Quarta Feira, 16 de outubro de 2019

Home / DESTAQUES DA EDIÇÃO IMPRESSA  / Retrato de Anna

Retrato de Anna

Legenda: A prestigiada e talentosa repórter fotográfica Anna Castelo Branco

*Por Geraldo Elísio

 

Das verdes ondas do Atlântico a banhar Fortaleza, capital do Ceará, passando pelos olhos de uma esperança infida onde se fixa esta cor, acoplando-os a uma câmara fotográfica Anna, que é também Patrícia Castelo Branco Heringer deixou o nordeste e veio para as azuladas montanhas de Minas onde fixa pessoas, paisagens e momentos mágicos com seus cliques. E há muito fala uai sem sotaque.

Anna Castelo Branco teve a sua atenção despertada para a fotografia através das artes plásticas, para orgulho do casal Adonias Castelo Branco e dona Ednir Barbosa Castelo Branco, mais três irmãos e dois filhos, Pedro e Arthur que ela jura terem sido colados de desenhos feitos pelos anjos.

Sensibilidade a flor da pele, Anna, de uma exposição no Palácio das Artes, em Belo Horizonte, chegou ao norte de Portugal (Vieira do Minho), onde uma mostra de seu trabalho na Casa Museu Adelino Angelo, sob o título Olhares poéticos do Brasil, sensibilizou o público.

Para ir mais longe ela está à página 42 do livro Cidades em tons de cinza, uma obra da Vivara Editora – Urbes Brasil – edição de 2017, uma antologia de fotos em P&B. A fotografia é de 2001 e retrata a Velha Praça Sete, coração de Belo Horizonte, capital do Estado de Minas Gerais onde um grupo de idosos ficava a jogar dama e xadrez.

Filmes europeus (principalmente franceses) as bandas de rock inglesas da década de 70; no Brasil o rock and roll produzido nos anos 80; um pouco do teatro e tudo o que é belo fazem parte do cotidiano desta fotografa especial, que ressalvados “o Papa Francisco, seu colega Sebastião Salgado e Chico Buarque de Holanda”, acrescenta que todos os heróis dela “morreram de over dose”.

Além de formada em artes plásticas ela domina o jornalismo e tem uma pós em ensino de artes visuais. Ela prefere fotografar pessoas e entre tantas clicadas, cita o malabarismo futebolístico de Ronaldinho Gaúcho, em sua passagem pelo Atlético de Belo Horizonte, o ex-presidente Itamar Franco e a ex-presidenta Dilma Rousseff.

Quanto ao futebol, orgulhosamente ela se diz penta campeã, a última conquista do Cruzeiro Esporte Clube. Porém torce primordialmente pela paz entre todos os povos.

E gostaria muito, se ele, Cupido, se dispusesse a posar. “E distribuir a foto dele, de cabelos encaracolados como se fosse um anjinho barroco de Ouro Preto, para toda gente. Pois só o amor constrói. A fotografia ajuda nesta tarefa, mas falta muito ainda a ser feito”.

Atualmente, em nome de tudo o que acredita, Anna faz do jornalismo artístico ao estritamente profissional, pois igualmente é necessário sobreviver e é a própria Bíblia que ensina que temos o dever de ganhar o pão com o suor de nosso rosto. “E que bom seja o trabalho a fixação de instantes alegres e bonitos”.

 

*Geraldo Elísio – Jornalista, escritor e artista multimídia

Foto: Tom Nettos

redacao@mgturismo.com.br

Agência de Notícias do Turismo, noticiário de MG, do Brasil e exterior em tempo real. O mais tradicional jornal especializado em turismo de Minas Gerais, com circulação ininterrupta desde 1985.

Avalie esta notícia:
0 Comentário

Sorry, the comment form is closed at this time.

Leia a Edição

Edições Anteriores

Confira os destaques

Nenhuma matéria foi encontrada.

×