Notícias

Argentina potencializa seu turismo educativo

O INPROTUR liderou uma apresentação virtual do segmento destinada a referentes provinciais para integrar a oferta a todo o país e dar valor às múltiplas possibilidades educativas e turísticas de nosso país.

Mais de 130 instituições universitárias nas 6 regiões de seu território, 5 prêmios Nobel, uma oferta acadêmica composta por mais de 12 mil carreiras universitárias, mais de 300 pós-graduações, 30 centros tecnológicos e, fundamentalmente, um país amigável e sempre aberto são algumas das muitas características que a Argentina reúne dentro de suas propostas de Turismo Educativo.

Com o objetivo de potencializar sua oferta e federalizar as oportunidades, o Instituto Nacional de Promoção Turística (INPROTUR) desenvolveu uma apresentação do segmento para diferentes referentes provinciais.

“O nível acadêmico da Argentina foi sempre um orgulho para todos os argentinos e argentinas. Somos um referente não só na América Latina, mas a nível mundial. Por isso, o desenvolvimento do Turismo Educativo se torna fundamental para captar maiores turistas e posicionar o país tanto no âmbito turístico, quanto acadêmico”, afirma Ricardo Sosa, Secretário Executivo do INPROTUR.

O encontro serviu para transmitir uma mensagem de trabalho conjunto em prol de promover o excelente nível educativo do país em conjunto com as múltiplas opções turísticas. Além disso, deu-se ênfase ao programa Estudiá en Argentina (Estude na Argentina), nascido em 2005 como uma iniciativa do Ministério da Educação e transladada a todos os componentes do Estado. Em 2019, consolidou-se tal projeto através de uma forte exposição internacional na feira NAFSA, nos Estados Unidos, assim como também na América Latina nos Salões do Estudante no Brasil e na ExpoPosgrados na Colômbia.

Também se fez menção à Campus Global, uma ferramenta única no mundo, à disposição de estudantes estrangeiros interessados em ter uma experiência na Argentina e de igual maneira para jovens locais. A plataforma promove, entre muitas possibilidades, informação sobre bolsas, cursos e oportunidades oferecidos por universidades públicas e particulares.

Cabe destacar que cerca de 70 mil estudantes internacionais chegam a nosso país por ano com a ideia de aperfeiçoar seus estudos e incorporar o idioma espanhol, o segundo mais falado no mundo.

Com universidades públicas de prestígio, custo de vida acessível e uma população sempre hospitaleira, a Argentina é um ícone latino-americano em educação. Se a esta adicionarmos o turismo, a equação é perfeita.