Segunda Feira, 24 de setembro de 2018

Home / DESTAQUES AGÊNCIA DE NOTÍCIAS  / Adélia Prado recebe Prêmio do Governo de MG

Adélia Prado recebe Prêmio do Governo de MG

Pela primeira vez uma mulher é vencedora da categoria principal da premiação; cerimônia também anuncia a criação de bibliotecas públicas em municípios do interior do estado

Em uma noite de celebração, a Secretaria de Estado de Cultura realiza a cerimônia de entrega do Prêmio do Governo de Minas Gerais de Literatura, cuja ganhadora do conjunto da obra, Adélia Prado, estará presente, além dos demais autores contemplados. Para complementar a noite de festividades literárias, também serão realizadas as entregas de livros para criação de bibliotecas públicas em cidades do interior mineiro. O evento acontece na próxima quarta (28), na Biblioteca Pública Estadual Minas Gerais, equipamento cultural que integra o Circuito Liberdade. A entrada é gratuita, mas as vagas são limitadas devido à capacidade do espaço. Senhas serão distribuídas com uma hora de antecedência.

As entregas fazem parte dos editais viabilizados pela Secretaria de Estado de Cultura, por meio da Superintendência de Bibliotecas Públicas e Suplemento Literário, cujos resultados foram publicados no final de 2016.

O PRÊMIO DO GOVERNO DE MINAS GERAIS DE LITERATURA

O Prêmio do Governo de Minas Gerais de Literatura tem como objetivo promover e divulgar a literatura brasileira, reconhecendo grandes nomes nacionais e abrindo espaço para os jovens escritores mineiros. O prêmio é dividido em quatro categorias: I – Conjunto da Obra (homenagem a um escritor brasileiro em atividade), II – Poesia, III – Ficção e IV – Jovem Escritor Mineiro. Entre os escritores que já foram homenageados na categoria Conjunto da Obra, estão Fábio Lucas (2015), Ferreira Gullar (2013), Rui Mourão (2012), Affonso Ávila (2011), Silviano Santiago (2010), Luís Fernando Veríssimo (2009), Sérgio Sant’Anna (2008) e Antonio Candido (2007).

Vencedora do Prêmio do Governo de Minas Gerais de Literatura 2016 na categoria conjunto da obra, a mineira Adélia Prado foi a primeira mulher a ganhar a premiação nesta categoria. Adélia foi escolhida, por unanimidade, pelo júri composto pelos professores Guiomar de Grammont (UFOP), Ruth Silviano Brandão (UFMG) e Luis Augusto Fischer (UFRS). A autora está presente na cerimônia de entrega do prêmio.

Na categoria Ficção (Romance) a obra vencedora foi “Floresta no fim da rua, de Silvio Rogério Silva (SP). As menções honrosas foram para a obra “Começo em mar”, da escritora Vanessa Maranha, e para “Pela primeira vez em muito tempo”, de Vinícius Bopprê Oliveira. Já na categoria Poesia a obra vencedora foi “Um carro capota na lua”, do autor Tadeu de Melo Sarmento (PE). O Jovem Escritor dessa edição é Jonathan Tavares Diniz (MG), que venceu com o projeto “Cólera”.

Para Lucas Guimaraens, Superintendente de Bibliotecas Públicas e Suplemento Literário, jogar luz sobre novos talentos é outra importante faceta da premiação. “A categoria Jovem Escritor é talvez aquela de maior impacto direto junto aos criadores que, no caso, são escritores jovens que nunca tiveram livros publicados e que, possivelmente, terão a partir desse agraciamento uma maior visibilidade e possibilidade de desenvolver a sua obra a partir da bolsa recebida pelo contemplado”, avalia Lucas.

Ao todo o Prêmio do Governo de Minas Gerais de Literatura distribui a quantia de R$ 258 mil, sendo R$ 30 mil para a categoria Ficção, R$ 30 mil para Poesia, R$ 48 mil na categoria Jovem Escritor e R$ 150 mil na categoria Conjunto da Obra.

EDITAL DE CRIAÇÃO DE BIBLIOTECAS PÚBLICAS MUNICIPAIS

O evento também conta com a entrega dos itens presentes Edital de Criação de Bibliotecas Públicas Municipais 2016 às cinco cidades contempladas. Os municípios de Córrego Danta, Formiga (ambas no território Oeste), Congonhas (Vertentes), Belo Vale e Jaboticatubas (território Metropolitano) serão agraciados com um acervo 1.090 itens, que incluem livros em impressão comum e braille, periódicos, CDs, DVDs e audiolivros. Estantes e carrinhos de transporte também integram os kits literários.

A iniciativa, promovida pela Secretaria de Estado de Cultura, por meio do Sistema Estadual de Bibliotecas Públicas Municipais, tem por objetivo democratizar o acesso ao livro, à informação e à leitura, como forma de ampliar as condições para o desenvolvimento, cultural, humano, social e do aprendizado. A Diretora do Sistema Estadual de Bibliotecas Públicas Municipais, Cleide Fernandes, destaca a leitura como necessidade básica. “O acesso aos bens de leitura é um direito de todos os cidadãos e a biblioteca pública é o espaço privilegiado de acesso à leitura, literatura e informação. Por isso, investir na criação desses espaços é garantir esse direito aos mineiros, principalmente aos moradores de distritos e localidades carentes de equipamentos culturais”.

Tanto o Edital de Criação de Bibliotecas Públicas Municipais quanto o Prêmio do Governo de Minas Gerais de Literatura se referem às ações da Secretaria de Estado de Cultura realizadas no ano passado com entregas previstas em 2017.

O Sistema Estadual de Bibliotecas Públicas Municipais de Minas Gerais atende a uma rede de mais de 800 bibliotecas em todo o estado, com doações de acervo, exposições itinerantes, assessorias técnicas e capacitação de gestores.

Fonte: SEC – Asscom

Crédito: Jackson Romanelli

redacao@mgturismo.com.br

Agência de Notícias do Turismo, noticiário de MG, do Brasil e exterior em tempo real. O mais tradicional jornal especializado em turismo de Minas Gerais, com circulação ininterrupta desde 1985.

Avalie esta notícia:
0 Comentário

Sorry, the comment form is closed at this time.

Leia a Edição

Edições Anteriores

Confira os destaques

Nenhuma matéria foi encontrada.

×