Domingo, 22 de setembro de 2019

Home / DESTAQUES AGÊNCIA DE NOTÍCIAS  / Museu de Congonhas abre cursos sobre a nova sala de aula

Museu de Congonhas abre cursos sobre a nova sala de aula

Capacitação integra Programa de Formação em Mídia-Educação, uma iniciativa pioneira no interior de minas, e promovida de 23 a 28 de maio, na cidade histórica mineira

As estratégias para construir uma boa narrativa e conquistar a atenção dos alunos, resultando no crescimento dos índices de aprendizado em sala de aula serão o tema do Programa de Formação em Mídia-Educação do Museu de Congonhas. Como identificar e desenvolver uma narrativa? Quais os principais autores que abordam esse tema, o que eles nos ensinam? Quais são as possibilidades de aplicação das narrativas na atividade docente? Estas são algumas das questões que o professor Rian Rezende (5D Design; PUC Rio) procurará esclarecer no curso “As estratégias da narrativa”, que terá foco nas metodologias, estratégias de criação, planejamento e criação do discurso. A capacitação acontecerá de 23 a 28 de maio, das 17h às 22h, com vagas já esgotadas.

Oferecido pelo Museu de Congonhas, em parceria com a Prefeitura Municipal e Secretaria Municipal de Educação e patrocínios da Gerdau e da Cemig, esta última por meio da Lei Estadual de Incentivo à Cultura do Governo de Minas Gerais, o Programa de Formação de Educadores em Mídia-Educação busca contribuir para que os educadores do município de Congonhas  e região se apropriem de conhecimentos e metodologias do uso das Novas Tecnologias de Informação e Comunicação (TICs) em sua prática profissional, de modo a transformar e atualizar a experiência da sala de aula vivida por professores e alunos, tornando-a mais interessante e eficaz.

Este é o primeiro projeto do gênero a ser implantado no interior de Minas. “O que se pretende é contribuir para uma mudança conceitual na forma de compreender a educação e a sala de aula, estimulando a percepção do nível de tecnologia e de inteligência já disponíveis nesse espaço, e que os próprios professores consigam pensar transformações. Não é uma tentativa de mudança de cima para baixo ou de fora para dentro. É um convite à uma transformação cultural sobre a forma de se pensar o fazer da educação”, explica o pesquisador João Alegria (PUC-Rio / Canal Futura), uma das principais referências da área em todo o Brasil, que participou da concepção da iniciativa.

Fonte:  Nudia Fusco

Crédito: Banco de Imagem Pixabay

redacao@mgturismo.com.br

Agência de Notícias do Turismo, noticiário de MG, do Brasil e exterior em tempo real. O mais tradicional jornal especializado em turismo de Minas Gerais, com circulação ininterrupta desde 1985.

Avalie esta notícia:
0 Comentário

Sorry, the comment form is closed at this time.

Leia a Edição

Edições Anteriores

Confira os destaques

Nenhuma matéria foi encontrada.

×