Domingo, 15 de dezembro de 2019

Home / EDITORIAS  / Internacional  / Fuja da cidade grande: os vilarejos do Alentejo que vão te fazer querer viver no campo

Fuja da cidade grande: os vilarejos do Alentejo que vão te fazer querer viver no campo

Entre castelos, igrejas e uma vida tranquila, essas pequenas cidades são destino certo para quem quer desacelerar

O Alentejo não é somente a maior região de Portugal. Concentrando grande parte da produção de vinho do país, muitos olivais, campos de trigo, paisagens de tirar o fôlego e vilarejos históricos encantadores, pode facilmente ser considerada a região mais autêntica das terras portuguesas.

Turistas do mundo todo viajam ao destino para visitar e percorrer as inúmeras vilas com ruazinhas de pedra, castelos e igrejas antigas, muralhas e outras construções centenárias. O ritmo de vida pacato do campo, combinado com a história que faz parte de cada esquina desses vilarejos, faz do Alentejo o lugar ideal para quem quer deixar a vida de cidade grande.

Esses são alguns dos vilarejos do Alentejo que devem estar no roteiro dos amantes de uma vida tranquila:

Marvão
A mais de 800 metros acima do nível do mar e com apenas 500 habitantes, Marvão é conhecida por seu castelo e as muralhas que fazem parte da sua paisagem. Está localizada em meio à Serra de São Mamede e chama a atenção por sua arquitetura com muito granito, janelas manuelinas e varandas charmosas.

Monsaraz
Bem próxima à fronteira com a Espanha, Monsaraz deixa os visitantes apaixonados com suas ruas de pedra, sua vista privilegiada do Lago Alqueva e um castelo localizado no topo de uma colina. Um ponto alto da visita a esse povoado é assistir ao pôr do sol de cima do castelo.

Castelo de Vide
Ainda na Serra de São Mamede encontra-se o vilarejo de Castelo de Vide, que chama a atenção por ter uma forte herança judaica, influenciando os costumes locais e principalmente a arquitetura. Um dos pontos turísticos que devem ser visitados é uma antiga sinagoga onde hoje funciona um museu.

Mértola
Esta pequena cidade foi de grande importância durante o Império Romano e, depois, passou a ser uma cidade muçulmana. A herança islâmica é uma das mais bem preservadas de todo o país: em Mértola, é possível visitar uma igreja que, originalmente, era uma mesquita. Além da mescla de culturas, essa pequena cidade está localizada em um parque natural e guarda uma vista incrível para o rio Guadiana.

Arraiolos
Localizada no coração do Alentejo, Arraiolos é um povo que ganhou destaque por seus tapetes. São peças feitas à mão desde o século 12, vendidas em toda a cidade. Arraiolos também conta com um peculiar castelo circular, a Igreja da Misericórdia – conhecida pelo seu belíssimo interior – e muitas outras construções históricas que compõem um verdadeiro cartão postal.

Sobre o Alentejo

Considerado o destino mais genuíno de Portugal, o Alentejo é a maior região do país. Privilegiando um lifestyle tranquilo em que a experiência de viver bem dá o tom, conta com belas praias intocadas e cidades repletas de atrações ímpares, como castelos e monumentos históricos. Detentor de quatro títulos da UNESCO e diversos outros prêmios e reconhecimentos internacionais no setor do turismo, o Alentejo oferece opções para todos os tipos de viajantes, sejam famílias, casais em lua de mel ou aventureiros. A promoção turística internacional do Alentejo é co-financiada pelo Alentejo 2020, Portugal 2020 e pelo Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER). Para mais informações, visite www.turismodoalentejo.com.br.


redacao@mgturismo.com.br

Agência de Notícias do Turismo, noticiário de MG, do Brasil e exterior em tempo real. O mais tradicional jornal especializado em turismo de Minas Gerais, com circulação ininterrupta desde 1985.

Avalie esta notícia:
0 Comentário

Sorry, the comment form is closed at this time.

Leia a Edição

Edições Anteriores

Confira os destaques

Nenhuma matéria foi encontrada.

×