dança brasileira originada no Recife. O trabalho do artista J. Costa, que foi concebida em quatro estruturas unidas por travas na parte posterior, está sendo instalado no lado direito do saguão do andar térreo com iluminação especial.

“Acreditamos que a arte é um bem de toda a sociedade e deve ser compartilhada. Entregar esta obra para o Aeroporto Internacional do Recife agrega valor à Coleção da Infraero, estimula conservação do patrimônio pernambucano e valoriza o regionalismo por meio da arte”, diz Marcos Madureira, vice-presidente executivo de Comunicação, Marketing, Relações Institucionais e Sustentabilidade do Santander Brasil.

Para o Superintendente da Infraero no Aeroporto do Recife, Carlos Antônio da Silva, receber essa doação do Santander é dar continuidade à democratização da arte no Guararapes. “Nós temos um autêntico museu aeroportuário. O painel Frevo do artista J. Costa se junta a um acervo composto por obras de artistas plásticos renomados, contribuindo positivamente para que a vida de todos que passam pelo terminal recifense se torne mais rica, mais significativa, mais plural e inclusiva”, destacou Silva.

Gilberto Freyre Neto, que participou de todo processo de cessão da obra, comenta que “o Aeroporto Internacional do Recife/Guararapes – Gilberto Freyre, por todas as qualificações e prêmios que vem recebendo do trade turístico e das instituições e empresas aeroviárias mundo afora, vem se tornando um espaço de referência para a difusão da arte e da cultura pernambucana, um verdadeiro museu de arte, espaço de encontros, dos que chegam e dos que partem por Pernambuco”.

 

Artista: J. Costa

Título: Frevo

Data: s/d

Técnica: Madeira entalhada

Dimensões: 2,24 x 11,65 x 0,09m

Local: Aeroporto Internacional do Recife/Guararapes – Gilberto Freyre

Praça Ministro Salgado Filho, s/n – Imbiribeira, Recife – PE, 51210-902

 

Coleção Santander Brasil

A Coleção Santander Brasil, formada pelas coleções de arte dos bancos que foram sendo integrados ao grupo, reúne um significativo capital simbólico, tanto dessas organizações quanto da cultura brasileira.Constituída majoritariamente por obras de artistas brasileiros e estrangeiros residentes no Brasil, produzidas a partir da década de 1940 até os dias atuais. A partir da análise deste conjunto, identificou-se um expressivo núcleo de arte moderna brasileira, além de diferentes manifestações culturais, incluindo arte popular e de cartografia dos séculos XVII ao XIX. Hoje, a coleção de arte do banco Santander Brasil é formada por um acervo de significativa relevância para a história da arte brasileira, constituído por fotografias (33,5%), gravuras (28%), pinturas (26,5%) – e em menor número por esculturas, desenhos e outros suportes. As iniciativas de difusão da Coleção Santander Brasil têm por objetivo promover o acesso à cultura, pois é na interação com as pessoas que se forma e se ativa o significado da arte.

 

Arte no Aeroporto Internacional do Recife / Guararapes – Gilberto Freyre 

O antigo aeroporto abrigava obras de dois grandes artistas pernambucanos, ambas concebidas em 1951. Um painel do ceramista Francisco Brennand, que foi relocado no novo aeroporto em 2004, instalado na parede do embarque nacional, e uma pintura parietal do artista Lula Cardoso Ayres, que permanece no antigo aeroporto.

Ainda em 2004, a Infraero convidou o artista plástico Pedro Frederico para fazer a curadoria da instalação de obras de artistas pernambucanos no novo aeroporto. Pedro indicou a aquisição de trabalhos de pintura de Gil Vicente, José Claudio, Montez Magno e Joao Câmara, além de um trabalho de sua própria autoria, a obra Flora, que originalmente ficava no térreo e foi recolocada na sala de desembarque nacional com iluminação especial.

Posteriormente, a Infraero decidiu homenagear o patrono do aeroporto, o escritor Gilberto Freyre, com uma escultura em tamanho natural elaborada por Abelardo da Hora. A obra foi instalada na entrada principal do aeroporto, que recebeu na mesma época a escultura “Bola de Praia”, do também pernambucano Romero Brito.

 

Sobre o Frevo

O Frevo é um tipo de dança brasileira originada no Recife (PE). É um ritmo musical acelerado que mistura a marcha e o maxixe, e também possui alguns elementos da capoeira. Trata-se de uma dança muito famosa, e por isso, em 2012 ela foi declarada como sendo Patrimônio Imaterial da Humanidade pela UNESCO, por ser uma expressão muito importante da cultura nordestina e brasileira. Nacionalmente, o Dia do Frevo é comemorado em 14 de setembro. Porém, na capital pernambucana, o Dia do Frevo também é celebrado dia 9 de fevereiro, mês que normalmente ocorre o carnaval. O Frevo foi criado no final do século XIX, e tem como característica um ritmo rápido. O nome da dança deriva da palavra ferver, pois o jeito de dançar faz parecer que os pés estão sobre água fervente, devido a rapidez dos passos.

 Sugestão e foto enviado por: Mariele Salgado Duran

redacao@mgturismo.com.br

Agência de Notícias do Turismo, noticiário de MG, do Brasil e exterior em tempo real. O mais tradicional jornal especializado em turismo de Minas Gerais, com circulação ininterrupta desde 1985.

Avalie esta notícia:
0 Comentário

POST A COMMENT

Leia a Edição

Edições Anteriores

Confira os destaques

Nenhuma matéria foi encontrada.

×