Terça Feira, 22 de outubro de 2019

Home / NOTÍCIAS  / Movimento WOB (Women on Board) foi lançado em Forum da ONU Mulheres

Movimento WOB (Women on Board) foi lançado em Forum da ONU Mulheres

Iniciativa inédita para aumentar a presença de mulheres em conselhos foi apresentada em evento de promoção de equidade de gênero No fim da tarde de ontem (8), durante o Fórum WEPs 2019, foi apresentada  uma iniciativa totalmente inovadora para o ambiente empresarial do País. “Trata-se de uma ação inédita para estimular a qualificação empresarial por meio da participação de mulheres na liderança máxima das organizações: os conselhos. A ideia é destacar companhias que priorizam o tratamento da diversidade de gênero em seus negócios e, consequentemente, incentivam parceiros e fornecedores a aderirem ao mesmo movimento”, destacou Carol Conway, uma das principais idealizadoras do Movimento. A iniciativa é independente, sem fins lucrativos e segundo Carolina Niemeyer, também idealizadora do selo, “o grande propósito da iniciativa é tornar o Brasil reconhecido pela presença de mulheres nos Conselhos, de modo que os impactos positivos possam surgir e aumentar cada vez mais”. Durante a apresentação para cerca de 300 pessoas, as idealizadoras reforçaram que o selo tem como propósito sensibilizar organizações acerca da importância da diversidade como investimento qualificado.  Para Christiane Aché, também fundadora do selo, “o momento atual é decisivo para o Brasil elevar sua qualificação empresarial. É importante identificar as empresas que estão atentas à diversidade ”.  Sobre o funcionamento da certificação, as porta-vozes esclareceram que o selo visa incentivar essa movimentação via “peer pressure” (expressão em inglês que significa aumentar a pressão – de forma positiva – por meio de seus pares).  Estudos internacionais que comprovam que a atuação de mulheres em cargos de liderança está diretamente relacionada à produtividade e à lucratividade foi um dos pontos altos da apresentação. Na visão de Patrícia Marins, CEO da FleishmanHillard e umas das participantes da iniciativa, “a liderança da mulher não pode ser medida apenas em diretorias e altas gerências. É preciso que a diversidade avance também para conselhos de administração e direção”. Barbara Rosenberg, sócia do Barbosa Musnich e Aragão Advogados; Daniela Graicar, da Agência Pros; e Marina Copolla, sócia do Yasbeck Advogados, e Daniela Lima, administradora, também participam da iniciativa. Para mais informações:https://www.wobwomenonboard.com

redacao@mgturismo.com.br

Agência de Notícias do Turismo, noticiário de MG, do Brasil e exterior em tempo real. O mais tradicional jornal especializado em turismo de Minas Gerais, com circulação ininterrupta desde 1985.

Avalie esta notícia:
0 Comentário

Sorry, the comment form is closed at this time.

Leia a Edição

Edições Anteriores

Confira os destaques

Nenhuma matéria foi encontrada.

×