Segunda Feira, 27 de janeiro de 2020

Home / NOTÍCIAS  / South African Airways opera comercialmente sua primeira aeronave A350 em voo doméstico

South African Airways opera comercialmente sua primeira aeronave A350 em voo doméstico

A South African Airways (SAA) realizou o primeiro voo comercial com sua nova aeronave Airbus A350-900, no mercado doméstico.

A aeronave partiu de Johanesburgo com destino à Cidade do Cabo às 10 da manhã, do dia 24 de dezembro, operando como voo SA323, e retornou como voo SA336 da Cidade do Cabo para Johanesburgoo, aterrissando aproximadamente às 16h.

A aeronave é um dos quatro novos jatos Airbus A350-900 da frota da SAA, que visa aumentar a oferta de assentos da companhia aérea e expandir as suas perspectivas comerciais.

“Temos o prazer de oferecer a nossos clientes uma experiência superior com a introdução da nova aeronave Airbus A350, que oferece uma cabine mais silenciosa que qualquer outra aeronave de corredor duplo”, diz Zuks Ramasia, CEO em exercício da SAA.

A introdução dos A350 contribuirá para a uma melhor eficiência operacional da companhia aérea e faz parte de seu projeto de renovação da frota, aumentando seu poder de concorrência e oferecendo uma experiência ainda melhor para seus clientes através desses novos produtos.

À medida que novas aeronaves são introduzidas, mais rotas serão operadas pelos Airbus A350-900, como as rotas de longa duração da SAA entre Johanesburgo e o Aeroporto Internacional John F. Kennedy (JFK) de Nova York. O A350 substituirá o Airbus A340-600 e continuará operando Johanesburgo – Nova York de forma regular.

Tanto os clientes da classe executiva como os da classe econômica apreciarão uma cabine mais silenciosa e um ambiente mais relaxante durante o voo. O Airbus A350-900 é configurado com um máximo de 339 assentos, dos quais 30 são assentos na Classe Executiva e 309 são assentos na Classe Econômica, com as seis primeiras fileiras da Classe Econômica oferecendo espaço extra para as pernas proporcionando uma experiência mais confortável, especialmente em voos mais longos. A cabine da classe executiva é servida por poltronas que reclinam até se tornarem camas totalmente planas.

A aeronave também oferece um sistema moderno de entretenimento a bordo (IFE) em todas as classes.

A semelhança e a classificação de tipo comum entre as aeronaves Airbus A350-900 XWB e as outras aeronaves Airbus da frota da SAA, se refletem diretamente em economia para treinamento de pilotos, tripulação, engenheiros e técnicos, bem como no inventário de peças de reposição.

O A350-900 XWB possui excelente desempenho de alcance e transporte de carga em voos de longa duração com partida de Johanesburgo (ponto de referência mais quente e mais alto). A SAA alcançara uma redução de aproximadamente 25% em custos operacionais usando o A350-900 XWB, durante um período de 5 anos, em comparação com algumas de suas aeronaves de quatro motores que possuem capacidades semelhantes de alcance e carga útil.

A SAA também obterá aproximadamente 25% de redução no consumo de combustível e consequentemente nas emissões de poluentes. Além de custos operacionais mais baixos, também reduzirá a exposição da SAA as taxações recém criadas sobre emissão de carbono da África do Sul, por ser mais ecológico e ajudar a atingir as metas globais do mecanismo de compensação de emissões, requeridos para aviação internacional.

A companhia aérea também se beneficiará com a redução de aproximadamente 40% em custos para manutenção do A350-900 XWB no período de 5 anos – novo equipamento em comparação com as demais aeronaves de quatro motores que atendiam o trecho Johanesburgo – Nova York e outras rotas.

A aeronave é equipada com motores Rolls-Royce Trent XWB. Desde que entraram em serviço em 2015, os motores Trent XWB voaram mais de cinco milhões de horas e é considerado o motor de aeronaves de grande porte mais eficiente do mundo.

Sobre a South African Airways

A South African Airways (SAA) é a companhia aérea líder na África, servindo 57 destinos no continente africano com voos próprios e em parceria com a SA Airlink e sua parceira low cost, Mango; além de oito destinos intercontinentais a partir de seu hub em Johanesburgo. A companhia é membro da Star Alliance, a maior aliança global de companhias aéreas. A SAA é a atual detentora do prêmio Skytrax de Best Airline Staff Service na África, mostrando que nossa tripulação é a verdadeira embaixadora de nossa marca e são eles que fazem a diferença para milhões de passageiros.

Partindo de São Paulo (aeroporto de Guarulhos), a SAA opera 7 voos semanais para Johanesburgo, na África do Sul, e de lá oferece conexões para toda África, Ásia e Austrália.

SAA, Há 50 anos ligando o Brasil à África.

redacao@mgturismo.com.br

Agência de Notícias do Turismo, noticiário de MG, do Brasil e exterior em tempo real. O mais tradicional jornal especializado em turismo de Minas Gerais, com circulação ininterrupta desde 1985.

Avalie esta notícia:
0 Comentário

Sorry, the comment form is closed at this time.

Leia a Edição

Edições Anteriores

Confira os destaques

Nenhuma matéria foi encontrada.

×