Notícias

Agostinho Patrus destaca importância das parcerias entre Assembleia de Minas e UFMG

Presidente da ALMG participou de conferência sobre os 93 anos da universidade; reitora Sandra Goulart comemora resultados do trabalho conjunto

A importância das recentes parcerias firmadas entre a Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) e a Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), no campo do fomento às pesquisas e em ações de enfrentamento à covid-19, foi tema de destaque durante o ciclo de conferências “Tempos Presentes”, realizado nesta terça-feira (8/9). O evento foi promovido pela UFMG, em comemoração aos 93 anos da instituição e aos 300 anos do Estado.

No encontro, o presidente da Assembleia, deputado Agostinho Patrus (PV), definiu a cooperação entre a ALMG e a UFMG como “um ganho fundamental para toda a população mineira”. Segundo ele, “a UFMG é motivo de orgulho para Minas e para o Brasil, pela sua função social e sua excelência acadêmica, reconhecidas internacionalmente”. Nas palavras do deputado, a “força da universidade está no mosaico formado por diversidade, estudo, trabalho, dedicação e pesquisa”.

O presidente da Assembleia também ressaltou a iniciativa do Parlamento de se juntar à UFMG “em ações que beneficiam, sobretudo, os mais necessitados”. Ele destacou o convênio por meio do qual a ALMG destinou, no último mês de junho, R$ 1,5 milhão a três projetos da universidade, já em andamento: um de telemedicina e outros dois para o desenvolvimento de ventiladores hospitalares e a produção e distribuição de máscaras faciais de acrílico.

A reitora da UFMG, professora Sandra Regina Goulart, também falou sobre a importância destas parcerias. “A universidade e a Assembleia nunca estiveram tão próximas, em um trabalho em prol da sociedade. A ação conjunta, não só no âmbito das comemorações pelos 300 anos de Minas, mas em muitas outras iniciativas, está cada vez mais ativa sob a liderança do presidente da Assembleia, Agostinho Patrus”, afirmou a reitora.

O evento foi realizado por videoconferência, em respeito às normas de isolamento social. Também participaram da conferência os ex-reitores da UFMG Clélio Campolina, Ana Lúcia Gazzola e Francisco de Sá Barreto, além do professor João Antonio de Paula, da Faculdade de Ciências Econômicas. Os três mencionaram a relevância da parceria entre a UFMG e a Assembleia de Minas, sobretudo em ações de apoio à pesquisa e à saúde pública.

Filho da UFMG

O presidente da ALMG foi o único convidado fora do contexto acadêmico a participar do evento. Sua relação afetiva com a instituição foi lembrada pela reitora Sandra Goulart. Agostinho Patrus é filho do médico oftalmologista graduado pela instituição e ex-presidente da ALMG, Agostinho Patrús, e da primeira professora catedrática da Faculdade de Medicina da UFMG, Orcanda Patrús.

De acordo com Sandra Goulart, toda a comunidade acadêmica da instituição considera Agostinho Patrus “uma pessoa de casa”. “Filho da UFMG e enorme parceiro. Não só pelo apoio financeiro destinado à universidade pela Assembleia – que é extremamente necessário – mas, também, pela colaboração na construção de projetos e na divulgação das nossas ações”, concluiu.