Notícias

APHMBR defende fiscalização efetiva durante fase emergencial

Desde o último dia 06, todo o estado de São Paulo está na fase vermelha do plano de flexibilização da economia, que prevê o fechamento de todos os serviços não essenciais, como restaurantes, bares e comércio em geral. A partir desta segunda-feira (15), o estado entrou na fase emergencial, ainda mais restritiva.

Logo no início da pandemia, a APHMBR (Associação de Pousadas e Hotéis, Bares e Restaurantes de Maresias) foi a primeira entidade no Litoral Norte de São Paulo a sugerir o fechamento do comércio local, pedido que foi acatado pela Prefeitura de São Sebastião. A associação sempre fez questão de trabalhar a favor dos protocolos de prevenção, ajudando a educar turistas, empresários, colaboradores e munícipes. Com uma atuação consciente durante toda a pandemia, o comércio de Maresias manteve o compromisso de seguir os devidos protocolos sanitários, prezando pela vida de seus colaboradores e clientes.

A APHMBR se solidariza com as vítimas da Covid-19 e suas famílias, mas mantém a opinião de que, hoje, fechar os estabelecimentos que cumprem os protocolos não garante a contenção do vírus, principalmente enquanto não houver uma fiscalização adequada nos verdadeiros focos da disseminação. O que realmente vai preservar vidas neste momento é a fiscalização efetiva por parte do poder público de festas clandestinas, casas de aluguel onde acontecem encontros e outros pontos de aglomeração sem controle. É necessário que as autoridades municipais e estaduais levem a sério todas as denúncias que são feitas quase que diariamente pela população e constantemente ignoradas.

Segundo André Teston, presidente da APHMBR, “não podem os comerciantes, que pagam impostos, que empregam, que trabalham com distanciamento e máscara, que adotam rigorosos protocolos de prevenção, serem novamente responsáveis por esta conta. A saúde e a economia devem andar juntas”.

Maresias sempre foi um caso de sucesso no controle da pandemia, assim como São Sebastião, que teve índices relevantes de isolamento social e controle da transmissão da Covid-19 durante todo o ano de 2020.

Sobre a APHMBR (Associação de Pousadas e Hotéis, Bares e Restaurantes de Maresias)

Com 41 associados, a Associação de Pousadas e Hotéis, Bares e Restaurantes de Maresias reúne empresários e comerciantes locais de diversos ramos, como hotelaria e gastronomia, com o objetivo de trabalhar a imagem do bairro, otimizar compras e negociações dos associados, fomentar eventos locais e intervir em busca de melhorias para a praia. Mais informações em: praiademaresias.com.br