Notícias

Baixo índice de violência em Minas Gerais pode atrair turistas

F

Estado teve redução de 33,3% na taxa de crimes violentos em 2020

(crédito: divulgação) 

Há muitos motivos que justificam conhecer as cidades de Minas Gerais. E ainda que a comida mineira seja um grande atrativo – são famosos os pratos mineiros que dão água na boca –, uma outra motivação tem levado turistas a escolher o estado na hora de decidir o destino das viagens: a segurança.

No ano da pandemia, Minas Gerais apresentou um recorde na redução da criminalidade. Foi o segundo ano consecutivo que o estado encerrou com grandes taxas negativas dos crimes – vale destacar que, de janeiro a novembro de 2020, a redução da criminalidade foi de 33,3%, segundo dados apresentados pelo Secretário de Estado de Justiça e Segurança Pública, General Mario Araujo. Isso representa um total de menos 21.194 crimes violentos em comparação a 2019.

Entre os crimes considerados violentos, estão: homicídio tentado e consumado, sequestro e cárcere privado tentado e consumado, extorsão mediante sequestro, estupro de vulnerável tentado e consumado, estupro tentado e consumado, roubo tentado e consumado e extorsão tentada e consumada.

Segurança atrai o turismo?

Ainda não foi comprovado que a segurança pública atraia, de fato, mais turistas. No entanto, já foi confirmado que cidades reconhecidas como violentas tendem a prejudicar o turismo da região. 

Segundo estudo da Confederação Nacional do Comércio, algumas cidades tiveram queda no faturamento do turismo em decorrência da violência. O Rio de Janeiro é um exemplo: perdeu cerca de R$ 150 milhões justamente por causa da criminalidade. E a cidade maravilhosa não é a única: Salvador também sofreu perdas graças à violência, sobretudo em atrativos turísticos, como no Pelourinho e no Mercado Modelo. Maracanaú, no Ceará, também afastou turistas por ser reconhecida pela guerra entre facções rivais.

Assim, entende que cidades com menores índices de violência também atraem turistas. 

Manutenção da criminalidade em Minas Gerais

O estado teve uma atuação importante para reduzir a criminalidade, pautado especialmente por causa da atuação da Polícia Civil e Polícia Militar. Houve um intenso fortalecimento de integração entre os órgãos de segurança pública em 2020, o que também contribuiu para a redução dos crimes.

Visando uma melhora contínua para que o estado continue reduzindo a taxa de criminalidade, Minas Gerais investiu em novos concursos públicos. Em 2020 e 2021 abriram vagas para o concurso Polícia Penal MG, que forma novos profissionais da segurança pública. 

Segundo informações da Polícia Militar, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros e Polícia Penal, houve, em 2020, a inclusão de 2.685 novos profissionais, sendo 1.842 deles voltados à PM, que teve à disposição 221 novas viaturas, adquiridas por meio de recursos externos ao caixa do estado.