Notícias

Agostinho Patrus define agenda de homenagens à presença feminina na PM

Presidente da ALMG e comando da Polícia Militar construirão cronograma conjunto; ingresso das mulheres na instituição completa 40 anos em setembro

O presidente da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), deputado Agostinho Patrus (PV), se reuniu, nesta quinta-feira (4/2), com o comandante-geral da Polícia Militar de Minas Gerais (PMMG), coronel Rodrigo Sousa Rodrigues, e outros integrantes da corporação, para discutirem a elaboração de um cronograma conjunto de comemorações pelos 40 anos do ingresso das mulheres na polícia mineira.

A PMMG passou a contar com suas primeiras 112 oficiais femininas em setembro de 1981. Hoje, a Polícia Militar de Minas possui mais de 3.600 mulheres em seu quadro de pessoal, ocupando cargos em todas as esferas da instituição, desde oficiais em funções iniciais até comandantes. Além disso, a corporação possui, atualmente, unidades físicas instaladas nos 853 municípios mineiros.

O presidente Agostinho Patrus falou sobre a importância dos espaços conquistados pelas mulheres na sociedade nas últimas décadas, lembrando que sua mãe, Orcanda Rocha Andrade Patrus, foi a primeira professora catedrática da Faculdade de Medicina da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Ele se comprometeu a construir a agenda conjuntamente com a PM, a fim de dar visibilidade “à determinante atuação das mulheres para o excelente serviço prestado pela instituição”.

“Com muita alegria, a Assembleia de Minas vai se juntar às homenagens que serão feitas às mulheres que integram os quadros da PM. Todos sabemos que a presença feminina hoje é indispensável na PM em funções determinantes da corporação. Por isso, este marco de 40 anos é digno de ser celebrado”, destacou Agostinho Patrus.

De acordo com a coronel da Polícia Militar, Silma Oliveira, que também participou do encontro, a trajetória da mulher na polícia “foi marcada por desafios e conquistas”. A coronel ressaltou que sua própria história representa o avanço da companhia feminina: ela é a primeira a exercer o comando da Corregedoria da PM. Também esteve presente no evento o coronel da reserva Dalmir José de Sá, que foi o responsável pelo ingresso das primeiras mulheres na polícia mineira, em 1981.

Homenagem

Ao término da reunião, o comandante-geral, Rodrigo Rodrigues, fez uma homenagem a Agostinho Patrus. Ele entregou ao parlamentar um minucioso compilado, feito pela PM, em duas edições, sobre o período em que o ex-deputado Agostinho Patrús, pai do atual presidente do Legislativo, serviu à corporação como capitão-médico do Hospital Militar.

“É uma belíssima homenagem ao meu saudoso pai. Fiquei muito feliz. Com este material poderei rememorar, ao lado da minha família, um pouco da história do meu pai na polícia”, afirmou Agostinho Patrus. Além de outros integrantes da PM, o deputado Coronel Sandro também participou da reunião, realizada na sede do Legislativo mineiro.

Fotos: Victor Oliveira / ALMG