Notícias

Como combater pulgas e carrapatos em cães?

De coleiras a medicamentos, conheça soluções para prevenir e erradicar parasitas nos bichinhos.

Coceiras, pequenas feridas e chorinhos de incômodo. Estes geralmente são sintomas de que seu bichinho está com pulgas ou carrapatos. Além de inconvenientes, esses parasitas podem transmitir ou causar doenças através do sangue de cães e gatos.

Hoje existem diversas soluções tanto para prevenir o aparecimento, quanto para combater pulgas e carrapatos. Também é importante conhecer bem como eles se movem pelo ambiente e se instalam nos pets para escolher a melhor solução.

Características dos parasitas

Pulgas

As pulgas são “pontinhos” pretos muito pequenos, extremamente rápidos e com capacidade de saltar. Se alimentam de sangue e geralmente se instalam em locais abafados e quentes, como embaixo das orelhas, pescoço, barrigas e próximo à cauda dos animais. Tanto cães quanto gatos podem sofrer desse tipo de infestação.

Nos ambientes, as pulgas se escondem entre o rejunte do piso, nos espaços entre tacos e pisos de madeira, no carpete, tapete e sofá.

Carrapatos

Por sua vez, os carrapatos são mais encontrados em cãezinhos. Esses aracnídeos, que também se alimentam de sangue, aparecem mais nas áreas verdes, como jardins e parques, e são maiores que as pulgas. As fêmeas têm coloração marrom avermelhada e os machos são mais escuros. Ainda: carrapatos fêmeas podem escalar uma parede de até quatro metros de altura.

Os carrapatos se escondem preferencialmente debaixo das orelhas, focinho, pescoço e entre os dedos nas patas dos animais. No ambiente externo, preferem locais mais altos, distantes do solo, como frestas e cantos, telhas, folhas secas ou até na cobertura dos canis.

Como eliminar esses parasitas?

Há diversas opções no mercado tanto para prevenção quanto para eliminação de pulgas e carrapatos. Mas fique sempre atento aos rótulos das embalagens: todos os produtos para eliminar os carrapatos também controlam a infestação por pulgas, mas alguns produtos são específicos para pulgas, por isso, não controlam infestações por carrapatos.

É melhor conferir com o veterinário quais opções ele recomenda para seu bichinho, caso ele tenha alergia a algum tipo de substância, e se é recomendável a utilização de duas ou mais soluções combinadas.

Coleiras antipulgas

Hoje, uma das melhores opções para combater pulgas e carrapatos em cães e gatos é a coleira antipulgas. A maioria é feita de silicone e contém substâncias (medicamentos ou inseticidas) que se espalham pelo organismo animal, através da própria oleosidade da pele.

Coleiras antipulgas tem durabilidade de 30 dias a 6 meses, e quanto mais longa, mais vantajosa. Além disso, esta solução não atrapalha a coleira convencional, ou seja, pode ser usada até durante os passeios com seu bichinho.

Sprays e talcos

Outra opção bastante utilizada para eliminar pulgas e carrapatos são sprays e talcos. A vantagem desses produtos é a facilidade de aplicação, que pode ser feita com o pelo ainda seco.

Spray ou talco, o produto deve ser aplicado no dorso do bichinho, no sentido contrário do crescimento da pelagem do cão e atuam diretamente na pele. Importante: evitar o contato da substância com os olhos, focinho e boca do animal.

Talcos também podem ser borrifados em pouca quantidade perto de locais onde seu cãozinho prefere ficar, como no entorno da caminha ou do sofá.

Xampus e sabonetes

Xampus e sabonetes anti pulgas podem ser usados para efeito imediato e higiene, principalmente nos cães, mas têm pouco ou nenhum efeito posterior. É recomendado utilizar outro produto complementar de maior tempo de duração.

Se for o caso, pode levar seu animalzinho a um pet shop especializado para tomar um banho antipulgas. O mais recomendado é conferir se o estabelecimento tem pessoas treinadas e que terão o extremo cuidado para fazer esse tipo de tratamento.

Medicamentos orais

Comprimidos e tabletes administrados via oral são geralmente usados nos casos de infestações maiores de pulgas, carrapatos e até outros tipos de parasitas. Eles também são bastante eficazes na prevenção contra esses insetos. Sempre conferir com o veterinário as opções recomendadas e verificar o peso do animal para comprar a opção correta.

Soluções de prevenção no ambiente

Não há comprovação de que remédios caseiros sejam totalmente eficazes contra a infestação de pulgas e carrapatos nos animais. Mas há algumas soluções de higienização dos ambientes que auxiliam no combate aos parasitas.

A mistura de vinagre e água é uma grande aliada no combate às pulgas e carrapatos. Sem necessidade de nenhuma outra substância, misture bem na proporção de 1 para 1 e coloque o líquido em um borrifador ou utilize um pano de chão para espalhar no ambiente.

Outra opção é comprar desinfetantes próprios para ambientes com pets, vendidos em pet shops e até em alguns supermercados. Com grande durabilidade, são diluídos em água (proporção na embalagem) e podem ser utilizados como produto tradicional de limpeza no chão e paredes, ajudando a combater os parasitas e evitando reações alérgicas que outros produtos poderiam causar em seus cãezinhos.