Sexta Feira, 18 de outubro de 2019

Home / EDITORIAS  / Internacional  / As novas exposições em cartaz na Grã-Bretanha

As novas exposições em cartaz na Grã-Bretanha

As galerias britânicas preparam-se para receber uma grande variedade de exposições de arte na segunda metade de 2019. Além do anúncio do Turner Prize e de uma série de instalações incríveis, estarão em cartaz trabalhos de fotografia e clássicos da pintura. Obras de artistas nacionais e internacionais, emergentes e renomados, ocuparão espaços espalhados por toda a Grã-Bretanha.
 

Keith Haring – Tate Liverpool, Liverpool

A primeira grande exposição britânica do renomado artista e ativista Keith Haring é atração da Tate Liverpool até meados de novembro. Inspirados pela cultura underground de clubes, graffiti e pop-art na Nova York dos anos 1980, os trabalhos de Haring exploram questões sociais, como racismo, homofobia, dependência de drogas, conscientização sobre a AIDS e ameaças ao meio ambiente. O artista desenvolveu uma coleção de moda com Malcolm McLaren e Vivienne Westwood, projetou capas de discos para David Bowie e Run DMC e dirigiu um videoclipe para Grace Jones ao longo de sua carreira, tragicamente interrompida. Mais de 85 obras do Haring farão parte da mostra, além de uma variedade de fotografias, cartazes e vídeos que captam a essência da cultura de rua de Nova York dos anos 1980.

Quando? Até 10 de novembro de 2019

William Blake – Tate Britain, Londres

Ícone da arte britânica, William Blake inspirou artistas de várias áreas, como músicos e pintores, em todo o mundo. Em reconhecimento ao talentoso pintor, impressor e poeta, a Tate Britain exibirá mais de 300 trabalhos originais como parte de uma experiência imersiva, na qual a arte visionária de Blake pode ser apreciada como ele queria que fosse vista cerca de 200 anos atrás. A maior exposição das obras de Blake na Grã-Bretanha dos últimos 20 anos incluirá aquarelas, pinturas e gravuras, destacando o impacto duradouro do pintor no mundo da arte.

Quando? De 11 de setembro de 2019 a 2 de fevereiro de 2020

Tim Walker: Wonderful Things – V&A, Londres

Aprofunde-se no mundo criativo do fotógrafo de moda Tim Walker e descubra seu estilo inconfundível no Victoria and Albert Museum, em Londres. Suas fotos, coleções fotográficas, filmes e instalações especiais, reunidas na exposição Wonderful Things, somam criatividade, espírito inovador e estilo.

Quando? A partir de 21 de setembro de 2019

Anthony Gormley, Royal Academy of Art, Londres

Em setembro, a Royal Academy of Art recebe o conjunto mais significativo de obras de Anthony Gormley, vencedor do Turner Prize. A exposição detalha a ilustre carreira de 45 anos do criador da escultura “Angel of the North”, com obras do início da sua carreira até sua ascensão como um dos escultores mais famosos da Grã-Bretanha. Parte da Royal Academy será preenchida com água do mar para a exposição.

Quando? De 21 de setembro a 3 de dezembro de 2019

Mark Leckey – Tate Britain, Londres

A exposição de Mark Leckey, artista vencedor do Turner Prize, inclui a reprodução em tamanho natural de uma ponte da estrada de Wirral, em Merseyside, onde ele cresceu. A réplica, por sinal, será o cenário para uma nova peça de áudio, apresentando trabalhos novos e antigos, intitulada O’ Magic Power of Bleakness – uma experiência teatral fantasmagórica que se concentra em um grupo de adolescentes e inspira-se nas memórias de infância de Leckey. Os trabalhos de Leckey, que ganharam destaque a partir dos anos 1990, exploram os laços entre tecnologia e cultura popular, bem como nos jovens e na nostalgia, resultando em obras de arte, exposições e poderosas experiências atuais.

Quando? De 24 de setembro de 2019 a 5 de janeiro de 2020

Turner Prize 2019 – Turner Contemporary, Margate

Reconhecido por premiar o melhor da arte visual, o Turner Prize 2019 vai acontecer no Turner Contemporary, em Margate. Todo ano, o Turner premia o melhor do mundo da arte no ano anterior feito por qualquer artista que tenha nascido, vivido ou trabalhado na Grã-Bretanha. Quatro artistas são finalistas do prêmio deste ano: Lawrence Abu Hamdan, Oscar Murillo, Tai Shani e Helen Cammock. A premiação acontece em Londres a cada dois anos desde 2011. Desta vez, será realizada pela primeira vez em um local ligado ao inovador artista JMW Turner – cujo nome batiza o prêmio. O Turner Contemporary foi erguido no local onde ficava a pousada usada pelo artista quando visitava Margate, a uma hora e meia de trem de Londres.

Quando? De 28 de setembro de 2019 a 12 de janeiro de 2020

Artist Rooms: Roy Lichtenstein – Hatton Gallery, Newcastle

Explore o influente trabalho do artista pop Roy Lichtenstein na Hatton Gallery de Newcastle a partir do final de setembro. Como parte do programa de exposições chamado Artist Rooms – que leva arte moderna e contemporânea de relevância internacional para cidades britânicas de menor porte –, a coleção Roy Lichtenstein mostra a mudança cultural e política nos Estados Unidos da década de 1960 até os dias atuais. Com padronizações abstratas e ambíguas, as obras desse que é um dos principais nomes do movimento pop art prendem a atenção de qualquer visitante.

Quando? De 28 de setembro de 2019 a 4 de janeiro de 2020

The Mackintosh Festival, Glasgow

A vida e as obras de Charles Rennie Mackintosh são celebradas anualmente em outubro em locais de Glasgow com os quais o famoso arquiteto, artista e designer escocês estabeleceu laços estreitos. Desenvolvido por membros do Glasgow Mackintosh Group, incluindo a Glasgow School of Art, a Mackintosh Church, os Glasgow Museums e a Lighthouse – todas obras do arquiteto escocês –, o Mackintosh Festival apresenta uma série de workshops, exposições, passeios, palestras e apresentações para pessoas de todas as idades. A programação completa será revelada em agosto.

Quando? De 1 a 31 de outubro de 2019

Rembrandt’s Light – Dulwich Picture Gallery, Londres

Designado o Ano de Rembrandt, pois marca os 350 anos da morte do Mestre Holandês, 2019 será marcado por uma série de exposições relacionadas ao artista em toda a Europa. Rembrandt’s Light, na Dulwich Picture Gallery, faz parte dessa celebração e incluirá 35 trabalhos cuidadosamente selecionados que detalham o domínio de Rembrandt sobre a luz e a narrativa visual – incluindo a espetacular pintura Philemon and Baucis, emprestada da National Gallery of Art, de Washington, EUA, que será exibida pela primeira vez na Grã-Bretanha, como várias outras obras que comporão o acervo. O premiado diretor de fotografia Peter Suschitzky, famoso por seu trabalho em Star Wars: O Império Contra-Ataca e em Marte Ataca, atuará como consultor de iluminação para a exposição, ajudando a mostrar as obras de Rembrandt da melhor maneira possível.

Quando? De 4 de outubro de 2019 a 2 de fevereiro de 2020

Gauguin Portraits – National Gallery, Londres

Descubra como o artista francês Paul Gauguin revolucionou o retrato na primeira exposição dedicada exclusivamente a esse tipo de pintura. Reunindo um conjunto de cerca de 50 trabalhos extraordinários na Salisbury Wing, da National Gallery, a exposição incluirá uma coleção empolgante de pinturas e objetos em 3D de coleções públicas e privadas em todo o mundo. Para coincidir com a exposição, um evento especial será realizado nos cinemas britânicos a partir de 15 de outubro, intitulado Gauguin from the National Gallery. O documentário vai explorar a vida e obra de Gauguin, apresentando cenas filmadas no Taiti, na França, nas Ilhas Marquesas e na Grã-Bretanha, antes de levar os frequentadores do cinema em uma exclusiva excursão filmada da exposição da National Gallery.

Quando? De 7 de outubro de 2019 a 26 de janeiro de 2020

Lucian Freud Portraits – Royal Academy of Art, Londres

Mais de 50 pinturas, gravuras e desenhos de Lucian Freud serão exibidos na Royal Academy of Art em outubro. Abrangendo um período de quase sete décadas, os autorretratos do artista mostram seu extraordinário desenvolvimento como pintor e fornecem uma visão da mente de um mestre moderno da arte britânica. A coleção mostrará a evolução das obras de Freud ao longo da carreira, propiciando uma visão emocionante sobre o processo de envelhecimento.

Quando? De 27 de outubro de 2019 a 26 de janeiro de 2020

Dora Maar – Tate Modern, Londres

Chega à Tate Modern, em novembro, a maior retrospectiva da fotógrafa, pintora e poeta francesa Dora Maar já realizada na Grã-Bretanha. Reconhecida pela fotografia simbólica e fotomontagens, Maar era um ícone do surrealismo e tinha laços estreitos com Pablo Picasso, com quem trabalhou estreitamente para criar uma série de imagens e retratos usando técnicas experimentais de fotografia e impressão. A exposição inovadora explora a longa carreira de Maar no contexto do trabalho de seus contemporâneos.

Quando? De 20 de novembro de 2019 a 15 de março de 2020

Vivian Suter – Tate Liverpool, Liverpool

Inspirada nas paisagens tropicais de sua região natal, Panajachel, na Guatemala, a imersiva instalação de Vivian Suter com pinturas suspensas vai dominar a galeria Wolfson, da Tate Liverpool. Nessa primeira exibição solo do trabalho de Suter na Grã-Bretanha, a instalação em larga escala intitulada Nisyros evidencia os laços estreitos da artista com o meio ambiente e o mundo exterior. Suter deixa suas obras de arte ao ar livre para serem expostas aos elementos. Como resultado, uma série de resíduos naturais pode ser encontrada em suas criações, desde galhos e matéria vulcânica até impressões das patas de seu cachorro.

Quando? De 13 de dezembro de 2019 a 15 de março de 2020

redacao@mgturismo.com.br

Agência de Notícias do Turismo, noticiário de MG, do Brasil e exterior em tempo real. O mais tradicional jornal especializado em turismo de Minas Gerais, com circulação ininterrupta desde 1985.

Avalie esta notícia:
0 Comentário

Sorry, the comment form is closed at this time.

Leia a Edição

Edições Anteriores

Confira os destaques

Nenhuma matéria foi encontrada.

×