Notícias

Atenção à natureza: como fazer uma reforma mais sustentável

S

É possível transformar a casa considerando o melhor para o meio-ambiente

(fonte: istock) 

Muitas pessoas pensam em reformar a casa, mas não querem simplesmente trocar o velho pelo novo. Com uma conscientização sobre o meio-ambiente cada vez mais em voga, na hora da obra, é possível, sim, mudar os ambientes levando em conta a sustentabilidade. Antes de tudo, é preciso planejamento para reformar e entender para onde vão os resíduos e o que pode ser reaproveitado.

Tudo começa com um bom plano, para que não se compre materiais em excesso ou que haja desperdício sem necessidade. Também é imprescindível comprar de fornecedores que tenham responsabilidade ambiental. É preciso atentar-se para produtos sustentáveis, como as lâmpadas de LED, que economizam energia. As pinturas com cal e tintas ecológicas também estão em alta, além do uso do bioplástico. Materiais reaproveitados também podem ser uma opção na hora de reformar, como madeira de demolição.

Para uma reforma sustentável, é preciso contratar profissionais qualificados e que estejam alinhados com esse jeito de trabalhar. Pode-se também pensar na instalação de formas de energia sustentáveis. Os painéis solares estão cada vez mais acessíveis e colaboram com o meio ambiente. Outra forma de economizar energia é privilegiar as formas de luz naturais com janelas amplas.

A reutilização da água também é essencial para quem pensa na preservação do meio ambiente. A substituição de itens que desperdiçam água é essencial, como aquelas válvulas antigas. É possível também realizar o reaproveitamento da água da chuva. Empresas especializadas podem fazer todo o sistema de captação e armazenamento para uso nas descargas ou para lavar o chão.

Contar com a criatividade é essencial para repensar a forma de utilizar os materiais. Por exemplo, uma porta antiga que seria substituída pode virar uma bancada de mesa. Um objeto pode não ser mais útil em sua função original, mas é possível que se torne excelente em outra. Para reaproveitar materiais, é importante ter em mãos os acessórios corretos para ajudar, como uma Tupia Makita, ferramenta bastante útil para quem trabalha com madeira. Também é possível comprar materiais usados de qualidade, que podem trazer um charme a mais ao ambiente.

Do lado de fora, muitos começaram a investir em telhados e muros verdes, que deixam a casa mais arejada. No quintal, substituir os pisos de concreto por grama ajuda na absorção da água. A criação de uma horta urbana também é válida, além da instalação de uma composteira doméstica, para reduzir o lixo e transformá-lo em húmus. Muitas são as oportunidades de reformar a casa pensando na sustentabilidade.