Segunda Feira, 17 de dezembro de 2018

Home / COLUNAS  / Voo Panorâmico  / 60 anos do Boeing 707 da PAN AM (NYC/Paris)

60 anos do Boeing 707 da PAN AM (NYC/Paris)

Movido a motores Pratt & Whitney, o primeiro 707 realizou um vôo comercial Nova York-Paris em 26 de outubro de 1958. Operado pela Pan Am, na época a melhor companhia aérea dos Estados Unidos, foi o começo da carreira internacional do 707, capaz de garantir voos de longa distância para 140 passageiros.

Sobre a Pan AM
A Pan American World Airways, mais conhecida como Pan Am, foi a principal companhia aérea dos Estados Unidos na década de 1930 até o seu colapso em 1991. A ela foram creditadas muitas inovações que deram forma à indústria das companhias aéreas no mundo todo, como a utilização em larga escala de aviões a jato, a criação de aviões Jumbo (Boeing 747) e do sistema de reservas computadorizado. Identificada pela sua tradicional logomarca, a Pan Am foi um ícone cultural do século XX. Desde a década de 1960, durante seu auge, o principal terminal da companhia foi chamado de PAN AM Worldport, o Terminal 3 do Aeroporto Internacional John F. Kennedy, em New York, o JFK.
Em 1963 a empresa inaugurou seu edifício sede com 59 andares na Park Avenue, em Nova Iorque . Do terraço desse edifício decolava um helicóptero com capacidade para 20 passageiros que levava os ocupantes da 1ª Classe diretamente para o aeroporto JFK.
O Boeing 707, projetado originalmente para uso militar, foi um dos grandes sucessos da Boeing e permitiu a empresa se tornar a maior fabricante de aviões comerciais do mundo.

suely.mgturismo@uol.com.br

Jornalista registrada no MT, diretora-geral do "Prêmio MG Turismo" e "Troféu Mulher Influente", bacharel em Pedagogia, Assessora da Comissão de Turismo da Assembleia Legislativa do Estado de Minas Gerais.

Avalie esta notícia:
0 Comentário

Sorry, the comment form is closed at this time.

Leia a Edição

Edições Anteriores

Confira os destaques

Nenhuma matéria foi encontrada.

×