Quinta Feira, 19 de setembro de 2019

Home / DESTAQUES  / Ministro do Turismo e secretário de Cultura & Turismo de Minas em ação

Ministro do Turismo e secretário de Cultura & Turismo de Minas em ação

Por
Joao Carlos Amaral 

Presidente da EDERSUL, empresário Braz Pagani, presente na Audiência Pública da Comissão de Turismo da Assembéia Legislativa em BH, que recebeu o ministro Marcelo Álvaro Antonio
e o secretário Marcelo Matte.

Ministro 
O Ministro do Turismo Marcelo Álvaro Antônio, participou hoje, 13-05-17, na Assembleia Legislativa da plenária da Comissão Extraordinária de Turismo e Gastronomia.

No debate das várias autoridades presentes, sobre o Turismo/Gastronomia, entre as várias autoridades, estavam presentes e expuseram suas opiniões, o Presidente da EDERSUL Empresa de Desenvolvimento Regional só Sul de Minas Sr Braz Pagani e o Secretário de Desenvolvimento Econômico da Prefeitura de Governador Valadares, Alcyr Nascimento Junior.

Também presentes players do Trade Turismo.
O secretário de Cultura & Turismo de Minas, Marcelo Matte, o deputado Newton Cardoso Filho presidente da comissão de Turismo da Câmara Federal, Roberto Fagundes presidente da Federação dos Conventions Bureaux, octavio Elisio presidente da Câmara de Turismo da ACMinas, Ricardo Rodrigues presidente da Abrasel…

Veja agora a cobertura da Audiência pelo site almg.gov.br

Boas notícias:
1. Concessão dos 20 maiores parques estaduais de Minas para a iniciativa privada; concessão do Minascentro, em Belo Horizonte; atração de voos nacionais e internacionais; promoção de roteiros gastronômicos e religiosos.

2. Essas foram algumas prioridades anunciadas, nesta segunda-feira (13/5/19), por autoridades estaduais e nacionais, para fortalecer o turismo no Estado.

3. Os anúncios foram feitos pelo secretário de Estado de Cultura e Turismo, Marcelo Matte, e pelo ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, que participaram de audiência pública realizada pela Comissão Extraordinária de Turismo e Gastronomia da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG).

4. Foi a primeira reunião deste tipo realizada pela comissão, criada pelo Parlamento mineiro em 2 de abril deste ano.

5. Logo na abertura da reunião, tanto o presidente da comissão, deputado Professor Irineu (PSL), e o vice, Gustavo Mitre (PSC), salientaram o potencial do turismo para a geração de empregos, sem necessidade de grandes investimentos, em um momento difícil da economia mineira e nacional.

6. Marcelo Matte
O secretário de Estado de Cultura e Turismo, Marcelo Matte, defendeu que o setor público e o privado se unam para mudar a economia do Estado, trocando o foco em commodities, como o minério de ferro, pela economia criativa, que inclui turismo, cultura e gastronomia.

7. “Se continuarmos com uma produção de baixo valor agregado, nós não vamos construir um futuro decente para Minas Gerais”, afirmou Marcelo.

8. Entre os projetos anunciados, está a concessão dos 20 maiores parques estaduais para a exploração turística. Segundo o secretário, o projeto já está em andamento, ainda em fase de estudo de viabilidade.

9. Mais adiantado, segundo Marcelo, está o processo de concessão do Minascentro, centro de convenções da Capital, hoje administrado pela Companhia de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais (Codemig).

10. O secretário informou que quatro candidatos disputam a gestão do centro de convenções.

11. Ministro e secretário preveem aumento no número de voos

12. Segundo ministro, isenção de vistos tem ampliado número de turistas estrangeiros
13. Segundo ministro, isenção de vistos tem ampliado número de turistas estrangeiro

14. Uma pauta que uniu tanto o secretário quanto o ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, foi a perspectiva de aumento do número de voos para Minas e para o Brasil. O ministro disse que diversas iniciativas fazem prever que os voos vindos do exterior devem dobrar, com um impacto de R$ 1,6 bilhão anuais para o Brasil.

15. Entre as iniciativas que viabilizarão esse aumento, segundo o ministro, está um entendimento com o grupo espanhol Globalia, que lidera o setor de turismo na Espanha. O grupo controla empresas de aviação e cadeias de hotéis que se estendem por diversos países na Europa. “Serão mais 310 mil europeus visitando o Brasil, a cada ano”, afirmou.

16. Os contatos com a Globalia também devem trazer para o Brasil o escritório da Wakalua para a América Latina, que vinha sendo disputado com a Colômbia. O Wakalua é um centro de fomento a startups e inovação em turismo, criado pela Globalia, em parceria com a Organização Mundial do Turismo (OMT).

17. Outra medida que já está ampliando o número de turistas estrangeiros, de acordo com o ministro, é a isenção unilateral de vistos para visitantes provenientes dos Estados Unidos, Canadá, Japão e Austrália. A medida foi adotada pelo governo brasileiro em 18 de março, abrindo mão da reciprocidade, que era reivindicada anteriormente.

18. O secretário Marcelo Matte disse que o governo estadual trabalhará para atrair voos internacionais e nacionais para Minas, enfrentando as políticas de benefícios fiscais oferecidas pelos estados de São Paulo e Rio de Janeiro. “Vamos entrar nessa guerra fiscal”, afirmou. O Estado, segundo ele, também está investindo R$ 5 milhões em uma campanha nacional de promoção turística.

Belo Horizonte disputa título da Unesco de “cidade criativa”

1. Também integrante da Comissão Extraordinária, o deputado Virgílio Guimarães (PT) fez uma convocação para que gestores públicos e privados se unam em torno de dois projetos: a escolha de Belo Horizonte como “cidade criativa”, pela Unesco, na área da gastronomia; e as comemorações dos 300 anos de criação do Estado de Minas Gerais, em 2020.

2. No Brasil, até o momento, a Unesco selecionou oito cidades criativas em cinco categorias: Curitiba (PR) e Brasília (DF), no design; Paraty (RJ), Belém (PA) e Florianópolis (SC), na gastronomia; João Pessoa (PB), no artesanato e artes folclóricas; Salvador (BA), na música; e Santos (SP), no cinema.

3. Presidente da Comissão de Turismo da Câmara Federal, o deputado Newton Cardoso Jr. (MDB-MG) disse que Minas também precisa valorizar o turismo religioso, realçando iniciativas como a construção da Cruz de Todos os Povos, que está sendo erguida no Morro da Gurita, em Divinópolis (Centro-Oeste). Nessa área, o secretário Marcelo Matte defendeu o fim da mineração na Serra da Piedade, movimento que conta com apoio de parlamentares mineiros.

4. O deputado Mauro Tramonte (PRB) defendeu o apoio aos eventos de Carnaval em Belo Horizonte e no interior do Estado. Também cobrou uma articulação para promover as cervejas artesanais produzidas em Minas Gerais.

5. Já o deputado Coronel Henrique (PSL) defendeu a valorização de polos regionais de turismo, tais como Santos Dumont e Ubá, na Zona da Mata mineira.

redacao@mgturismo.com.br

Agência de Notícias do Turismo, noticiário de MG, do Brasil e exterior em tempo real. O mais tradicional jornal especializado em turismo de Minas Gerais, com circulação ininterrupta desde 1985.

Avalie esta notícia:
0 Comentário

Sorry, the comment form is closed at this time.

Leia a Edição

Edições Anteriores

Confira os destaques

Nenhuma matéria foi encontrada.

×