Sexta Feira, 28 de fevereiro de 2020

Home / NOTÍCIAS  / Festival Brasil Sertanejo invade Esplanada do Mineirão e deixa sua marca

Festival Brasil Sertanejo invade Esplanada do Mineirão e deixa sua marca

Com ícones da música Brasileira, o Festival Brasil Sertanejo reúne milhares de pessoas e emociona fãs

Em sua terceira edição, o Festival Brasil Sertanejo se consolidou no calendário mineiro de

eventos. Realizado pela Nenety Eventos e o Empresário João Wellington, os dois palcos do

festival receberam nas duas noites, 05 e 06 de maio, os maiores nomes da música brasileira.

Com a montagem de estrutura, que foi iniciada no dia 26 de abril, levando aproximadamente 20

mil toneladas de equipamentos divididas entre dois palcos, o evento, que teve cerca de 14

horas de shows em 9 apresentações e 24 artistas, reuniu milhares de pessoas na Esplanada

do Mineirão, em Belo Horizonte.

A primeira noite, noite que vai do sertanejo universitário aos clássicos, reuniu ícones do

gênero. Henrique & Diego e Bruninho & Davi dividiram o palco dando início ao programa que

celebrou os 15 anos do sertanejo universitário, movimento que começou em 2002 com os

irmãos Menotti em casas noturnas de Belo Horizonte, e simultaneamente com João Bosco &

Vinícius no Centro-Oeste do país. Falando nestas duplas, foram elas que animaram a

Esplanada do Mineirão no segundo show. Logo em seguida, os sucessos como “Deus e eu no

sertão”, “Vai me perdoando”, “Borboletas” e muitos outros, emocionaram os fãs de Victor &

Léo, que presenciaram um momento romântico e inesquecível, ao cantarem uma música com o

integrante da dupla, Léo, que foi até o público.

Dando continuidade à programação, os filhos de Francisco, Zezé di Camargo & Luciano,

arrancou gritos do público, principalmente durante a música que marca até hoje as suas

carreiras, “No dia em que eu saí de casa”. O show não poderia terminar de forma mais

emocionante e clássica do que com os cantores Chitãozinho & Xororó e Bruno & Marrone. A

maior interação da noite, com certeza, foi durante as canções de raiz como “Galopeira”, “60

Dias Apaixonado” e “A Dama de Vermelho”. Não podendo deixar de ressaltar que o que tornou

este último momento ainda mais alegre foi a celebração do aniversário de Chitãozinho, que

completou 63 anos.

Imaginem um público enorme e animado. Esta foi a noite de sábado, 06 de maio, segundo e

último dia de show, para a infelicidade dos fãs. A mistura do sertanejo com o funk trouxe aos

palcos o famoso Cabaré, projeto de Eduardo Costa e Leonardo, Henrique & Juliano, Maiara &

Maraísa, Gusttavo Lima e Dennis DJ.

Gêmeas, carismáticas, com grandes sucessos… Isso mesmo, Maiara & Maraísa abriram a

noite com a música que o país sabe de cor, “Sorte que Cê Beija Bem”, e deixaram uma ótima

impressão para todos os presentes, que se animaram muito com elas. Quando o público ouviu

os fogos já sabiam quem entraria, Gusttavo Lima. O cantor sertanejo, que certamente está em

seu auge após seu último álbum “50/50”, deixou os fãs maravilhados e seu show foi um

sucesso. O show ainda teve uma prévia do que aconteceria logo após com Dennis DJ e é claro

que a Esplanada ficou ainda mais ansiosa.

O auge da noite, uma referência nacional do estilo, Dennis DJ colocou a Esplanada do

Mineirão toda para dançar, deixando a noite a mais empolgada possível e preparada para as

próximas emoções. Os “mini” Dennis, a chuva de champagne e suas batidas, como sempre,

encantaram e deixaram todos com aquele gostinho de quero mais. Mas a noite não acabou por

aí.

Logo após o término do show, os amantes da música clássica já se posicionaram para a

apresentação mais bonita do Festival Brasil Sertanejo. Leonardo, Eduardo Costa e suas

dançarinas, que completam o show, interagiram com o público deixando todos cantando, a

todo o momento, com o sorriso no rosto. Beberam, fizeram piadas, mas não deixaram de

mostrar ao país o poder do sertanejo, relembrando repertórios famosos, como “As Andorinhas

Voltaram”, “Último Adeus” e é claro que para fecharem aquele momento lindo, não poderiam

deixar de cantar “Vá com Deus”.

Por último, mas com certeza não menos importante, Henrique & Juliano, conseguiram fazer da

Esplanada o maior coral das duas noites. Com seus novos sucessos “O Céu Explica Tudo”,

“Aquela Pessoa”, “De Trás Pra Frente” e “Vidinha de Balada”, que já estão na ponta da língua,

e seus repertórios antigos, como “Como é Que a Gente Fica”, “Deixa Ela Saber”, “Recaídas” e

outros, a dupla emocionou seus fãs, que fizeram muitos cartazes e entregaram vários

presentes aos cantores. Este show, obviamente, com chave de ouro, fechou o Festival Brasil

Sertanejo.

A terceira edição do Festival Brasil Sertanejo contou com cerca de 1500 profissionais

envolvidos na realização do evento. A montagem das estruturas foi iniciada no dia 26 de abril,

levando aproximadamente 20 mil toneladas de equipamentos divididas entre dois palcos, que

receberam cerca de 14 horas de shows em 9 apresentações e 24 artistas.

Fonte: Pietra Pessoa

Crédito: Catherina Dias

redacao@mgturismo.com.br

Agência de Notícias do Turismo, noticiário de MG, do Brasil e exterior em tempo real. O mais tradicional jornal especializado em turismo de Minas Gerais, com circulação ininterrupta desde 1985.

Avalie esta notícia:
0 Comentário

Sorry, the comment form is closed at this time.

Leia a Edição

Edições Anteriores

Confira os destaques

Nenhuma matéria foi encontrada.

×