Domingo, 22 de setembro de 2019

Home / DESTAQUES AGÊNCIA DE NOTÍCIAS  / Conheça as tradições natalinas das Aldeias Históricas de Portugal

Conheça as tradições natalinas das Aldeias Históricas de Portugal

Região mais heterogênea do país celebra data com cores e costumes singulares

Aldeia de Cabeça e seus belos enfeites de Natal _ Créditos_ Divulgação

 

A tradição ainda segue preservada no Centro de Portugal, onde a época natalina é celebrada de forma bastante singular. Em especial nas Aldeias Históricas, que são autênticas pérolas da história portuguesa, a correria das compras de presentes fica em segundo plano.

E assim, século após século, as Aldeias Históricas continuam construindo um patrimônio que hoje continua a invocar toda a história e tradições da nação. São lugares como Almeida, Belmonte, Castelo Mendo, Castelo Novo, Castelo Rodrigo, Idanha-a-Velha, Cabeça, Marialva, Monsanto, Piódão, Sortelha e Trancoso.

Desde o início de dezembro, os moradores começam a juntar pedaços de madeira nas principais praças das aldeias e vilas da região, sempre perto das igrejas e capelas. Na noite de 24 de dezembro, usando esse material, uma fogueira gigante é acesa para “iluminar o nascimento de Cristo”.

Aldeia de Cabeça e seus belos enfeites de Natal _ Créditos_ Divulgação

Para além das luzes que enfeitam as ruas, há vilas e aldeias que, pela sua beleza e decorações especiais, merecem uma visita demorada em dezembro. É o caso de Aldeia Cabeça, perto de Penamacor. Toda a decoração e enfeites são produzidos pelos habitantes da aldeia. Os materiais utilizados são retirados da natureza com total responsabilidade pelo meio ambiente e a cor dos enfeites é dada pela lã da Serra da Estrela, cedida pelas diversas empresas têxteis da região.

Outra tradição portuguesa interessante desta época do ano é ouvir “cantar as janeiras”, isto é, apreciar grupos de pessoas que saem pelas ruas cantando músicas folclóricas para anunciar o nascimento de Jesus e desejar um feliz Ano Novo. Eles tocam nas portas das casas ou param junto a restaurantes e hotéis. É comum fornecer uma doação a estes grupos como forma de agradecimento.

Para os turistas, não é difícil viver o verdadeiro Natal do Centro de Portugal. Além de presenciar as festas nas ruas, tanto os hotéis como os restaurantes recebem os visitantes de braços abertos, procurando servir pratos especiais que demonstram o verdadeiro paladar local.

Aldeia de Cabeça e seus belos enfeites de Natal _ Créditos_ Divulgação

Sobre o Centro de Portugal

A mais charmosa região portuguesa é cheia de destinos populares: Aveiro, Coimbra, Viseu, Nazaré, Óbidos, Tomar, Fátima e tantos outros. Suas belezas se estendem por todo o território – ocupado por 2,3 milhões de habitantes que têm o dom de bem receber. O Centro de Portugal possui inúmeros patrimônios da UNESCO, um litoral que é um paraíso do surfe, aldeias históricas, gastronomia riquíssima, vinhos inesquecíveis, natureza exuberante e muita cultura, que se somam a incontáveis motivos para uma visita. A principal cidade, Coimbra, está a apenas 200 quilômetros de Lisboa e a 135 quilômetros do Porto. Para mais informações, visite www.centerofportugal.com.

 

 

Fonte: AFT Comunicação Integrada

redacao@mgturismo.com.br

Agência de Notícias do Turismo, noticiário de MG, do Brasil e exterior em tempo real. O mais tradicional jornal especializado em turismo de Minas Gerais, com circulação ininterrupta desde 1985.

Avalie esta notícia:
0 Comentário

Sorry, the comment form is closed at this time.

Leia a Edição

Edições Anteriores

Confira os destaques

Nenhuma matéria foi encontrada.

×