Notícias

Le Canton comemora ano de superação e projeta novidades para 2021

Mesmo em um ano desafiador como 2020, o Le Canton, o mais incrível resort da Região serrana do Rio de Janeiro, tem muitos motivos para comemorar. Depois de um verão promissor, o hotel precisou suspender suas operações temporariamente por quatro meses em função da pandemia, mas retomou suas atividades a todo vapor a partir da reabertura, conquistando desempenho recorde. 

Desde julho, quando reabriu com os mais modernos protocolos de higiene sanitária, o empreendimento vem operando com ocupação máxima dentro da capacidade permitida, registrando média de 70% de ocupação.

Para receber as famílias com filhos em estudo remoto, o hotel inovou e criou uma estrutura oferecendo internet de alta qualidade, mobiliário adequado, lanche e até mesmo a orientação de uma pedagoga para acompanhar as aulas. O produto Le Canton escolar foi um recorde de demanda e virou um case inspirando outros empreendimentos do estado.

A reposta dos hóspedes veio rápida, e o hotel manteve sua ocupação em 80% durante a semana e 100% nos finais de semana, dentro da capacidade permitida.

“A receita total ficou abaixo do ano passado por conta dos quatro meses de operação interrompida, mas com a boa ocupação após a reabertura, conseguimos recuperar uma boa parte do EBITDA, uma vez que nossas receitas atingiram os mesmos níveis de 2019. Em alguns meses, chegamos a superar o ano passado e o nosso “break-even” estava bem menor”, declarou Mônica Paixão, diretora geral do Le Canton, comemorando a capacidade de superação de sua equipe comercial. 

Os resultados continuaram positivos no final do ano, com um aumento de 30% nas vendas da Black Friday de novembro, em relação a 2019, e uma expectativa de chegar às festas de final de ano com uma ocupação de 100% dentro do permitido.

A equipe do hotel não desanimou em planejar um 2021 com novos projetos arrojados: o aumento de 14 unidades no Hotel Magique a partir das férias de julho (alta temporada), a construção de um parque aquático infantil no Canton Ville, a área de lazer e entretenimento do complexo, além da instalação de uma varanda no restaurante Lugano para oferecer um ambiente mais aberto e aumentar a capacidade de público.

Para 2021, Mônica Paixão e equipe ainda preveem a restrição de ocupação no primeiro trimestre, mas com a chegada da vacina, pensam que a vida voltará a um normal um pouco diferente, onde o “home-office” e “home school” estarão mais presentes na sociedade de um modo geral, permitindo escapadas para regiões próximas aos grandes centros com mais frequência durante a semana.

“De um modo geral estamos apostando que o lazer continuará sendo o nosso mercado principal. A maior lição que tiramos foi que a nossa equipe é o nosso maior bem e que, com ela motivada, unida e com o mesmo propósito, conseguimos superar qualquer desafio!”, conclui Mônica Paixão.