Notícias

Agostinho Patrus celebra os 300 anos de Minas com a UFMG

Em evento virtual, o presidente da ALMG ressaltou a importância das parcerias firmadas pelo Legislativo com a universidade

“Minas é plural no nome e tem neste mosaico de diversidades a sua força”, afirmou o presidente da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), deputado Agostinho Patrus (PV), em evento virtual, nesta quinta-feira (10/12), que comemorou o aniversário do Estado. Denominado “Cultura, modernidade e tradição: Minas Gerais 300 anos”, o evento realizado com a colaboração da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) teve a participação de pesquisadores e da reitora Sandra Goulart Almeida.

Em seu pronunciamento, o presidente da ALMG acentuou a importância do trabalho conjunto entre o Legislativo e a universidade durante a pandemia de covid-19. “Nestes 300 anos, a UFMG tem papel fundamental no desenvolvimento educacional dos mineiros. A Assembleia se sente honrada em poder caminhar junto com a universidade, comemorando esta data e firmando parcerias fundamentais para o enfrentamento ao coronavírus”, sublinhou.

Crédito (foto): Reprodução/Youtube

Em abril, a Assembleia de Minas assinou protocolo de cooperação com a instituição pública de ensino para o compartilhamento de informações sobre a prevenção e combate ao coronavírus no Estado. Em junho, as deputadas e os deputados estaduais ainda economizaram e destinaram mais de R$ 1,5 milhão à UFMG para a produção de máscaras de proteção, o desenvolvimento de respiradores e o financiamento da telemedicina.

O evento

Na ocasião, foi lançado o livro “Orbe e Encruzilhada: Minas Gerais 300 anos”, organizado pelo diretor do Centro de Estudos Mineiros da UFMG, José Newton Meneses. A obra traz uma coletânea de ensaios sobre questões fundamentais para a construção do Estado.

O evento virtual faz parte do calendário de comemorações organizado pelo Parlamento mineiro com curadoria da universidade e o envolvimento do Tribunal de Justiça, do Ministério Público, do Tribunal de Contas, da Defensoria Pública e do Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais. Participaram também da solenidade o vice-reitor da UFMG, Alessandro Moreira, o reitor da Universidade Federal de Alfenas (Unifal), Sandro Amadeu Cerveira, e o presidente da Fundação de Amparo à Pesquisa (Fapemig), Paulo Sérgio Lacerda Beirão.