Quarta Feira, 19 de junho de 2019

Home / DESTAQUES  / Sexta edição do Festival Ilumina

Sexta edição do Festival Ilumina

São Paulo, maio de 2018 – A sexta edição do Festival Ilumina será realizada no Novo Portal da Chapada, em Alto Paraíso, de 06 a 08 de julho. Na programação, há espaço para a música, o Sagrado Feminino, alimentação consciente e performances de arte. Antes e depois, ocorrem workshops de aprofundamento. O local fica ao lado do Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros, Goiás, área de preservação do Bioma Cerrado brasileiro, que cobre cerca de 22% do território nacional e é o segundo maior bioma da América Latina. Os ingressos estão à venda.

O líder humanitário discípulo do mestre Sri Sachcha Baba Maharaji Ji, da linhagem indiana Sachcha, Sri Prem Baba é quem abrirá o festival com o Satsang (do sânscrito Encontro com a Verdade), além de realizar duas palestras nos dias 07 e 08 de julho, respectivamente.

“O Festival Ilumina é uma festa vegana e consciente (sem uso de drogas, tabaco ou álcool) com o propósito de facilitar a ampliação da consciência individual, através do auto-conhecimento, da re-conexão com a natureza e do resgate de valores humanos elevados (sagrados, universais, ancestrais), amor e alegria”, destaca Karla Duarte, idealizadora do evento.

Para 2018, a área do Festival será de aproximadamente 50 mil m², com piscinas de água corrente, cachoeira, trilha ecológica em mata ciliar. Sua estrutura contará com palco e pista coberta de 2 mil m², área de convivência (lounge), praça de alimentação, restaurante, espaço para crianças, salão de yoga, portaria, recepção, estacionamento. São esperadas 2500 pessoas neste ano.

O Festival Ilumina foi criado em 2013 por Lara Luzuah e Karla Duarte e recebeu 450 pessoas logo na estreia. Ano passado, em sua quinta edição, atingiu público de duas mil pessoas em dois dias de evento. Práticas, como yoga e uso de florais já chegaram até o Sistema Único de Saúde e, segundo o Ministério da Saúde, quase 1,5 milhão de atendimentos foram feitos em 2017. “O Festival Ilumina é independente e esperamos ressonar a música e as vivências promovidas aqui em ainda mais pessoas, focando-nos naquilo que é essencial e contribui para o desenvolvimento do ser humano”, reflete a criadora do Festival e DJ, Lara Luzuah.

A identidade do Ilumina deste ano é marcada pela deusa Lakshmi, da prosperidade, segundo os hindus. Representada por uma mulher (sentada ou em pé) sobre uma flor de lótus, costuma ter moedas de ouro saindo de duas das quatro mãos, mas no Ilumina, é água que flui de suas mãos, simbolizando o Cerrado também conhecido como Berço das Águas no Brasil.

Música Vibrando Cura
Principal plataforma, a música ganhará destaque no Festival Ilumina com Vanessa da Mata, que prepara um show de voz e violão para o dia 08 com repertório exclusivo, além da cantora e compositora baiana Mariene de Castro, que tem cinco discos lançados, eFlavia Wenceslau vencedora de dois prêmios Caymmi de música.

Com o objetivo de despertar a consciência do público, Pablo Robles se apresentará com seu projeto VibrA, que mescla aromas e reiki a mantras e sons de tigelas de quartzo, de bateria, didjeridu (instrumento de sopro australiano) e shakuhachi (instrumento de sopro oriental). A DJ Lara Luzuah levará ao público seu DJ set de ritmos brasileiro, afro e oriental, ao passo em que, num concerto Instrumental, Prem Jitendra tocará rasas e ragas, raízes da música clássica indiana.

O movimento Awaken Love se faz presente no Festival Ilumina por meio dos Awaken Mantras. Trata-se de um concerto com o objetivo de levar ao público os bhajans, que são orações em forma de canções, cheias de significados, como uma forma de meditar e de cultivar o bem-estar. Haverá também a Awaken Love Band, formada por músicos de todos os cantos do mundo que se reúnem para o despertar de uma consciência amorosa através da música produzida na frequência de 432 Hz, que estimula a produção de serotonina e tem efeitos profundos sobre a consciência e também no nível celular do corpo uma vez que é a frequência dos batimentos cardíacos.

Vivências Terapêuticas
Programação imersiva do Festival, as vivências contam com duas palestras de Sri Prem Baba, mestre brasileiro que une conhecimentos para fortalecer valores humanos, espirituais e sociais, e que escreveu diversos livros, como “Amar e Ser Livre – As Bases Para Uma Nova Sociedade”, “Transformando o Sofrimento em Alegria”, e o mais recente e best seller, “O Propósito – A Coragem de Ser Quem Somos”. Discípulo de Prem Baba, Fernando Belatto, criador de O Despertar do Guerreiro Interno, ou O-DGI, fará uma demonstração deste método que conecta meditação e autoconhecimento, exercitando o cultivo da paz.

Pio Campo entrará com a Dançaterapia, um caminho de reapropriação da linguagem corporal por meio de estímulos criativos que visam despertar a consciência humana. Ainda em torno da dança, o Ilumina terá Manuela Barroso e suas Danças Circulares num resgate de ritos sagrados, sabedorias ancestrais de várias tradições do mundo. JáFernanda Cunha combinará ferramentas do Yoga, da dança e de outras filosofias, no Yoga Dance, para atingir o equilíbrio em todos os aspectos, seja físico, mental, emocional e espiritual.

Dentre as vivências, está programado o Espaço Awaken Love Yoga, ferramenta de autoconhecimento de Yoga, ciência que combina técnicas milenares para, essencialmente, trazer a atenção para o aqui e agora. Serão várias práticas diárias durante todo o Festival.

Sagrado Feminino
Cada vez mais valorizada, a filosofia Sagrado Feminino, promove ensinamentos sobre aspectos físicos e mentais da figura feminina, integrando a consciência da sua força, seus ciclos, ou seja a menstruação, e a gestação que é a capacidade de criar e acolher.

Assim, este estilo de vida aparece na programação do Festival Ilumina por meio de várias atividades: DanzaMedicina, de Morena Cardoso, reconectará mente, corpo e espírito através da psicoterapia do movimento e do despertar dos Saberes Ancestrais do Feminino. Alba Lirio é quem compartilhará seus conhecimentos, ao lado de Nitai Pada Kamala Das, na vivência Minha Voz Pode Acender as Estrelas que revela a potência da voz de cada um e o poder transformador do canto em grupo, via metodologia Yoga da Voz. Com o objetivo de investigar maneiras de se relacionar por meio da integração do feminino e do masculino, um rito artístico-espiritual será realizado – o Integrare, facilitado por Carolina Bergier, Gabriela Alves (Prem Suryani) e Vanessa Moutinho, oferece passos na direção de relações mais sustentáveis, construtivas e potencializadoras.

Performances de Arte
Videoarte, dança e teatro também circulam pelo Ilumina. A artista visual, mestre em Antropologia e doutora em História, Fabiola Morais fará uma instalação de videoarte, enquanto João Signorelli interpretará “O Monólogo Gandhi, A Ética Inspiradora”, criado em 2003, com 45 minutos de duração. Em complemento, a bailarina Prem Sundari realizará Amor em Movimento – Meditação Através da Dança.

Alimentação Consciente
Parte de grande importância para a energia do Festival Ilumina, que é vegano e sem álcool, a alimentação é tema de demonstração de Conceição Trucom, criadora do Doce Limão, que falará sobre suas pesquisas em torno da autonomia para uma alimentação integral e saudável, crudivorismo, além de desintoxicação, purificação e alcalinização do corpo físico. E o assunto é também coisa de cientista, vide o trabalho do Dr Alberto Peribanez Gonzalez em torno dos alimentos vivos. Ele irá discorrer sobre seu livro Lugar de Médico é na Cozinha.

Além disso, há o Bistrô Ilumina, com pratos veganos de R$ 15,00 a R$ 30,00, como acarajé vegano (bolinho tradicional de feijão fradinho frito no azeite de dendê, vatapá feito com abóbora e alga nori, e caruru feito com quiabo, gengibre e castanha de caju), falafel, risotos e burger vegano artesanal, bem como bebidas com três tipos de buquês de Florais do Cerrado.

A praça de alimentação do Festival contará com comida vegana e diversa: frutos do Cerrado permeando vários preparos, como castanha de baru e raspas de buriti nos risotos, tapioca com pasta de pequi, brownie com farinha de jatobá e castanha de coco indaiá, suco de mangaba e chá com baunilha do Cerrado; bebidas vibracionais para sutilizar a energia, como 1) chai indiano vegano, com cravo, canela, noz moscada, cardamomo, gengibre – especiarias digestivas, que acendem o fogo interior, dão energia, motivação; 2) mojito sem álcool com óleo essencial de hortelã pimenta e alecrim, que atuam no sistema respiratório como descongestionante, alivia stress e estimula o sistema nervoso central; 3) kombucha, bebida produzida a partir de uma mistura de chá (geralmente preto ou verde), açúcar e uma espécie de cultura de levedura e bactérias, é detox, probiótico, energético e ativa o sistema imunológico. Serão ofertados sanduíches, pizzas, caldos, açaí, saladas, sucos de frutas com florais do Cerrado, tapiocaria com frutos do Cerrado, doces vivos (sem cozimento, são feitos com sementes germinadas de girassol, gergelim ou linhaça, e ingredientes crus e desidratados, como castanhas, polpa de coco, farinha de chia, maca peruana, cacau em pó e adoçados com frutas secas), temakis, not dogs (salsicha vegetal e molhos veganos), e até uma cafeteria vegana. Água potável será grátis.

Uma das propostas do Festival Ilumina é gerar o menor volume possível de lixo. Por isso, a organização vai usar materiais alternativos descartáveis compostáveis feitos em papel ecológico e biodegradável. Junto a isso, oferecerão recipientes duráveis, como canecas de plástico rígido, talheres de metal, pratos e garrafas de vidro que podem ser reutilizados. Todo o manejo de resíduos sólidos com separação e compostagem será feito pela equipe do Novo Portal da Chapada e a reciclagem através da instituição localRECICLEALTO com apoio da Prefeitura Municipal de Alto Paraíso.

Workshops
De 03 a 06 e 09 a 13 de julho, paralelamente ao Festival Ilumina, ocorrem 29 workshops de aprofundamento abrangendo as temáticas do autoconhecimento, música, sagrado feminino, corpo e yoga, e alimentação consciente, com 44 vagas a cada turma. Entre as opções, a atriz, escritora e mestre em desenvolvimento humano, Maria Paula, ministra o Liberdade Crônica, dia 04 de julho. Já o Instituto Biorregional do Cerrado é responsável pelo workshop Design Social Permacultural para Formação de Ecovilas e Comunidades Sustentáveis, dias 10 e 11 de julho. E ainda há abordagens, como Yoga Dance, Yoga da Voz, Mindfulness, DanzaMedicina, O-DGI, entre outros, cujas matrículas variam de R$ 375,00 a R$ 750,00.

Para crianças
Focado em oficinas para crianças com mais de quatro anos, o projeto Creativitá, de Celeste Deza e Lucina Cruz, vai criar um laboratório de experiência, com materiais e elementos que permitam aflorar a criatividade e o campo sensorial da criança, através da pintura, modelagem com argila, costura, movimento do corpo, entre outras. Tudo isso com o intuito de gerar campo para o desenvolvimento criativo e de habilidades socioemocionais. Uma trupe de clowns locais com abordagem pedagógica também circulará durante o Festival Ilumina.

Turismo
Alto Paraíso de Goiás fica a cerca de 240 km de Brasília e 400 km de Goiânia, sendo que o roteiro mais adequado para quem viaja ao Festival Ilumina é seguir pela Rodovia GO-118, de carro (bom estado de conservação e sinalização, mas deve-se ter atenção após o município de São João D’Aliança) ou de ônibus desde a Rodoviária Interestadual de Brasília (SMAS, Trecho 4, Conjunto 5/6 – Asa Sul, Brasília – DF, tel (61) 3234-2185). A viagem dura em torno de três horas e os ônibus da companhia Real Expresso saem em três horários: 10h; 19h e 21h. Uma alternativa é a oferta de caronas solidárias, como o grupo Conexão Chapada.

Para se hospedar próximo ao Novo Portal da Chapada, local onde ocorre o Festival Ilumina, há diversas opções, entre as quais:

Em julho, as temperaturas nas noites do Cerrado brasileiro podem cair bastante embora os dias sejam amenos, portanto é recomendável mesclar na mala roupas leves e agasalhos, bem como calçados confortáveis e roupas de banho.

Para mais informações, o CAT – Centro de Atendimento ao Turista de Alto Paraíso atende pelo telefone (62) 3446-1159 e fica à Avenida Ary Valadão Filho, 1310.

Festival Ilumina 2018
06 de julho, às 16h, e 07 e 08 de julho, às 8h
Novo Portal da Chapada – Rodovia GO 239, km 9 (Estrada para São Jorge), Alto Paraíso de Goiás, GO – Brasil
Ingressos para programação de 06 a 08 de julho, pelo site https://tinyurl.com/y9lo2v2u
R$ 269,00 – adulto para os três dias, terceiro lote
R$ 116,00 – criança para os três dias, terceiro lote
Crianças menores de 07 anos não pagam
O último lote irá custar R$ 305,00
Site: https://www.festivalilumina.com/
Contato: info@festivalilumina.com
Classificação etária: livre

Comunicação Festival Ilumina
Larissa Marques
larissa.ilumina@gmail.com

Copyright © Festival Ilumina 2018, All rights reserved.

Our mailing address is:
larissa.ilumina@gmail.com

Want to change how you receive these emails?
You can update your preferences or unsubscribe from this list.

www.festivalilumina.com

 

 

 

Evento integrativo conta com palestras de Sri Prem Baba, O Despertar do Guerreiro Interno e DanzaMedicina, além de shows de Vanessa da Mata e Mariene de Castro e área de alimentação vegana

Imagens: https://tinyurl.com/yaf8sfcv

 

 

 

redacao@mgturismo.com.br

Agência de Notícias do Turismo, noticiário de MG, do Brasil e exterior em tempo real. O mais tradicional jornal especializado em turismo de Minas Gerais, com circulação ininterrupta desde 1985.

Avalie esta notícia:
0 Comentário

Sorry, the comment form is closed at this time.

Leia a Edição

Edições Anteriores

Confira os destaques

Nenhuma matéria foi encontrada.

×