Domingo, 15 de dezembro de 2019

Home / DESTAQUES AGÊNCIA DE NOTÍCIAS  / Músicos da Filarmônica de Minas Gerais realizam Concerto de Câmara no dia 13 de agosto

Músicos da Filarmônica de Minas Gerais realizam Concerto de Câmara no dia 13 de agosto

Em mais uma edição da série Filarmônica em Câmara, os músicos da Filarmônica de Minas Gerais se unem em pequenas formações para apresentar ao público novas sonoridades e possibilidades musicais. A apresentação será realizada no dia 13 de agosto, às 20h30, na Sala Minas Gerais. O concerto é gratuito e os ingressos estão sendo distribuídos na bilheteria da Sala Minas Gerais.

Nesta noite, o violinista Luka Milanovic, o violista Roberto Papi e o violoncelista William Neres interpretam a Serenata em Dó maior para trio para cordas, op. 10, de Dohnányi.  Na sequência, a flautista Cássia Lima e a harpista Clémence Boinot apresentam a Fantasia para flauta e harpa, op. 124, de Saint-Saëns. A obra Fantasia para oboé e trio de cordas, op. 2, de Britten, será executada pelo oboísta Israel Muniz, o violinista Rodrigo Oliveira, o violista Roberto Papi e o violoncelista William Neres. O violinista Ara Harutyunyan e a violinista Hyu-Kyung Jung, o violista Mikhail Bugaev e o violoncelista Eduardo Swerts finalizam o programa com o Quarteto de cordas nº 1 em si menor, op. 50, de Prokofiev.

Este concerto é apresentado pelo Ministério da Cidadania e Governo de Minas Gerais e conta com o incentivo da Lei Federal de Incentivo à Cultura e da Lei Estadual de Cultura de Minas Gerais.

Sobre a Orquestra Filarmônica de Minas Gerais

Criada em 2008, desde então a Filarmônica de Minas Gerais se apresenta regularmente em Belo Horizonte. Em sua sede, a Sala Minas Gerais, realiza 57 concertos de assinatura e 12 projetos especiais. Apresentações em locais abertos acontecem nas turnês estaduais e nas praças da região metropolitana da capital. Em viagens para fora do estado, a Filarmônica leva o nome de Minas ao circuito da música sinfônica. Através do seu site, oferece ao público diversos conteúdos gratuitos sobre o universo orquestral. O impacto desse projeto artístico, não só no meio cultural, mas também no comércio e na prestação de serviços, gera em torno de 5 mil oportunidades de trabalho direto e indireto a cada ano. Sob a direção artística e regência titular do maestro Fabio Mechetti, a Orquestra conta, atualmente, com 90 músicos provenientes de todo o Brasil, Europa, Ásia, Américas Central e do Norte e Oceania, selecionados por um rigoroso processo de audição. Reconhecida com diversos prêmios culturais e de desenvolvimento econômico, ao encerrar seus 10 primeiros anos de história, a Orquestra Filarmônica de Minas Gerais recebeu a principal condecoração pública nacional da área da cultura. Trata-se da Ordem do Mérito Cultural 2018, concedida pelo Ministério da Cultura, a partir de indicações de diversos setores, a realizadores de trabalhos culturais importantes nas áreas de inclusão social, artes, audiovisual e educação. A Orquestra foi agraciada, ainda, com a Ordem de Rio Branco, insígnia diplomática brasileira cujo objetivo é distinguir aqueles cujas ações contribuam para o engrandecimento do país.

O corpo artístico Orquestra Filarmônica de Minas Gerais é oriundo de política pública formulada pelo Governo do Estado de Minas Gerais. Com a finalidade de criar a nova orquestra para o Estado, o Governo optou pela execução dessa política por meio de parceria com o Instituto Cultural Filarmônica, uma entidade privada sem fins lucrativos qualificada com os títulos de Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (Oscip) e de Organização Social (OS), um modelo de gestão flexível e dinâmico, baseado no acompanhamento e avaliação de resultados.

Os números da Filarmônica de Minas Gerais (dados até 30/06/2019)

1,12 milhão de espectadores

857 concertos realizados

1.092 obras interpretadas 

105 concertos em turnês estaduais

39 concertos em turnês nacionais

5 concertos em turnê internacional

90 músicos

606 notas de programa publicadas no site

219 webfilmes publicados (20 com audiodescrição)

1 coleção com 3 livros e 1 DVD sobre o universo orquestral

4 exposições itinerantes e multimeios sobre música clássica

4 CDs pelo selo internacional Naxos (Villa-Lobos e Nepomuceno)

1 CD pelo selo nacional Sesc (Guarnieri e Nepomuceno)

SERVIÇO:

Filarmônica em Câmara

13 de agosto – 20h30

Sala Minas Gerais

1

Luka Milanovic, violino

Roberto Papi, viola

William Neres, violoncelo

DOHNÁNY              Serenata em Dó maior para trio para cordas, op. 10  

2

Cássia Lima, flauta

Clémence Boinot, harpa

SAINT-SAËNS               Fantasia para flauta e harpa, op. 124

3

Israel Muniz, oboé

Rodrigo Oliveira, violino

Roberto Papi, viola

William Neres, violoncelo

BRITTEN                Fantasia para oboé e trio de cordas, op. 2        

4

Ara Harutyunyan, violino

Hyu-Kyung Jung, violino

Mikhail Bugaev, viola

Eduardo Swerts, violoncelo

PROKOFIEV            Quarteto de cordas nº 1 em si menor, op. 50

Concerto gratuito

Ingressos distribuídos a partir do dia 6 de agosto de 2019, a partir do meio-dia, somente na bilheteria da Sala Minas Gerais.

Informações: (31) 3219-9000 ou www.filarmonica.art.br

Funcionamento da bilheteria:

Sala Minas Gerais – Rua Tenente Brito Melo, 1090 – Bairro Barro Preto

De terça-feira a sexta-feira, das 12h às 20h.

Aos sábados, das 12h às 18h.

Em quintas e sextas de concerto, das 12h às 22h

Em sábados de concerto, das 12h às 21h.

Em domingos de concerto, das 9h às 13h.

São aceitos cartões com as bandeiras Amex, Aura, Redecard, Diners, Elo, Hipercard, Mastercard, Redeshop, Visa e Visa Electron.

redacao@mgturismo.com.br

Agência de Notícias do Turismo, noticiário de MG, do Brasil e exterior em tempo real. O mais tradicional jornal especializado em turismo de Minas Gerais, com circulação ininterrupta desde 1985.

Avalie esta notícia:
0 Comentário

Sorry, the comment form is closed at this time.

Leia a Edição

Edições Anteriores

Confira os destaques

Nenhuma matéria foi encontrada.

×