Quinta Feira, 18 de julho de 2019

Home / NOTÍCIAS  / Casa da Passarella entre os Grandes Tintos de Portugal

Casa da Passarella entre os Grandes Tintos de Portugal

A edição de dezembro da Revista de Vinhos – A Essência do Vinho, de Portugal, traz uma matéria sobre os grandes tintos desse país a partir de uma prova que reuniu 189 rótulos. “Se colocarmos de lado os vinhos fortificados, muito em particular o Vinho do Porto e o Vinho Madeira, os grandes impulsionadores da reputação do Portugal vinícola são os vinhos tintos”, relata a matéria.

Apenas um vinho ficou com 19 pontos (de 20), seguido de outros 11 com 18,5 pontos. Casa da Passarella O Fugitivo Vinhas Centenárias 2013 (R$ 443,43), do Dão, é um deles. “Nariz vibrante a fruta vermelha com forte componente floral. Boca fresca, taninos domados, acidez no ponto. Um vinho que respira pureza e elegância por todos os poros. Um Dão à moda antiga.”

Sobre a Casa da Passarela
Desde 2008, a vinícola está sob o comando do enólogo Paulo Nunes, que tem feito um trabalho brilhante na elaboração de vinhos que se destacam pelo frescor, pelo caráter mineral e pela longevidade. São três linhas de vinhos: Somontes, Casa da Passarella e Villa Oliveira.

Casa da Passarella O Fugitivo Vinhas Centenárias 2013 é produzido apenas em anos especiais, a partir de quatro parcelas de vinhas centenárias. Vinificação tradicional em lagar, com estágio de um ano em barrica de 600 litros e dois anos em garrafa.

Villa Oliveira Touriga Nacional 2011 (R$ 598,98) foi eleito o Melhor Vinho de Portugal de 2017 pela Wines of Portugal.

 

 

Rodrigo Fonseca & Orlando Rodrigues

 

 

Fonte: Premium Wines

redacao@mgturismo.com.br

Agência de Notícias do Turismo, noticiário de MG, do Brasil e exterior em tempo real. O mais tradicional jornal especializado em turismo de Minas Gerais, com circulação ininterrupta desde 1985.

Avalie esta notícia:
0 Comentário

Sorry, the comment form is closed at this time.

Leia a Edição

Edições Anteriores

Confira os destaques

Nenhuma matéria foi encontrada.

×