Notícias

Estabelecimentos de Tiradentes adaptam estrutura para oferecer conforto durante o inverno

Pousadas, restaurantes e bares apostam em infraestrutura diferenciada, aquecedores e lareiras para manter charme da estadia e permitir uma maior sensação de bem-estar durante baixas temperaturas

Durante o inverno, o frio em Minas Gerais não é brincadeira. Algumas cidades, como Tiradentes, no Campo das Vertentes, a temperatura pode chegar a rigorosos 5°C e provocar uma sensação congelante.

Não por isso, a cidade fica menos atraente para o turismo, sua maior ferramenta econômica. Pelo contrário, o frio acabando criando um charme extra para quem procura pelas maravilhas naturais, pelos pontos históricos, pelo ecoturismo e a alta gastronomia da cidade.

Nesta época do ano, bares, restaurantes, pousadas e lojas da cidade acabam se adaptando, tanto na logística quanto na estrutura, para receber os clientes e deixá-los mais confortáveis. Como o caso do restaurante Pacco & Bacco, que modifica toda a estrutura interna e externa.

“Quanto o inverno chega, instalamos ar-condicionado quente e frio nos ambientes. Nas áreas abertas temos aquecedores a gás. Instalamos portas internas de vidro temperado para que os clientes possam jantar com a bela vista da centenária Rua Direita, uma das mais famosas de Tiradentes. Assim, eles podem aproveitar a paisagem protegidos de uma corrente de ar frio”, explica Francisco Rodriguez, proprietário da casa.

O empresário ainda conta da satisfação dos clientes neste momento. “Os clientes se sentem valorizados ao perceberem o quão preparado o Pacco & Bacco é para recebê-los no inverno com conforto sem perder o charme. Muitas vezes os clientes vêm com crianças ou idosos, que são mais suscetíveis ao frio. Portanto, estamos muito felizes em saber que podemos oferecer este conforto a mais”.

Em cidades turísticas onde o inverno é rigoroso essa inclusão é necessária. Tiradentes fica a 927 metros de altitude, com a Serra de São José que faz uma bela moldura para a cidade, assim como uma sombra no poente em que as temperaturas despencam com o final da tarde. Com uma neblina característica do clima, traz um ar bucólico à cidade do Século XVIII.

Esse cenário leva o turista a uma experiência única, uma sensação de retorno ao tempo em ruas que tem história. Consolidada com um dos melhores destinos gastronômicos de culinária tradicional e contemporânea, aliada às belas pousadas com suas lareiras acesas, Tiradentes, é com certeza, um lugar a ser visitado.

Além das adequações para bares e restaurantes, pousadas e outros tipos de estadia também adaptam o espaço durante o inverno buscando uma melhor experiência para o hóspede. Mirian Saraiva, proprietária da Hospedaria da Villa, conta que a preocupação é para que os hóspedes recarreguem as energias dos passeios pela cidade e relaxem sem serem incomodados pelo frio e que possam aproveitar a cultura e gastronomia local com conforto.

“Temos unidades com lareira, que são uma opção romântica e aconchegante no período do inverno, onde o hóspede pode tomar uma deliciosa taça de vinho e relaxar ao creditar da lenha e do calor que ela traz. O aconchego e bem-estar se estende a todas nossas unidades, pois temos vários tipos de apartamentos. Ofertamos um atendimento personalizado, nossa atenção sempre voltada às necessidades e expectativa dos hóspedes”, conta a empresária.

Esse envolvimento de atender bem acaba tornando o cliente tão próximo que a relação torna de fidelidade. “Procuramos saber qual o objetivo da vinda a cidade, o que o visitante gostaria de fazer, conhecer e degustar. Assim indicamos a cada um o melhor a fazer de acordo com suas vontades. Com isto ele aproveita ao máximo sua estadia na cidade e pousada. Com este atendimento personalizado fidelizados nossos hóspedes que sempre retornam e indicam a pousada. Muitos, ao longo dos anos se tornaram amigos”, conta.

Seguindo a mesma vertente, a pousada Trem do Imperador também faz suas apostas para deixar os hospedes melhores acomodados durante o inverno e o retorno é experiência é tida como excelente. O proprietário da casa, Sérgio Valadão, acusa que a satisfação dos visitantes é sempre maior durante o inverno.

“O inverno em Tiradentes torna a cidade mais aconchegante e com certeza é nossa temporada mais cobiçada pelos turistas. A hospedagem na Pousada Trem do Imperador fica mais confortável com os aquecimentos nos ambientes, nas camas e nas toalhas também.  Com todos estes mimos, regados a um bom vinho nos pergolados com aquecedor, proporcionando aos hóspedes aconchegantes ambientes. Recebemos bons retornos de nossos hóspedes, pois, temos muitos que hoje são nossos amigos de recebermos convites para aniversários e casamentos”, conta o dirigente.

Sérgio ainda compartilha que independente da época do ano, se frio ou calor, Tiradentes é sempre uma vantajosa opção para se visitar. Afinal, essa é uma cidade de mais de 300 anos com uma programação diversificada.

“Em Tiradentes temos uma preocupação da preservação de seu patrimônio com casarios e vias públicas centenárias. Sem falar que Serra São José proporciona uma vista maravilhosa, além de várias trilhas e cachoeiras. A topografia da cidade proporciona o ecoturismo com competições de corridas e ciclismo. Não podemos esquecer o turismo cultural com as igrejas centenárias, os museus, a histórica Inconfidência Mineira com raízes na cidade, os concertos com nosso órgão da Matriz de Santo Antônio, os concertos de música clássica e até mesmo apresentações de grupos e corais na pracinha da cidade. Não podemos deixar de mencionar nossa gastronomia.  Temos vários restaurantes com chefs de renome internacional. Como já ouvi de alguns hóspedes, Tiradentes parece um presépio vivo, com suas casinhas, casarões, iluminação e ruas, tudo em harmonia”, conta o empresário e morador.

Como consequência, o mercado que envolve artigos que atendem demandas do inverno também acaba acelerando. Um exemplo é o do ateliê By Fábio Dias. A loja, que é especializada em lareiras ecológicas e em piras com tijolo refratário, tem um aumento significativo de vendas durante os meses do inverno e os meses que o antecede.

O proprietário da loja, Fábio Dias, explica que as vendas crescem, inclusive, por recomendações. “Durante os anos, investimos bastante na qualidade de nossos produtos oferecidos durante o inverno. Dessa forma conseguimos um marketing de boca a boca muito bom. Então acaba que quando chega nessa época do ano nós temos uma demanda muito grande por conta das indicações.  Então, usamos da estratégia de entregar um produto de qualidade para sermos uma referência na venda de lareiras ecológicas”, explica.

Fábio gosta de salientar o quanto seu trabalho é de qualidade e revela seu pioneirismo na comercialização deste produto, no Campo das Vertentes. “É interessante frisar que fomos os pioneiros desses produtos na região. Atualmente contamos com o diferencial de autonomia das lareiras ecológicas de quatro horas e meia”.

As baixas temperaturas do inverno sempre vão deixar uma viagem mais agradável e charmosa. Mas antes disso, a recomendação é de que o viajante pesquise o destino e descubra as opções mais confortáveis possíveis para que o frio seja prazeroso e não um problema.