Notícias

Belo Horizonte comemora o Dia da Gastronomia Mineira

Vitrine da tão famosa e tradicional gastronomia do estado, capital mineira é reconhecida internacionalmente, desde 2019, por ser Cidade Criativa da Gastronomia pela Unesco 

Lives, palestras, cozinhas-show, engajamento de mercados, bares e restaurantes, chefs, universidades e, é claro, dos belo-horizontinos. Assim será o Dia da Gastronomia Mineira, comemorado em 5 de julho, mas que neste ano terá ações festivas na capital ao longo de todo o mês, com apoio da Prefeitura de Belo Horizonte, por meio da Belotur. Criado em 2012, o dia foi escolhido em homenagem ao nascimento do escritor Eduardo Frieiro, autor de “Feijão, Angu e Couve – ensaio sobre a comida dos mineiros”. Lançado em 1966, o livro foi a primeira publicação de gastronomia dedicada a apresentar os sabores de Minas.  

Do pão de queijo com cafezinho coado na hora à comida afetiva produzida com alimentos colhidos na horta de casa, dos queijos aos menus sofisticados, a gastronomia de Minas Gerais passa por ingredientes, tradições e talentos que são preservados e considerados verdadeiras riquezas pelos mineiros. “E toda essa fartura se encontra em Belo Horizonte. A jovem capital, de apenas 123 anos, foi construída por pessoas de todo o interior do estado, que trouxeram consigo seus saberes e sabores, concebendo a cidade como a maior vitrine da cultura e diversidade gastronômica do estado de Minas Gerais”, analisa Gilberto Castro, presidente da Belotur.

As celebrações do Dia da Gastronomia Mineira vão de 5 a 31 de julho. Em Belo Horizonte, a Belotur coordenará ações que valorizem e divulguem a gastronomia mineira, baseando-se na premissa de que a cidade é a vitrine nacional e internacional desta cozinha e que, desde 2019, foi designada pela UNESCO como Cidade Criativa da Gastronomia. Ao receber esse reconhecimento, a capital participa de uma rede internacional de cooperação e de projetos estratégicos, cujo objetivo é fomentar a indústria criativa local, impulsionar negócios, compartilhar as melhores práticas e políticas públicas de desenvolvimento sustentável e de inclusão social, além de tornar a cidade referência no Turismo Gastronômico. Ou seja, motivos não faltam para comemorar a data.

Mercados

Os principais mercados de Belo Horizonte estarão presentes nas comemorações do Dia da Gastronomia Mineira. O Mercado Central – eleito pela revista TAM nas Nuvens (2016) como um dos melhores do mundo – irá realizar quatro oficinas sobre receitas e drinques, dentro do seu projeto de cozinha-escola. As oficinas serão gravadas e transmitidas no Facebook da Semana da Gastronomia Mineira (facebook.com/semanadagastronomiamineira) e no Instagram do Mercado Central (@mercadocentralbh).

São elas:

  • 16/7, às 19h15: Drinks sustentáveis, com o mixologista Victor Quaranta;
  • 23/7, às 19h15: Sopa julina sustentável, com a chef Valdelícia;
  • 30/7, às 19h15: Linguine ao pesto de beldroega, com o chef Edson Puiati;
  • 6/8, às 19h15: Broinha de fubá com queijo do Serro, com Renato Pires, professor da UNA.

Já o Mercado Novo organizará uma ação conjunta com 26 estabelecimentos, que estão criando receitas para comemorar o Dia da Gastronomia Mineira e a designação de Belo Horizonte como Cidade Criativa da Gastronomia. Eles divulgarão suas ações pelo perfil @ovelhomercadonovo. São eles: Moscata Empada, Charcutaria Tapera, Rapa do Tacho, Painço, Ortiz, A Pão de Queijaria, Nômade, Vó Anna, Borandá, O Andarilho, Fubá, Rotisseria, De Birra, Rei da Estufa, Massa Mercado, Leopoldina Pizza, Carimbó, Sandro Cozinheiro, Guarapari, Bento Bolinhos, Alento, Forno da Saudade, Terras Altas, Vermelhão e Lamparina Cachaçaria. A ação acontecerá do dia 5 ao 31 de julho. 

Edital de Inverno – 4 Estações

Em junho, a Belotur divulgou o resultado do Edital de Inverno do Programa 4 Estações, que fomenta eventos com potencial turístico em Belo Horizonte. Dos 70 projetos aprovados, 27 estão relacionados com a gastronomia. Isso significa R$ 780 mil injetados no setor. Os eventos abaixo apoiam a programação do Dia da Gastronomia Mineira: 

  • Live Clássicos da Liberdade – Arraial de Belo Horizonte: live sobre o Arraial de Belo Horizonte e gastronomia junina mineira, que acontecerá no dia 10 de julho, a partir das 15h30, no Youtube da Liberdade FM e na sintonia da rádio. Além disso, em apoio ao Dia da Gastronomia e à designação de Belo Horizonte como Cidade Criativa da Gastronomia, a Rádio Liberdade FM (92,9) fará uma entrevista ao vivo com o chef Renato Lobato da Faculdade Estácio de Sá, dia 3 de julho, às 9h30
  • Encontros Criativos da Gastronomia de Belo Horizonte – Semana da Gastronomia Mineira: realizado pelo chef Edson Puiati, tem como objetivo valorizar a história e os valores da culinária do nosso estado, fortalecendo o título de Belo Horizonte como Cidade Criativa da Gastronomia pela Unesco. Nesta 7ª edição, trará o conceito de combate ao desperdício de alimentos e a alimentação saudável. O evento acontece entre os dias 5 de julho e 6 de agosto. A programação completa está disponível no Facebook: facebook.com/semanadagastronomiamineira
  • Semana Portuguesa/Festa Portuguesa 2021: o evento acontecerá entre os dias 19 e 24 de julho. O objetivo é promover a integração das comunidades luso e luso-descendentes com os belo-horizontinos. O evento contará com almoços e jantares temáticos para a Semana Portuguesa/Festa Portuguesa 2021, seminários e rodadas de negócios. O acesso é pela plataforma experimente.businessexperience.pt
  • Prosperidade VI Edição: o evento acontecerá entre os dias 23 e 25 de julho e tem como objetivo valorizar e promover a mineiridade presente na cidade de Belo Horizonte. Serão apresentações artísticas, visitas guiadas virtuais nos atrativos de Belo Horizonte, workshops de gastronomia mineira, vegana e sobre cervejas artesanais. A transmissão acontece no instagram @prosperidademgc. 
  • Minas dá Samba e Comida Boa: o evento se conecta diretamente ao turismo propondo experiência musical e gastronômica em Belo Horizonte. Acontecerá nos dias 31 de julho e 7 de agosto, a partir das 19h. Será transmitido  no canal da Rede Prime de Comunicação: youtube.com/channel/UCQIFUMwGGS1gqWA_2LQBViA 

Outra parceria importante dentro das comemorações é com a BH Airport, no Aeroporto Internacional de Confins. As pessoas que desembarcarem no terminal durante as comemorações serão recebidas com a frase “seja bem-vindo à cidade criativa da gastronomia”, exibida em todo o circuito digital de Confins. Os restaurantes da praça de alimentação irão criar pratos comemorativos à data.

A Jornada da Alimentação é uma iniciativa do Sebrae-MG para oferecer produtos e serviços aos empreendedores do setor em Belo Horizonte e região. Dentro da programação acontece a 2ª temporada do Prepara Gastronomia, entre 13 e 15 de julho, com exibição ao vivo pelo canal youtube.com/user/AtendimentoSebraeMG. Lá, os interessados terão acesso a iniciativas com engajamento digital de empreendimentos gastronômicos, propostas de valor e preço, como oferecer uma experiência diferenciada aos clientes e como melhor trabalhar com delivery.

A Amipão, entidade composta pelo Sindicato das Indústrias de Panificação do Estado de Minas Gerais (Sip) e pela Associação Mineira da Indústria de Panificação (Amip), também vem somar às comemorações. A Associação irá disponibilizar sacolas de pães com o selo oficial Cidade Criativa e conteúdos sobre a Gastronomia Mineira. 

A Plataforma Cumbucca divulgará durante todo mês de julho histórias, receitas e produtos locais. No dia 5 de julho, às 15h, será exibido um vídeo do chef Flávio Trombino (Restaurante Xapuri), que herdou os saberes de sua mãe, Dona Nelsa, sobre a produção de doces no tacho. 

A Frente da Gastronomia Mineira (FGM) irá realizar um encontro especial de comemoração, no dia 5 de julho, às 15h, e exibirá o curta-metragem “A dona do Tacho”, que retrata a vida da Dona Nelsa Trombino, cozinheira e fundadora do Restaurante Xapuri, filha de imigrantes italianos que dedicou a vida a divulgar a comida típica de Minas Gerais. Link: meet.google.com/czj-jvkw-wby

A importância da data para BH
De acordo com Gilberto Castro, presidente da Belotur, a gastronomia é importante para a cidade e motor de desenvolvimento local – além de ser um setor criativo é um dos principais produtos turísticos da cidade. Prova disto foi a designação da cidade como Cidade Criativa da Gastronomia pela UNESCO, em 2019.

“A pandemia do Coronavírus atingiu consideravelmente o setor. As medidas de prevenção que incluem o isolamento e a quarentena foram adotadas em diversas partes do mundo, tornando-se a principal forma de conter a propagação do vírus. Em Belo Horizonte, esta realidade não foi diferente”, acrescenta, ressaltando a importância da retomada econômica do setor. “É muito bom ver o trabalho articulado de toda a cadeia produtiva do turismo, unindo iniciativas privada e pública em prol do desenvolvimento da cidade”, conclui.