Quarta Feira, 01 de abril de 2020

Home / Notícias gerais  / Chef paraense é aprovado para a escola de gastronomia Le Cordon Bleu

Chef paraense é aprovado para a escola de gastronomia Le Cordon Bleu

O chef Herlander Andrade, aprovado para a escola de Gastronomia Le Cordon Bleu Peru, será o responsável pelo coquetel do lançamento do V Prêmio de Jornalismo de Turismo “Comendador Marques dos Reis”, e do I Encontro Brasil Amazônia de Comunicação em Turismo (I Encomtur).
Realizado pela Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo do Pará (Abrajet-Pará) o lançamento do prêmio será na quarta-feira, 7, às 19h, no Centro de Cultura e Turismo Sesc Ver-o-Peso.

Proprietário dos restaurantes Moquén, e Boteco do Camarão, Herlander Andrade vai servir canapés no estilo francês mas com ingredientes paraenses e amazônicos acompanhados de suco de cupuaçu. “Será um coquetel singelo mais muito saboroso para mostrar a criatividade que nós paraenses temos” aposta.

Defensor árduo dos ingredientes e da biodiversidade paraense a amazônica Herlander Andrade, que é também cirurgião plástico, se diz apaixonado pela gastronomia regional do Pará e da Amazônia. “Eu acredito que essa biodiversidade dos nossos insumos nos proporciona a sair fazendo um deleite por essas explosões de sabores”, pontua.

E toda essa criatividade explorada há 45 anos, ele vai mostrar aos convidados do prêmio. “Vou mostrar o poder do nosso suco de cupuaçu que de tão fantástico, pode acompanhar os mais diversos pratos” assegura. 
Helander ensina que os cozinheiros paraenses têm que se apropriar “dos nossos ingredientes, das nossas técnicas e mostrar ao mundo” como devem fazer os jornalistas que estão sendo convidados a inscrever suas reportagens sobre o tema no prêmio da Abrajet “convidando os turistas que venham a Belém, ao Pará, conhecer as praias, as florestas, os igarapés, as cachoeiras, a cultura do carimbó: toda essa cultura fantástica que o Pará tem” destaca o chef.

Peru – O chef paraense foi aprovado para a escola de Gastronomia Le Cordon Bleu Peru e viaja no próximo dia 8 de agosto para uma temporada no pais andino que vem se destacando no turismo gastronômico, e possui restaurantes entre os dez melhores do mundo, valorizando seus ingredientes locais. “Eu fui submetido a uma avaliação curricular e fui aprovado para a escola Le Cordon Bleu no Peru. Pretendo aprender muito com os peruanos que souberam valorizar os seus ingredientes, souberam mostrar ao mundo a sua culinária. É por isso que eu vou ao Peru: praticar e aprender como se faz para mostrar ao mundo a força, a potência, o sabor fantástico da nossa gastronomia criativa”, descreve.

redacao@mgturismo.com.br

Agência de Notícias do Turismo, noticiário de MG, do Brasil e exterior em tempo real. O mais tradicional jornal especializado em turismo de Minas Gerais, com circulação ininterrupta desde 1985.

Avalie esta notícia:
0 Comentário

Sorry, the comment form is closed at this time.

Leia a Edição

Edições Anteriores

Confira os destaques

Nenhuma matéria foi encontrada.

×