Segunda Feira, 16 de dezembro de 2019

Home / NOTÍCIAS  / História de fé e devoção tem continuidade em Canela

História de fé e devoção tem continuidade em Canela

O último dia de Romaria e Festa em Honra a Nossa Senhora de Caravaggio, neste dia 28 de maio foi de muita fé, devoção em Canela.

As romarias a Pé, de Jovens e Jornada Diocesana da Juventude, e Motorizada, da 57ª Romaria e Festa em Honra a Nossa Senhora de Caravaggio de Canela, que ocorreram neste final de semana, de sexta a domingo, respectivamente, contaram com grandes demonstrações de fé e devoção. Milhares de pagadores de promessas fizeram o percurso de 7km, da Catedral de Pedra até o Santuário de Caravaggio, muitos deles, apesar da chuva e do frio, caminharam de pés descalços. Velas gigantes e muitas flores foram oferecidas a Santa Milagrosa. Desde às 6h da manhã, grupos de pessoas chegavam ao Santuário, muitos que caminharam desde as suas cidades de origem como Gramado, Igrejinha, Nova Petrópolis, Picada Café, São Francisco de Paula, Taquara e Três Coroas.

A Cavalgada da Fé, no último dia 07 e a Procissão Luminosa, dia 25, também fizeram parte da programação do evento.

Neste domingo, 29, a Romaria Motorizada contou com cerca de 11 mil de automóveis particulares, caminhões e frotas de empresas, que buscaram a proteção de Nossa Senhora através da bênção em frente ao pórtico do Santuário. Em função da chuva que caiu na chegada da romaria, a grande maioria dos automóveis, após a bênção desistiram de ficar no evento. A imagem de Nossa Senhora de Caravaggio, que abriu o cortejo da Romaria de hoje foi conduzida em um caminhão dirigido por Eduardo Brocker da Rosa, o Dadinho, que esperava por esta oportunidade há 5 anos. Dadinho é devoto de Maria de Caravaggio e todos os  caminhões de sua transportadora contam com uma imagem da Santa.

Segundo a organização, cerca de 14 mil pessoas passaram pelo Santuário de Caravaggio de Canela nos 5 dias de programação.

Tradicionalmente na chegada da romarias, as Missas são celebradas ao ar livre, em frente ao Monumento da Prece. Neste ano, em função da chuva, as missas das romaria a Pé e dos Jovens ocorreram na cripta da Igreja em construção, reforçando a necessidade do Santuario contar com uma Igreja que comporte os participantes das romarias e o público dos eventos religiosos que ocorrem no local durante todo o ano. Neste domingo parecia que a chuva daria uma trégua e um altar foi montado em frente ao Monumento da Prece, onde ocorreu a Missa Campal, infelizmente com chuva, diminuindo consideravelmente o número de devotos.

O Bispo Diocesano D. Zeno Hastenteufel presidiu as Missas das romaria a Pé e dos Jovens e o pároco Padre Varnei  Hinterholz esteve presente durante todo o evento. Os vigários de Canela e padres de diversas paróquias da Diocese de Novo Hamburgo também marcaram presença no evento.

ORGANIZADORES DA 58ª ROMARIA E FESTA DE CARAVAGGIO, EM MAIO DE 2018

Coordenadores Valdomiro e Margarida Jardim, Roberto e Mariléa Oliveira.  Adelir e Angelica Postal, Claudimiro e Edite da Rosa,  Dirceu e Rosangela Oliveira, Ingomar e Maria do Carmo De Nardi, Miguel Pereira e  Jucemira dos Santos, Wilson e Emília Spier.

O Conselho Administrativo do Santuário de Caravaggio, que é presidido por Lauro Drechsler e o Pároco Varnei trabalham juntos na coordenação da Romaria e Festa.

INFORMAÇÕES DA IGREJA QUE ESTÁ EM CONSTRUÇÃO

  • A área total da construção é de 1.600m²;
  • A capacidade da Igreja é para 500 pessoas e com a utilização do terraço, sustentado pelos imensos arcos que se erguem do sub solo, será possível ampliar o número de fiéis a  acompanhar as celebrações através de telões;
  • Além da Igreja com sua  sacristia, oratório e coro, o projeto contempla um subsolo e nele ossário, museu, pequenos confessionários e sanitários;
  • Sua bela cúpula trará a lembrança da Catedral de Caravaggio, na Itália, sendo ela estruturada por arcos;
  • Devido a sua posição privilegiada, a construção proporcionará um mirante, aberto a visitação;
  • O estilo arquitetônico da Igreja segue o traçado Neoclássico, com frontões e planta em cruz;
  • A catedral será rodeada por 12 colunas, representando os 12 apóstolos.
  • A Cruz, um dos símbolos mais fortes do cristianismo estará posicionada no ponto mais alto da edificação, na cúpula, onde também estará localizado o sino.
  • Já está finalizada a terceira e última etapa da fundação. Nos próximos meses iniciará a construção das paredes.

Fonte: Lu Zanatta

Crédito: Divulgação

redacao@mgturismo.com.br

Agência de Notícias do Turismo, noticiário de MG, do Brasil e exterior em tempo real. O mais tradicional jornal especializado em turismo de Minas Gerais, com circulação ininterrupta desde 1985.

Avalie esta notícia:
0 Comentário

Sorry, the comment form is closed at this time.

Leia a Edição

Edições Anteriores

Confira os destaques

Nenhuma matéria foi encontrada.

×