Notícias

Apesar do cenário de juros altos, veja como planejar a realização do sonho da casa própria após esse período

Glad cheerful young african american family show key and enjoy purchase of real estate in room with cardboard boxes with things and plants, copy space. Celebrating moving in new house, relocation

O primeiro passo para viabilizar esse objetivo é buscar alternativas ao financiamento habitacional, além de muita pesquisa e foco

Adquirir a casa própria ainda está como um dos objetivos principais da maioria dos brasileiros, sejam jovens, casados ou solteiros. Todavia, com o cenário financeiro em crise no país em 2022, a realização desse sonho precisa de um pouco mais de planejamento.

Em 2021, os financiamentos habitacionais bateram recorde histórico, com mais de R$ 205 bilhões em créditos, mesmo durante a pandemia. Um cenário favorecido pela taxa Selic em 2% ao ano. No entanto, agora em 2022, com a taxa Selic em mais de 12% ao ano, o cenário pede cautela do consumidor, que precisará planejar melhor o financeiro e pesquisar mais para conseguir adquirir a casa própria.

E o primeiro passo para viabilizar esse objetivo é buscar alternativas ao financiamento habitacional, como o consórcio, por exemplo. O consórcio é indicado para pessoas que não têm dinheiro de forma imediata e que podem esperar para comprar a casa. Funciona como uma poupança programada, onde a pessoa faz um pagamento mensal, e você pode conseguir o dinheiro antes por sorteio mensal ou dando um lance.

Outra alternativa é investir na bolsa ou no tesouro direto, onde você escolhe por quanto tempo quer investir, e o seu dinheiro vai rendendo mensalmente, com uma taxa de juros maior que a poupança. Caso não tenha experiência em investimentos variáveis, comece investindo em renda fixa.

A organização financeira é essencial nesse momento, e o consumidor deve estar preparado para todas as taxas excedentes que se deve pagar na compra de um imóvel, como o Imposto sobre Transmissão de Bens Imóveis (ITBI), cuja taxa chega a 3% do valor do imóvel, além da escritura, valor que pode atingir até R$ 20 mil, dependendo do valor do imóvel comprado.

Para além do financeiro, considere outras informações antes de adquirir um imóvel

Antes de comprar um imóvel, além de todas as questões financeiras, outras informações devem ser consideradas; afinal, é um lugar onde você vai viver, provavelmente, o resto de sua vida.

Localização: verifique qual a localidade que você quer comprar o imóvel e qual a faixa de preço nesse lugar. Decida o critério de escolha: mais perto do trabalho? Um lugar mais badalado? Um local mais remoto? Apartamento ou casa horizontal?

Família: mesmo que você seja solteiro hoje, pode constituir família no futuro, então verifique se é um bairro que oferece boas opções de escolas, parques, hospitais, etc.

Evite dor de cabeça: busque informações sobre a empresa ou a pessoa que estará fechando negócio, averigue qual a reputação da empresa, se há processos contra ela nesse quesito. Consultar o CPF pelo nome também é uma alternativa para evitar problemas futuros com o vendedor.

Lembre-se que o planejamento é o melhor caminho para a realização de um sonho, então pesquise, organize as suas finanças e tenha paciência, que logo esse cenário melhora.