Notícias

Aéreas brasileiras se unem em movimento inédito para esclarecer que é seguro voar

As companhias aéreas Azul, GOL, LATAM e VOEPASS acabam de realizar comunicação conjunta para reforçar o compromisso com a Segurança e a Saúde dos Clientes

Responsabilidade é uma palavra que, durante a pandemia, atingiu um grau de relevância não antes medido ou imaginado. A conjuntura desafiadora imposta pelo coronavírus e a sensibilização da sociedade frente a uma crise mundial sem precedentes convocaram a todos a tomarem posição quanto a questões pessoais, profissionais, sociais e públicas. Temas nevrálgicos como miséria, racismo, homofobia, igualdade de gênero, diversidade e representatividade inflamaram-se na mesma proporção que a preocupação com a saúde e a preservação da vida diante de um mal invisível e mortal.

Na aviação comercial, esse serviço tão essencial à população e ao país, não foi diferente. No início da pandemia no Brasil, em março, a responsabilidade instigou a empatia e a solidariedade. “O que posso fazer pelo outro e pela sociedade usando minha expertise e os recursos de que disponho?” Nasceu desse questionamento a atitude das maiores companhias aéreas brasileiras de oferecer a gratuidade no transporte aéreo dos profissionais de saúde que precisam se locomover a outras cidades e estados brasileiros para tratar os doentes da Covid-19, um benefício oferecido até os dias de hoje.

Agora, em uma iniciativa inédita e especial, que coloca em segundo plano a competitividade e abre espaço a uma ação colaborativa em prol do bem comum, as mais destacadas empresas aéreas nacionais – Azul, GOL, LATAM e VOEPASS – se unem para operar, em conjunto, um voo ainda mais alto, uma missão, a de reforçar um compromisso que é comum a todas elas: a preocupação com a Saúde e a Segurança de todos aqueles que as escolhem para voar durante o período atual, a que chamamos de “retomada”. Seja o passageiro que precisar visitar a família que está distante, seja aquele que se desloca para realizar um trabalho ou desfrutar dias de lazer, o propósito dessas empresas é que o momento mágico representado por um voo venha sempre imbuído de tranquilidade e bem-estar, e não de medo e incertezas.

Lançando mão de procedimentos recomendados pelos órgãos competentes, as quatro companhias almejam esclarecer a sociedade sobre todas as medidas tomadas desde o início da pandemia, para que voar continue sendo um ato muito seguro, mesmo em tempos difíceis como os que estamos vivendo. Da presença de um poderoso sistema de filtro de ar nas cabines, o HEPA (High Efficiency Particulate Air), à desinfecção de grau hospitalar das superfícies internas dos aviões, todos os esforços se dão de forma a minimizar a possibilidade de contaminação pelo coronavírus em terra e no ar, nos aeroportos e no espaço partilhado que é uma aeronave.

“Estamos ansiosos pela retomada, mas, antes de tudo, estamos preocupados com o bem-estar dos nossos Clientes”, afirma Paulo Kakinoff, CEO da GOL. “O fato de estarmos juntos nessa iniciativa é a prova de que, mais do que nunca, o que nos move é a Segurança, a Saúde e a satisfação dos Clientes, Colaboradores e parceiros de todo o setor aéreo, indistintamente das empresas. Iniciativas isoladas, nesse momento, só vão atrasar a recuperação do setor. Temos de pensar de uma forma sistêmica.” Para Kakinoff, “caso o Cliente não esteja em casa, o avião é certamente um dos lugares mais seguros para se estar”.

Sobre as medidas aplicadas pela Azul, o presidente da companhia, John Rodgerson, ressalta: “A Azul adota procedimentos de limpeza em seus aviões que estão alinhados com as recomendações da Iata e todos os suprimentos utilizados têm aprovação da Anvisa”. Rodgerson ainda lembra que, mesmo durante a pandemia, nos últimos seis meses, a Azul não deixou de voar (assim como a GOL e a LATAM). “O país precisou e precisa das aéreas, sempre. É tempo de olhar para a frente, temos de voar juntos. Estamos reunidos para salvar nossa indústria.”

“Quero dizer a cada um de nossos Clientes que, se você precisar voar, conte conosco, estamos preparados para te receber com segurança. Já são 6 meses desde que mudamos totalmente a nossa forma de voar e atender os passageiros em todas as etapas da sua viagem. Se o avião já era o ambiente mais seguro entre todos os meios de transporte, neste ano ele ficou ainda mais”, afirma Jerome Cadier, CEO da LATAM Brasil. “Esse é um processo sem volta e vamos além. Em 2020 aceleramos projetos que vão continuar a transformar a experiência dos Clientes com mais inovação e tecnologia para tornar as viagens aéreas ainda mais simples e seguras, do check-in ao desembarque”.

Eduardo Busch, presidente da VOEPASS, ressalta que as dificuldades serão superadas. “Nosso objetivo neste momento, além de prover a máxima segurança para os colaboradores e passageiros, é participar da retomada da economia do País. Acreditamos que pensando e trabalhando em conjunto, com os mesmos valores e objetivos, conseguiremos vencer essa crise.”

Conheça a seguir, em detalhes, os procedimentos adotados por essas companhias para que o processo de recuperação do setor aéreo brasileiro seja consciente, responsável, próspero e, principalmente, seguro.

Medidas de Segurança da GOL

A GOL tem como objetivo maior que todos a bordo tenham uma experiência segura e agradável no espaço compartilhado que caracteriza uma aeronave, principalmente neste período de pandemia.

Voando com a GOL, é possível realizar absolutamente todas as etapas da viagem usando o celular ou o tablet. Isso inclui a compra da passagem, o check-in e o próprio embarque. Incentivamos o uso dos canais digitais, mas se por algum motivo não for possível, todas as medidas de Segurança foram tomadas também para o atendimento presencial.

Pioneira e inovadora, investindo continuamente em produtos e serviços que melhorem a experiência e otimizem o tempo dos Clientes, a Companhia lançou, em julho, o check-in diretamente no WhatsApp, também por um fluxo simplificado, orientado pela GAL, assistente virtual, com comunicações personalizadas para Clientes selecionados com viagens próximas, que ainda não realizaram a confirmação, colaborando para evitar aglomerações.

Medidas extraordinárias foram adotadas a favor dos Clientes e dos Colaboradores, começando pelos aeroportos, como distanciamento nas filas, incorporação de proteções de acrílico no check-in, desligamento de totens e uso de adesivos para demarcar a distância mínima durante o processo de embarque e também a bordo, além do fechamento da sala VIP dos aeroportos.

Por outro lado, vale lembrar que as novas medidas de Segurança aumentam o tempo de deslocamento no embarque. Com isso, a GOL solicita aos Clientes que façam o check-in online/via aplicativo com 48 horas de antecedência (até o limite de 1 hora) antes do voo. Se mesmo assim precisar ir ao balcão, inclusive para despachar mala, antecipamos a liberação ao passageiro para 3 horas antes do embarque, encerrando o processo até 1 hora antes da abertura do portão.

Primeira Companhia a solicitar o uso de máscaras por todos os Clientes nos voos em operação (desde 10/5), a GOL tem como base para essa medida as informações científicas mais recentes e as recomendações de diversos órgãos públicos pelo Brasil e pelo mundo. A utilização de máscaras é obrigatória para todos, exceto crianças com menos de 2 anos e pessoas com necessidades especiais ou deficiência cognitiva, que são orientados caso a caso. Tripulantes também devem usar máscaras em todos os voos, bem como luvas, sempre que houver qualquer possibilidade de contato físico com outras pessoas, como fornecedores de serviço de bordo ou Clientes durante o embarque e o desembarque. Nos voos, há álcool em gel à disposição para a higienização das mãos.

Também foram implementadas avançadas medidas adicionais de limpeza e higienização dos aviões durante as paradas em solo e pernoites, com atenção redobrada aos assentos e braços das poltronas, cintos de segurança, bandejas, piso e paredes.

O processo de sanitização noturna foi aprimorado com o uso de um desinfetante de grau hospitalar para as galerias de serviço e todas as áreas de uso interno na cabine, incluindo a dos pilotos. Desde o início da pandemia, máscaras já vinham sendo distribuídas aos Colaboradores de ar e solo, além de a Companhia deixar à disposição álcool em gel para todos.

O ar que circula dentro da aeronave é uma mistura do ar puro com o ar recirculado da cabine, que é filtrado. Existe também uma válvula que devolve ar para fora da aeronave, o que garante a recirculação e renovação constantes.

As aeronaves da GOL são equipadas com o sistema de filtro de ar de alta eficiência HEPA, que promove a troca total do ar de toda a cabine a cada 3 minutos. Ele filtra 99,97% das partículas nocivas, como vírus e bactérias em todo o avião, permitindo a circulação de um ar sempre mais saudável por toda a aeronave.

Com relação ao HEPA, há outros aspectos que contribuem para a Segurança do ambiente. O primeiro é o movimento do ar, que flui verticalmente de cima para baixo, tornando menos provável a circulação entre os passageiros. O segundo é que as aeronaves são divididas em segmentos de ventilação que variam entre três e sete fileiras de assentos, ou seja, o ar que respiramos na aeronave não é compartilhado entre todos a bordo. O funcionamento, em detalhes, pode ser conferido nesta animação: http://tiny.cc/pibksz

A respeito do bloqueio do assento do meio, não há consenso científico sobre a justificativa do distanciamento dentro da aeronave.

O uso do entretenimento a bordo na GOL é feito no próprio smartphone, tablet ou laptop, sem necessidade de toque em telas coletivas.

Desde o início de junho de 2020, a Companhia vem retomando, gradualmente, o serviço de bordo, com snacks (entregues no desembarque) e água sob demanda ao longo de todo o voo. Não há neste momento as vendas a bordo. As revistas foram retiradas dos bolsões e agora são entregues sob demanda, embaladas individualmente, sugerindo aos passageiros que as levem para casa após o voo.

Durante o desembarque, os comissários solicitam que todos os Clientes permaneçam sentados e organizam a saída por fileiras, começando pelas poltronas dianteiras, e seguindo em direção ao fundo da aeronave. Essa medida elimina a aglomeração natural que acontece no momento da saída.

A Segurança com cada um que viaja, interage e trabalha na GOL está sempre em constante evolução e atenção. Ela sempre foi essencial, e agora, mais do que nunca, exige cuidado especial. E a Companhia reforça seu compromisso com os Clientes.

Azul: medidas de higiene e segurança em voos

Desde o início da pandemia, a Azul adotou uma série de novos protocolos para garantir a segurança e a saúde de seus Tripulantes e Clientes. Abaixo, algumas das principais medidas:

Medição de temperatura: a Azul mede a temperatura de seus Tripulantes, forma como os funcionários da empresa são tratados, que trabalham em solo ou a bordo. A medição é realizada antes do início de cada turno de trabalho, sem que haja qualquer tipo de contato físico entre quem o realiza e quem terá a temperatura aferida. Tripulantes em estado febril são dispensados e orientados a seguir os protocolos médicos;

Uso de máscaras: uso de máscara obrigatório tanto para Clientes quanto para os Tripulantes de solo e voo. A medida traz mais segurança a bordo e diminui as chances de contágio até mesmo por pessoas assintomáticas;

Check-in: a Azul também vem orientando os Clientes a realizarem o check-in pelo aplicativo da companhia, disponível para iOs e Android. Tendo o check-in pronto pelo mobile, os Clientes não precisam manusear papéis e/ou passar pelos balcões de check-in;

Despacho de bagagem: para quem tem bagagens para despachar, a sugestão da empresa é realizar o check-in pelo app e utilizar as mesas de autoatendimento para etiquetagem de bagagem, disponibilizadas pela companhia em alguns aeroportos do país;

Embarque: para o momento do embarque, a companhia lançou o Tapete Azul, tecnologia pioneira no mundo que garante o distanciamento social entre os Clientes em tempos de pandemia, já que posiciona cada convocado para o embarque a quatro metros de distância entre si. Nos aeroportos que ainda não contam com a tecnologia, a companhia orienta seus Clientes a seguirem a sinalização de distanciamento social colocada pelas administradoras aeroportuárias;

Limpeza das aeronaves: a Azul adota procedimentos de limpeza em seus aviões que estão alinhados com as recomendações da Iata e todos os suprimentos utilizados têm aprovação da Anvisa. Ao término de cada etapa, a equipe de limpeza desinfeta todos os locais em que os Clientes possam ter contato, como cintos de segurança, bandejas das poltronas, apoios de braços, persianas, banheiros e bagageiros da cabine. Durante a limpeza profunda e completa das aeronaves, que ocorre durante à noite, os tapetes, os locais de trabalho da tripulação, como cabine de comando e galley, e os lavatórios recebem uma desinfecção minuciosa e completa;

Mantas e fones de ouvido: a empresa manteve a distribuição de mantas e travesseiros, mas a entrega dos fones de ouvido foi suspensa e a Azul orienta a cada Cliente usar o seu próprio;

Serviço de bordo: continua, mas passou a ser realizado no desembarque do voo para garantir a utilização da máscara durante toda a viagem;

Desembarque: seguindo recomendações da Anvisa, a Azul passou a fazer o desembarque por fileiras para não causar aglomeração. Quando as portas se abrem, os Clientes são orientados a só levantarem e pegarem a bagagem quando for a vez deles de desembarcar.

LATAM: uma nova forma de voar mais rápida e segura

A LATAM, desde o início da pandemia, agiu proativamente para assegurar o cuidado com as pessoas, elevando seus níveis de segurança sempre em concordância com as autoridades sanitárias dos países em que opera e com as recomendações da IATA (Associação Internacional de Transporte Aéreo) e OMS (Organização Mundial de Saúde). Confira neste vídeo todos os protocolos de segurança da LATAM para a viagem de seus clientes .

Nos próximos 45 dias, a LATAM também deve lançar no Brasil inovações em aeroportos e em sua plataforma (site e aplicativo) para assegurar ao cliente uma experiência de viagem ainda mais simples e segura.

Confira abaixo as medidas já adotadas pela companhia:

• Atendimento remoto e sem contato físico por meio de tecnologia de videoconferência, já instalada nos aeroportos de Congonhas, Santos Dumont, Vitória e Florianópolis; confira neste vídeo como funcion a o atendimento remoto da LATAM .

• Filas transversais, alternadas e espaçadas nos balcões de check-in dos aeroportos.

• Álcool gel no check-in e em todas as aeronaves por meio de dispenser e também distribuídos aos clientes em sachês individuais.

• Obrigatoriedade do uso de máscaras por passageiros e tripulantes.

• Possibilidade de os passageiros se acomodarem com maior distanciamento a bordo de acordo com a sua preferência e disponibilidade de assentos na aeronave.

• Sistema de recirculação que renova o ar no avião a cada 3 minutos (filtros HEPA), removendo 99,97% das partículas a bordo; confira neste infográfico como funcionam os filtros HEPA .

• Rígidos procedimentos de limpeza com álcool 70% de todos os pontos de contato físico do cliente. Adicionalmente, pulverizações a bordo da aeronave, independentemente de suspeitas de contágio.

• Sanitização com procedimentos de desinfecção proativos em toda a cabine, com uso de desinfetante de quaternário de amônio, álcool 70% e outros materiais indicados por Anvisa e órgãos internacionais.

• Novos processos e protocolos a bordo para menor interação física com os passageiros.

• Procedimento de embarque que favorece o distanciamento social entre os passageiros, evitando aglomerações.

• Bloqueio do banheiro dianteiro da aeronave para uso exclusivo da tripulação, a fim de minimizar o contato com os passageiros.

• Informação clara e direta para esclarecer aos passageiros que voar é seguro. Veja aqui os vídeos de respostas que a LATAM preparou para tirar as principais dúvidas dos seus clientes .

VOEPASS: novos protocolos sanitários

Atendendo às recomendações da Anac, Anvisa e das autoridades mundiais de saúde, as operações da VOEPASS Linhas Aéreas cumprem medidas especiais de limpeza e sanitização das aeronaves, incluindo cabine dos pilotos, poltronas, banheiros, saídas de ar condicionado, botões de acionamento de luzes e de reclinação das poltronas, corrimão de escadas, maçanetas e outros, utilizando no processo álcool em gel e desinfetantes de padrão hospitalar.

O tempo de solo das aeronaves entre os voos programados foi estendido em todas as operações, para permitir que as equipes possam realizar os procedimentos antes do início de cada nova etapa de voo. Além disso, as aeronaves utilizam seu sistema de renovação de ar, que realiza a cada cinco minutos a troca de 100% de todo o volume da cabine da aeronave constantemente durante todos os voos.

Nas manutenções de pernoite, procedimentos de limpeza profunda são realizados de forma complementar, para garantir de maneira efetiva que os voos sejam realizados dentro dos melhores protocolos de biossegurança, garantindo aos passageiros e funcionários a realização das operações aéreas com total segurança.

Além das medidas de limpeza e desinfecção, a tripulação e todos os colaboradores envolvidos usam equipamentos de proteção individual. Os passageiros também são obrigados a utilizar máscaras de proteção desde a chegada ao aeroporto até durante os voos.

A obrigatoriedade de utilização de máscaras também foi implementada para todos os funcionários em terra e para aqueles que trabalham no escritório, visando a proteção de todos os colaboradores da empresa, independentemente da área.

Álcool em gel está sendo disponibilizado no balcão de check-in, salas de embarque e dentro das aeronaves. O serviço de bordo está temporariamente suspenso durante os voos. Um novo exemplar da revista de bordo é entregue individualmente a cada passageiro, que fica a cargo de levá-lo consigo após o voo.

Outra medida implementada foi o desembarque setorial, seguindo um plano de organização de setores e de assentos para facilitar a saída da aeronave sem a formação de aglomeração no corredor. Sempre que possível, a marcação dos lugares é feita respeitando a distância segura entre os assentos utilizados por cada passageiro.

Outra novidade é o novo aplicativo gratuito que facilita os procedimentos de embarque dos Clientes. Com ele, é possível fazer o check-in e utilizar o celular para apresentar o cartão de embarque eletrônico. O aplicativo está disponível para download nas plataformas IOS e Android e atende aos passageiros que adquiriram bilhetes nos canais de venda da VOEPASS (site e agências de viagem).