Sexta Feira, 18 de outubro de 2019

Home / DESTAQUES AGÊNCIA DE NOTÍCIAS  / Romeu Zema vai ao Mercado Central de BH que, neste ano, completa 90 anos

Romeu Zema vai ao Mercado Central de BH que, neste ano, completa 90 anos

Governador se reuniu com diretores e conheceu  estabelecimentos tradicionais; o local é considerado o terceiro melhor mercado do mundo

O Mercado Central de Belo Horizonte completa 90 anos em 2019. Nesta quarta-feira (27/3), o governador de Minas Gerais, Romeu Zema, participou de reunião com a diretoria e visitou as instalações do local, que, em 2017, ganhou o prêmio de terceiro melhor mercado do mundo e é um dos pontos mais tradicionais de compras e turismo da capital mineira. 
Além de conhecer o trabalho da diretoria do Mercado e o funcionamento do local, Zema também visitou tradicionais comércios, como a loja “Roça Capital”, que comercializa queijos de todo o estado; o “Rei do Berrante”, cujo dono tem mais de 90 anos; além do “Café Gourmet”. Em todos eles, o governador teve a oportunidade de conversar com os comerciantes e compradores e conhecer mais da rotina de quem visita o espaço, que diariamente recebe cerca de 30 mil pessoas.

“O motivo da minha visita é conhecer com mais detalhes o Mercado Central, que está comemorando 90 anos. Acompanhei uma explicação da diretoria e vim me colocar à disposição deles para aquilo que está ao alcance do Estado para valorizarmos esse ponto, que é um patrimônio cultural não só de Belo Horizonte, como de toda Minas Gerais, que gera empregos e atrai turistas. Sempre gosto de escutar para trazer a melhor solução”, afirmou o governador. 

O secretário de Estado de Cultura e Turismo, Marcelo Matte, que também acompanhou a agenda, ressaltou o significado do Mercado para o estado. “É um dos maiores símbolos do turismo da capital por reunir sabores e características mineiras”, disse. 

História

O Mercado Central foi implantado em 1929 com o objetivo de reunir, em um só local, produtos destinados ao abastecimento dos então 47 mil habitantes de Belo Horizonte. Completando 90 anos em 2019, o espaço reúne cerca de 400 lojas, segundo o presidente, Geraldo Henrique Figueiredo Campos. No local são vendidas cerca de 340 toneladas de queijos diariamente. 
O Mercado Central também é apontado por 83,2% dos belo-horizontinos como o ponto turístico mais conhecido da cidade, segundo pesquisa realizada pela Belotur e, em 2017, foi escolhido a “Cara de Belo Horizonte” em votação popular do concurso Viva BH 120 anos._____________________________________________________________________Crédito (fotos): Gil Leonardi/Imprensa MG (galeria disponível em www.agenciaminas.mg.gov.br)

redacao@mgturismo.com.br

Agência de Notícias do Turismo, noticiário de MG, do Brasil e exterior em tempo real. O mais tradicional jornal especializado em turismo de Minas Gerais, com circulação ininterrupta desde 1985.

Avalie esta notícia:
0 Comentário

Sorry, the comment form is closed at this time.

Leia a Edição

Edições Anteriores

Confira os destaques

Nenhuma matéria foi encontrada.

×