Terça Feira, 21 de janeiro de 2020

Home / NOTÍCIAS  / Ministério dos Transportes veta voos de grande porte na Pampulha

Ministério dos Transportes veta voos de grande porte na Pampulha

A decisão do Ministério dos Transportes dá um passo importante para colocar fim à polêmica disputa com o Aeroporto Carlos Drummond de Andrade, em Belo Horizonte, localizado na região da Pampulha, que queria voltar a ter permissão para realizar voos de grande porte. Durante os dois anos em que presidiu a Comissão de Desenvolvimento Econômico da ALMG, Arantes fez questão de ouvir todos os lados envolvidos, empresários e comerciantes, representantes de taxistas, associação de moradores, Infraero, Anac, Governo de Minas, a concessionária que administra Confins, a BH Airport.

Semana passada, os deputados da Comissão de Desenvolvimento Econômico visitaram os dois aeroportos para comparar suas infraestruturas. “Ficou evidente que o Aeroporto da Pampulha não tem condições de atender a uma capital do porte de Belo Horizonte. Com as reformas e a ampliação, o Aeroporto de Confins é um aeroporto de primeiro mundo, é motivo de orgulho para todos os mineiros e promoveu o desenvolvimento daquela região. Os benefícios são incontáveis”, argumentou Arantes.

Segundo o parlamentar, a concentração de todos os passageiros em um mesmo aeroporto viabiliza novos voos internacionais, com ocupação dos aviões por passageiros não só da capital, mas do interior do Estado, que antes viajavam para o exterior a partir de aeroportos de outras capitais, como Rio e São Paulo. “A possibilidade desse aumento de movimento de passageiros é o que motiva as companhias aéreas a oferecer mais voos, tanto domésticos quanto internacionais. Se houvesse voos também na Pampulha, esse movimento ficaria dividido e todos sairiam perdendo”, explicou Antonio Carlos.

O deputado comemorou a decisão do governo e agradeceu o apoio dos parlamentares que se envolveram diretamente com o problema, como Roberto Andrade, Gustavo Valadares e João Leite. Ele agradeceu, também, a parceria da ACMinas e das associações dos moradores da região da Pampulha. “É uma luta de todos, é uma conquista de todos. E essa vitória significa conforto, menor custo, economia de tempo e agilidade no deslocamento aéreo dos passageiros em um aeroporto com infraestrutura de primeiro mundo. Isso significa desenvolvimento econômico para o nosso Estado”, concluiu Arantes.

Sugestão e foto enviado por: Dep. Estadual Antônio Carlos Arantes

redacao@mgturismo.com.br

Agência de Notícias do Turismo, noticiário de MG, do Brasil e exterior em tempo real. O mais tradicional jornal especializado em turismo de Minas Gerais, com circulação ininterrupta desde 1985.

Avalie esta notícia:
0 Comentário

Sorry, the comment form is closed at this time.

Leia a Edição

Edições Anteriores

Confira os destaques

Nenhuma matéria foi encontrada.

×