Destaques

Coronavírus: como se proteger em casa e no trabalho

Orientações pedem que as pessoas saiam de casa apenas em casos de emergência

A situação com a presença do coronavírus no Brasil muda a cada dia. A organização Mundial da Saúde (OMS) já decretou estado de pandemia por causa da doença e, com o aumento de casos confirmados, suspeitos e com as primeiras mortes confirmadas, as recomendações gerais pedem para que os cidadãos fiquem em casa e saiam apenas em casos de emergência, em que não é possível adiar o compromisso.

Os com mais de 70 anos são o grupo de risco da doença. A taxa de letalidade na faixa etária de 70 a 79 anos é de 8% e sobe para 15% em maiores de 80. Enquanto isso, entre os jovens, ela é considerada baixa, com um percentual de 2% a 3%, de acordo com a OMS. 

Apesar da alta transmissibilidade, é possível adotar algumas medidas para evitar o Covid-19. A primeira é a higiene, como lavar as mãos por, pelo menos, 20 segundos, além de higienizá-las com álcool em gel 70%. Outra coisa importante é manter o distanciamento social, sem permanecer em locais fechados com aglomerações de pessoas.

Veja como se proteger em casa e no trabalho:

Casa

Em caso de adesão à quarentena, permanecer na residência é o mais indicado. Para isso, é importante se organizar para fazer todas as saídas necessárias, como ir ao supermercado ou à farmácia, de uma vez só ou pedir para que as entregas sejam feitas em casa. Hábitos simples como a troca frequente de roupas de cama e a limpeza de objetos compartilhados entre os moradores também ajudam a reduzir os riscos de contágio.

Sempre que chegar da rua, as roupas usadas devem ser lavadas e é necessário que um banho seja tomado, a fim de garantir a higienização. Além disso, outra medida eficaz é manter o ambiente arejado na maior parte do dia e utilizar o ar-condicionado inverter à noite, se precisar.

Trabalho

Os cuidados começam já no caminho para o trabalho. Em casos em que o trajeto é curto e a pessoa consegue ir andando ou de bicicleta, isso deve ser feito. Se for preciso utilizar o transporte público, os horários de pico, quando o número de pessoas é maior, devem ser evitados. Assim, sempre que encostar em algum local de uso comum, é interessante passar álcool em gel nas mãos e evitar tocar os olhos, o nariz e a boca antes que a lavagem seja feita completamente.

Durante o expediente, manter distância dos colegas e não compartilhar equipamentos como computadores e teclados é uma das medidas de segurança. Outro ponto importante é sobre as reuniões realizadas nos escritórios, que podem ser feitas de forma remota – por videoconferência, por exemplo. Se os envolvidos optarem pela forma presencial, o ideal é que as janelas estejam abertas.