Terça Feira, 28 de janeiro de 2020

Home / DESTAQUES  / Concessão e duplicação de rodovias importantes para MG estão próximas de acontecer

Concessão e duplicação de rodovias importantes para MG estão próximas de acontecer

Ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, revelou ao senador Carlos Viana que o cronograma das audiências públicas sobre as rodovias BR-381 e BR-262 está quase pronto

O ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, participou nesta terçafeira (25) de audiência pública na Comissão de Serviços de Infraestrutura (CI) do Senado Federal. Durante o encontro, o ministro abordou temas relacionadas a Minas Gerais. Ao ser questionado pelo senador Carlos Viana (PSD-MG) sobre o andamento dos estudos de concessão e duplicação das rodovias BR-381 e BR-262, Tarcísio de Freitas afirmou que até o final do mês de julho serão definidas as datas das primeiras audiências públicas para debater o projeto. “A previsão é que no dia 30 de julho já tenhamos o calendário das audiências. É preciso ouvir a sociedade, empresas e órgãos públicos. A BR381 requer uma obra muito grande, é um projeto muito desafiador”, disse o ministro, que citou como exemplos de desafio a remoção do gasoduto que abastece o Vale do Aço e a construção de muitos viadutos e túneis. Durante as audiências públicas que serão realizadas em Minas Gerais, o governo federal vai discutir com a população se as obras serão feitas em conjunto ou divididas em dois lotes: trecho da BR-381 entre Belo Horizonte a Governador Valadares, e a BR-262, entre João Monlevade (MG) e Viana (ES). O ministro disse que, no contrato de concessão, será definida a tarifa dinâmica para a cobrança dos pedágios. Ou seja, o valor pago pelo usuário será menor durante a obra e chegará ao preço definido em contrato após a entrega da duplicação. “É uma notícia importante para Minas. A BR-381 é essencial para o nosso estado e, infelizmente, é considerada a estrada mais perigosa. O povo mineiro merece essa rodovia segura e duplicada”, comentou o Senador Carlos Viana.

Ainda respondendo às perguntas do senador Carlos Viana, um dos autores do convite ao ministro, Tarcísio de Freitas falou sobre as possíveis devoluções de concessão da BR-262, no trecho entre a capital e o Triângulo Mineiro, e da BR-040. “Isso ocorrendo, faremos novas concessões. As empresas não estão conseguindo cumprir o contrato, então é preciso entrar com o processo de devolução para que possamos fazer novos editais”, disse o ministro. Carlos Viana destacou que a devolução por parte das concessionárias e um novo edital para contratação de novas empresas é a solução mais eficaz para todos. “É preciso definir essa questão com agilidade. Os usuários estão pagando pedágio ao trafegar nessas rodovias, mas não estão tendo os serviços adequados. Queremos que o governo cobre das atuais concessionárias, até a chegada das novas empresas, ao menos, o cumprimento do contrato”, disse o senador. Sobre a retomada de voos interestaduais no Aeroporto da Pampulha, em Belo Horizonte, o ministro Tarcísio de Freitas deixou claro que não tomará nenhuma decisão sem conversar com o governo estadual, deputados e senadores de Minas Gerais.

“O governo tem algumas ideias em relação ao aeroporto que hoje opera com um prejuízo de R$ 35 milhões por ano. Incluir o Aeroporto da Pampulha na 7ª rodada de concessões do setor, oferecendo 49% de participação da Infraero no Aeroporto de Confins para a nova concessionária, talvez seja uma boa solução”, disse Tarcísio de Freitas.

Atualmente, Confins é administrado pela BH Airport, que detém 51% de participação O Senador Carlos Viana acredita que a solução apresentada pelo governo ajudará no desenvolvimento da região norte da capital, onde está localizado o Aeroporto de Confins, bem como no incremento da aviação regional, que teria no Aeroporto da Pampulha um ótimo espaço.

redacao@mgturismo.com.br

Agência de Notícias do Turismo, noticiário de MG, do Brasil e exterior em tempo real. O mais tradicional jornal especializado em turismo de Minas Gerais, com circulação ininterrupta desde 1985.

Avalie esta notícia:
0 Comentário

Sorry, the comment form is closed at this time.

Leia a Edição

Edições Anteriores

Confira os destaques

Nenhuma matéria foi encontrada.

×