Notícias

Empresas de turismo inovam para retomar o fôlego pós-pandemia

Um dos setores mais afetados com a pandemia do Covid-19 foi o turismo. A crise gerou uma dívida de R$ 341 bilhões durante o período de março de 2020 a abril de 2021 para o turismo brasileiro, segundo a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC).

Pensando em novas estratégias, empresas e agências se preparam para uma maneira diferente de viajar e de forma mais segura. Algumas estão usando táticas para vender viagens para 2022 e 2023 abaixo do valor e com financiamentos mais longos em pequenas parcelas, o que pode gerar um risco financeiro.

Por outro lado, algumas empresas utilizam de parcerias com resorts, hotéis e seguradoras de alto padrão, seguro viagem para covid-19 e atendimento a distância como formas de retornar com prevenção.

Um exemplo de inovação é a Hoop Travel, um concierge privado com foco em experiências personalizadas de viagem para os associados, principalmente para clientes em hotéis de cinco estrelas.

A empresa tem buscado parcerias com resorts e hotéis em destinos caribenhos que estão abertos a brasileiros e que administram a pandemia de acordo com as exigências internacionais de saúde.

Atualmente, resorts 5 estrelas estão com procedimentos de prevenção rígidos que trazem mais segurança para o hóspede. Em parceria com seguradoras de alto padrão, adicionaram a todas as reservas o seguro viagem com cobertura para diagnóstico covid-19.

Um dos destinos em que as empresas estão mais focando nesse período de pandemia é Cancun pelo alto padrão de prevenção.

A Hoop Travel vai inaugurar um espaço físico com 200 m2 para garantir o distanciamento de funcionários e clientes.