Quarta Feira, 16 de outubro de 2019

Home / DESTAQUES  / Circula Minas leva artistas mineiros à Ásia, Europa e América Latina

Circula Minas leva artistas mineiros à Ásia, Europa e América Latina

Apresentações em território nacional também são viabilizadas pelo edital da Secretaria de Estado de Cultura; inscrições para 3ª seleção seguem abertas até 15 de julho

Os artistas mineiros continuam viajando Brasil e mundo afora para apresentar as manifestações culturais realizadas em Minas Gerais. Com este objetivo, o edital Circula Minas 2017, promovido pela Secretaria de Estado de Cultura, divulga a relação dos contemplados em sua 2ª seleção. Onze propostas foram aprovadas, envolvendo um total de 33 pessoas. A lista completa encontra-se aqui. Interessados em mostrar seus trabalhos artísticos em qualquer lugar do Brasil ou do mundo ainda podem participar. As inscrições para 3ª Seleção do edital estão abertas, e destinam-se a viagens a serem realizadas durante os meses de setembro e outubro. Para isso, o interessado deve inscrever sua proposta no site www.cultura.mg.gov.br até o dia 15 de julho.

Chile, França, Argentina, Portugal e Japão são alguns dos destinos estrangeiros dos artistas, pesquisadores e produtores culturais que fazem suas malas para viagens que acontecem nos meses de julho e agosto. Dentro do território nacional, o Nordeste será a região que acolherá a cultura mineira nesta etapa do programa. Bahia, Paraíba e Maranhão são o destino de três dos projetos aprovados.

Artistas de outros cantos também podem se apresentar em terras mineiras, e nesse sentido um dos destaques desta seleção é a participação de integrantes do grupo de teatro Somá Cambá, de Cabo Verde, na 17ª Mostra de Teatro de Montes Claros (território Norte). Elton Delgado e Péricles Delgado da Silva irão ministrar uma oficina de teatro com duração de uma semana.

Uma de nossas companhias de teatro mais premiadas, o Luna Lunera embarca para Dunquerque, na França, no início de julho. Lá o grupo participa da 13ª Edição do Festival Le Manifeste, onde apresentam o espetáculo “Cortiços”, com direção de Tuca Pinheiro, que também irá ministrar um workshop intensivo. O objetivo das oficinas é conduzir a criação de um trabalho inédito e apresenta-lo ao público nos últimos dias do evento.

De Lambari, no território Sul, o artista plástico Henrique Monteiro de Menezes é outro que está de malas prontas em rumo à França. Em agosto ele vai a Paris para expor seu trabalho durante o “Salon Professionnel d’Art Contemporain no Carrousel Du Louvre 2017 “.

Ainda no território europeu, o Teatro&Cidade – Núcleo de Pesquisa Cênica do Teatro Universitário da UFMG participa do Festival Internacional “Teatro Agosto”, na cidade de Fundão, em Portugal. No evento serão apresentados os três espetáculos que compõem a “Trilogia Andarilha”. As obras investigam os princípios cênicos das máscaras tradicionais da cultura popular brasileira presentes nos reisados e bumbas meu boi, manifestações brasileiras com forte influência africana e indígena.

A Cia de Teatro Conscius Dementia, de Poços de Caldas (território Sul), vai a Santiago, no Chile, para apresentar o espetáculo “Terra e Mar” em escolas da periferia da cidade. E a artista visual Ana Carolina Barbosa da Cunha participa de uma residência artística para aprimoramento da técnica de cerâmica na tradicional e renomada instituição Koraku-Gama, em Arita, no Japão.

Tendo o nordeste brasileiro como destino, a pesquisadora Gabriela Barros Rodrigues viaja para São Luís (MA) para participar do grupo de pesquisa Religião e Cultura Popular – GPMINA, na UFMA. Em Salvador (BA), Maria de Fátima da Silva Jorge e Solange Sabino Palazzi irão representar a Irmandade de Nossa Senhora do Rosário dos Preto, de Ouro Preto (território Metropolitano) no Encontro de Irmandades Negras Católicas. O evento vai discutir estratégias que favoreçam o resgate, a difusão e a manutenção das tradições afrodescendentes.

CIRCULA MINAS

O edital de apoio a viagens da Secretaria de Estado de Cultura busca promover a difusão e o intercâmbio da cultura mineira em suas diversas áreas, como artes visuais, circo, dança, teatro, literatura, afro-brasileira, LGBT, folclore, entre outras manifestações. Conduzido pela Superintendência de Interiorização e Ação Cultural, o programa fornece ajuda de custo para realização de viagens por municípios de todo o Brasil e dos cinco continentes do mundo.

O programa Circula Minas destina aos contemplados o valor total de R$ 300 mil, repassados a título de ajuda de custo para uso em despesas com passagens, seguros de viagem, hospedagem, alimentação, entre outras.

As inscrições para 3ª Seleção do edital estão abertas, e destinam-se a viagens a serem realizadas durante os meses de setembro e outubro. O prazo para entrega dos documentos vai até o dia 15 de julho. As inscrições devem ser feitas no sitewww.cultura.mg.gov.br.

Fonte: SEC – Asscom

Crédito: Divulgação

redacao@mgturismo.com.br

Agência de Notícias do Turismo, noticiário de MG, do Brasil e exterior em tempo real. O mais tradicional jornal especializado em turismo de Minas Gerais, com circulação ininterrupta desde 1985.

Avalie esta notícia:
0 Comentário

Sorry, the comment form is closed at this time.

Leia a Edição

Edições Anteriores

Confira os destaques

Nenhuma matéria foi encontrada.

×