Notícias

Assembleia de Minas prorroga decreto de calamidade em mais municípios mineiros

Em sessão conduzida pelo presidente da ALMG, Agostinho Patrus, ficou definida a extensão do prazo até 30 de junho deste ano

A Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) aprovou, nesta quarta-feira (14/4), o Projeto de Resolução (PRE) 119/21, que reconhece em 25 municípios e, prorroga, em 43 cidades, até 30 de junho, a vigência do decreto de calamidade pública, em razão da pandemia de Covid-19. A proposta, de autoria da Mesa da Assembleia, foi apreciada em turno único durante Reunião Extraordinária de Plenário.

“Com esta medida, garantimos maior autonomia para as ações municipais de enfrentamento à covid-19 como a compra de insumos para o setor de saúde e a adoção de melhorias na rede de atendimento à população”, destacou o presidente da Assembleia Legislativa de Minas Gerais, deputado Agostinho Patrus.

Dentre os 25 municípios, Barbacena, Congonhas, Extrema e Rio Acima foram os que tiveram o reconhecimento, e cidades como Patos de Minas, Pedro Leopoldo e Uberaba, dentre as 43 cidades, tiveram a vigência do decreto de calamidade prorrogada.

Ainda, durante a Reunião Extraordinária de Plenário que definiu a aprovação, o presidente Agostinho Patrus lembrou que, desde o primeiro momento, a ALMG vem atuando, em diversas frentes, no combate e na prevenção à doença. Ele também destacou a importância da atuação dos profissionais de saúde. “Passada a pandemia, iremos, com certeza, fazer uma grande homenagem a todos os profissionais de saúde que se desdobram, diariamente, para salvar vidas no Estado e no País”, afirmou Agostinho Patrus.

Confira a lista completa dos municípios no Portal da ALMG: www.almg.gov.br