Quinta Feira, 21 de março de 2019

Home / COLUNAS  / Notícias da Amazônia  / Região Metropolitana

Região Metropolitana

Em meio à euforia do período carnavalesco, a capital paraense vive, também, nítidos momentos de revitalização no setor turístico. Resultado de seguidas operações conjuntas de órgãos ligados à segurança pública, um clima de maior confiança e descontração começa a ser percebido em vários municípios que compõem a Região Metropolitana de Belém, especialmente na capital paraense.

Cerca de cinco mil pessoas estiveram no complexo do Ver-o-Rio, no Umarizal, para participar da primeira edição do “Folia na Rua”. O evento de pré-carnaval promovido pelo Serviço Social do Comércio (SESC-Pará), em parceria com a TV Liberal, garantiu a animação dos foliões com shows de artistas locais. A programação busca valorização cultural e oferta de mais uma oportunidade de lazer às famílias da capital. Conta com apoio da Prefeitura de Belém, por meio da Coordenadoria Municipal de Turismo (Belemtur), Guarda Municipal de Belém e secretarias de Economia e Saneamento, entre outros órgãos, que atuaram na segurança, organização de atividades informais e limpeza do espaço.

O clima de carnaval contagiou os brincantes, que não dispensaram as fantasias e acessórios carnavalescos. Quem participou do evento não conseguiu ficar parado ao som da banda “Fruta Quente” e das escolas de samba “Bole Bole” e “Rancho Não Posso Me Amofiná’. A proposta inicial dos organizadores do “Folia na Rua” era a valorização do espaço do Ver-o-Rio, explicou a responsável pelo evento, Maria Alves, assistente técnica do SESC. “Belém não é um ponto, mas uma grande cidade com vários pontos importantes para serem valorizados e o Ver-o-Rio com certeza está dentro dessa lista que o SESC sempre valorizou”.

O clima de saudade já tomava conta da avenida do samba no domingo, 24 de fevereiro, último dia de desfiles das escolas de samba de Belém. Dez agremiações do terceiro grupo encerraram a programação do Carnaval na Aldeia Amazônica. O Grêmio Recreativo Escola de Samba “Acadêmicos da Pedreira” abriu a noite de desfiles, já que não houve a apresentação da Associação Carnavalesca “Feras da Sacramenta”, desclassificada por desistência. Com enredo “O Pássaro mitológico Fênix”, em referência à retomada da escola aos desfiles de Carnaval, a agremiação sacudiu e animou o público presente.

Durante a noite, os desfiles seguiram com outras nove agremiações: Grêmio Recreativo Escola de Samba “Paixão Rubro Negra”, Associação Carnavalesca “Nova Mangueira”, Escola de Samba “Mocidade Olariense”, Grêmio Recreativo “Parangolé do Samba”, Agremiação Carnavalesca “Caprichosos da Cidade Nova”, Associação Carnavalesca “Rosa de Ouro”, Grêmio Recreativo Escola de Samba “Rosa da Terra

nilton@mgturismo.com.br

Vice-presidente da ABRAJET-PA, apresentador da Rádio Clube 690 AM, presidente da Agência Notícias Gerais, diretor do Programa Panorama Amazônico (TV Grão Pará – Rede Gazeta).

Avalie esta notícia:
0 Comentário

Sorry, the comment form is closed at this time.

Leia a Edição

Edições Anteriores

Confira os destaques

Nenhuma matéria foi encontrada.

×