Sem categoria

Henrique Abi-Ackel é o novo desembargador do TJMG

Doutor em Direito Penal e Processual pela Universidade de Sevilha, novo membro atuou como advogado e professor

O presidente Nelson Missias, a mãe do novo desembargador, Eliane Abi-Ackel e o avô e ex-ministro Ibrahim Abi-Ackel colocam o Colar do Mérito Judiciário em Henrique Abi-Ackel Torres

Na tarde desta quarta (24/6), foi empossado o novo integrante do Tribunal de Justiça de Minas Gerais, o advogado Henrique Abi-Ackel Torres, em vaga do quinto constitucional. A solenidade no auditório do Tribunal Pleno foi conduzida pelo chefe do Judiciário estadual mineiro, desembargador Nelson Missias de Morais.

Ao dar posse para o novo desembargador, que atuará na 8ª Câmara Criminal, o presidente do TJMG enalteceu a dedicação da família Abi-Ackel à causa pública, especialmente ao ex-ministro da Justiça e ex-deputado federal, Ibrahim Abi-Ackel, e ao deputado federal, Paulo Abi-Ackel, presentes na cerimônia, e, por fim, o colega.

noticia8-posse-henrique-abi-ackel.jpg
O presidente Nelson Missias enalteceu os serviços prestados pela família à causa pública e elogiou o jovem desembargador por sua prática e seu currículo 

“Sua juventude, com certeza, virá trazer sangue novo a esta Casa. Mas sua juventude não chega sozinha, evidentemente, caro colega desembargador. Chega acompanhada de um currículo e de uma prática profissional que o fazem altamente merecedor da magistratura superior e lhe garantem todas as condições para aqui desenvolver uma carreira em alto nível”, afirmou.

Leia o discurso do presidente do TJMG na íntegra.

Compromisso

noticia9-posse-henrique-abi-ackel.jpg
Doutor em Direito Penal e Processual, Henrique Abi-Ackel tem 39 anos e um extenso currículo

“Para mim, é um momento emocionante porque, como advogado, sempre tive muita admiração pelo Poder Judiciário. Fui muito feliz na minha profissão e pretendo representá-la com um trabalho digno e sério do primeiro ao último dia na minha carreira como magistrado”, declarou Henrique Abi-Ackel.

Além de doutor em Direito Penal e Processual pela Universidade de Sevilha (2017), defendido com louvor, Henrique Abi-Ackel, de 39 anos, é mestre em Direito pela Faculdade de Direito Milton Campos (2010), onde também se bacharelou, em 2005, e especialista em Vitimologia pela instituição espanhola, onde também atua como pesquisador e professor convidado.

No magistério, leciona na pós-graduação latu sensu do Instituto de Educação Continuada da Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (IEC – PUC/MG) e da Faculdade de Direito Milton Campos, na graduação em Direito da Unifenas em BH e é professor visitante do Instituto Hispalense em Política Criminal y Ciencias de la Seguridad (México).

Na Ordem dos Advogados Brasileiros – Seção Minas Gerais (OAB/MG), foi vice-presidente da Comissão de Estudos Permanentes em Compliance, membro da Comissão de Advocacia Criminal e delegado do setor de Defesa das Prerrogativas e Valorização da Advocacia.

Além da atuação acadêmica, tem livros e artigos publicados na área de Direito, com ênfase em Direito Penal, Empresarial, Societário e Econômico.

O evento respeitou as regras de distanciamento social, uso de máscaras e de álcool 70%, exigidas pelas autoridades de saúde para o combate à pandemia do novo coronavírus.

Presenças

noticia6-posse-henrique-abi-ackel.jpg
O presidente do TJMG, a mãe do novo magistrado, Eliane Abi-Ackel, o desembargador Henrique Abi-Ackel, o avô Ibrahim Abi-Ackel e o tio Paulo Abi-Ackel

A mãe do desembargador Henrique Abi-Ackel acompanhou a cerimônia, prestigiada também por diversas autoridades. Entre elas estiveram o presidente eleito do TJMG, desembargador Gilson Soares Lemes; a 2ª vice-presidente do TJMG, desembargadora Áurea Maria Brasil; a 3ª vice-presidente, desembargadora Mariangela Meyer.

Compareceram também, representando o governador de Minas Gerais, Romeu Zema, o secretário geral do Estado, Mateus Simões; representando o procurador-geral de Justiça de Minas Gerais, a procuradora-geral de Justiça adjunta, Cássia Virgínia Gontijo; o defensor público-geral de Minas Gerais, Gério Patrocínio Soares; o presidente da Ordem dos Advogados do Brasil, seção Minas Gerais (OAB/MG), Raimundo Cândido Júnior; e o presidente do Tribunal de Contas de Minas Gerais (TCMG), Mauri Torres, além de vários desembargadores, amigos e familiares.

Fonte: TJMG