Notícias

Itapemirim Transportes Aéreos recebe sua quarta aeronave

Airbus A320 da companhia chegou ao aeroporto de Confins, em Belo Horizonte (MG), na madrugada desta segunda

A Itapemirim Transportes Aéreos, companhia aérea do Grupo Itapemirim, anuncia a chegada da sua quarta aeronave em solo brasileiro. O pouso ocorreu na madrugada desta segunda-feira (14) no aeroporto de Confins, em Belo Horizonte (MG).

Na noite desta segunda-feira, a aeronave deve seguir para São José dos Campos (SP), onde irá receber nova pintura e customizações internas antes de iniciar as operações comerciais pela mais nova companhia aérea brasileira.

O novo Airbus A320 da ITA receberá o prefixo PS-TCS, em homenagem ao vice-presidente de Novos Negócios do Grupo Itapemirim, Tiago da Cruz Senna.

A ITA realiza seu voo inaugural no dia 29 de junho de 2021, entre os aeroportos de Guarulhos e Brasília. Até junho de 2022, a ITA atenderá em sua malha 35 destinos. As passagens já estão à venda no site da companhia, em https://www.voeita.com.br, e nas agências de viagem.

Sobre o Grupo Itapemirim

Com 67 anos de história, o Grupo Itapemirim é referência no mercado de transportes brasileiro. A companhia tem como presidente Sidnei Piva e como vice-presidente corporativo Adilson Furlan.

A Viação Itapemirim, empresa de transporte rodoviário, atende 2,5 milhões de passageiros por ano, em 2.700 cidades de 19 estados brasileiros, com mais de 300 ônibus em operação.

A Itapemirim Transportes Aéreos chega para democratizar a aviação comercial brasileira. A empresa traz uma nova experiência de viagem aérea no País, graças aos diferenciais que propõe em seu modelo de negócios. O foco da ITA está sempre no conforto e qualidade de atendimento ao passageiro.

A ITA será a única companhia a operar voos domésticos no Brasil com franquia de bagagem gratuita para todos os passageiros, além de oferecer mais espaço entre as poltronas em todas as fileiras de suas aeronaves, proporcionando mais conforto durante a viagem, e marcação de assentos sem nenhum custo adicional.

Atualmente, além dos modais rodoviário e aéreo, o grupo também é destaque nos setores ferroviário e industrial.