Quarta Feira, 17 de julho de 2019

Home / EDITORIAS  / Internacional  / Vietnã investe no Turismo e mira o público americano e brasileiro

Vietnã investe no Turismo e mira o público americano e brasileiro

Produções pagas nos principais canais de TV do mundo como a CNN Internacional e, também, a gravação de Kong: A Ilha da Caveira, são exemplos de que se pensa grande por lá quando o tema é Turismo

A imagem de um país devastado pela guerra já mudou, ao menos na prática. Porém é preciso mostrar uma nova realidade para turistas de todo o mundo. Este é o trabalho que os governantes vietnamitas potencializam nos últimos anos. O país possui uma população de 90 milhões de habitantes e recebe cerca de 19 milhões de turistas anualmente, sendo a maioria europeus, japoneses e coreanos. E a ideia é fazer com que este número cresça ainda mais.

Para isso, as apostas são ousadas. Algumas ações recentes como produções pagas nos principais canais de TV do mundo como a CNN Internacional e, também, a gravação do filme Kong: A Ilha da Caveira, são exemplos de que se pensa grande por lá quando o tema é turismo.

Uma das facilidades para o público brasileiro é a liberação de visto para o país. O processo ocorre sem burocracia e é feito pela Embaixada do Vietnã no Brasil, em um período de no máximo três dias. Dificilmente pedidos são negados. Além disso, os valores dos bilhetes aéreos e hospedagem são muito atrativos para quem quer conhecer o país.

O embaixador do Vietnã no Brasil, Do Ba Khoa, juntamente com sua esposa, a embaixatriz Neuyen Thi Thu Van e o secretário geral da Embaixada do Vietnã em Brasília, Neuyen Viet Dung, visitaram Gramado e Canela no final de semana de Páscoa, a convite dos diretores do FESTURIS Gramado – Feira Internacional de Turismo (www.festurisgramado.com.br). O país está em negociação para participar pela primeira vez da feira que ocorre em Gramado de 9 a 12 de novembro.

Segundo o embaixador Do Ba Khoa, “o Vietã oferece atrações de Norte à Sul, com atrações culturais, religiosas, praias e serra. Cada região possui suas peculiaridades. Se o turista brasileiro pensa em passar dez dias no país, por exemplo, pode percorrer regiões turísticas desde a fronteira com a China, passando pelo centro e conhecendo todo o território.”

Ele destaca algumas atrações e a receptividades do povo. “Cada região tem suas festividades, mas se destacam as festas do Novo Ano Lunar ( que ocorrem nos meses de janeiro, fevereiro e março). As praias possuem serviços que satisfazem as necessidades de diferentes públicos e bolsos. Além disso, o nosso povo é muito receptivo. O Vietnã é uma destino para visitantes de todos os países do mundo. Vivemos em um mundo globalizado e conhecer outras culturas e fazer este intercâmbio é muito importante”, analisa o Embaixador.

Fonte: Flavio Prestes

Crédito: Divulgação

redacao@mgturismo.com.br

Agência de Notícias do Turismo, noticiário de MG, do Brasil e exterior em tempo real. O mais tradicional jornal especializado em turismo de Minas Gerais, com circulação ininterrupta desde 1985.

Avalie esta notícia:
0 Comentário

POST A COMMENT

Leia a Edição

Edições Anteriores

Confira os destaques

Nenhuma matéria foi encontrada.

×