Notícias

Clubes participantes e CBV decidem pelo encerramento da Superliga Masculina 2019/20

Fotos: Orlando Bento/MTC

Após nova reunião, realizada na manhã desta segunda-feira (20/4), por meio de videoconferência, a maioria dos clubes participantes, a Confederação Brasileira de Voleibol (CBV) e a Comissão de Atletas decidiram pelo encerramento da Superliga Masculina Banco do Brasil 2019/20. Na reunião, foi realizada uma votação com os representantes de cada entidade e, com oito votos, venceu a proposta apresentada pela CBV, que decidiu pelo fim da temporada em virtude da pandemia da Covid-19. Cinco clubes, entre eles o Fiat/Minas, votaram pela continuidade do torneio.

A Superliga Masculina 2019/20 foi encerrada com a classificação da data em que a competição foi interrompida, dia 14/3, faltando uma rodada para encerrar a primeira fase. Assim, o Fiat/Minas termina a temporada em sexto lugar. O diretor de vôlei masculino do Minas, Elói Oliveira, comentou sobre o encerramento do torneio. “Estávamos esperançosos, pois o nosso time estava crescendo no segundo turno e subindo de produção. Tivemos a lesão do oposto Felipe Roque, que nos atrapalhou, mas a equipe vinha se recuperando e fazendo bons jogos. No segundo turno, vencemos três dos quatro melhores times classificados, o Taubaté, o Sesc-RJ e o Sesi-SP, com uma equipe jovem e formada no Clube. Tentamos seguir, mas ficou decidido pelo encerramento”, afirmou.

Elói Oliveira também falou sobre as expectativas de formação da equipe para a próxima temporada. “Agora, temos que pensar para a frente. Nosso trabalho está sendo bem feito e nos próximos meses vamos definir a equipe. Vamos seguir com um time forte, com atletas do juvenil, vamos valorizar a equipe que formamos em casa. Ter essa base que faz com que o Minas seja sempre competitivo”, destacou.

Diretor Elói Oliveira

Diretor Elói Oliveira (ao centro, de branco) em conversa com o grupo após a vitória sobre o Taubaté, em março

Na reunião desta segunda-feira (20/4), votaram pela continuidade da Superliga masculina os clubes Fiat/Minas (MG), Sada Cruzeiro (MG), América Vôlei (MG), Apan Blumenau (SC) e Sesi-SP. Votaram pelo fim da competição os times Vôlei Renata (SP), EMS Taubaté Funvic (SP), Pacaembu/Ribeirão Preto (SP), Vôlei UM Itapetininga (SP), Ponta Grossa Vôlei (PR), Denk Academy Maringá  Vôlei (PR) e Sesc-RJ, além da Comissão de Atletas, representada pelo presidente Raphael Oliveira.

Superliga Masculina Banco do Brasil 2019/20

1° EMS Taubaté Funvic
2° Sada Cruzeiro
3° Sesc-RJ
4° Sesi-SP
5° Vôlei Renata
6° Fiat/Minas
7° Apan Blumenau
8° Vôlei Um Itapetininga
9° Pacaembu/Ribeirão Preto
10° Denk Academy Maringá Vôlei
11° América Vôlei
12° Ponta Grossa Vôlei

Patrocinador: Fiat       
Patrocinador: 
Newton Paiva
Patrocinador: Axial
Fornecedor de Material Esportivo: Icone

Siga as redes sociais oficiais do Vôlei do Minas:
Facebook: 
/mtcvoleiInstagram: @mtcvolei