Notícias

Mais 542 mil doses de vacina contra a Covid-19 chegam ao Aeroporto Internacional de BH

Nona remessa, que é a segunda maior que chegou ao estado, estava em aeronave que pousou no aeroporto neste sábado (20), vinda de Guarulhos (SP)  

A segunda maior remessa de vacinas contra o coronavírus chegou aoAeroporto Internacional de Belo Horizonte, em Confins, neste sábado (20), por volta das 12h. Ao todo, foram 542.550 doses da vacina CoronaVac, imunizante desenvolvido pela farmacêutica chinesa Sinovac e produzida pelo Instituto Butantan. Essa foi a nona remessa de vacinas que chegou ao Estado. Como das últimas vezes, toda a carga foi encaminhada à Central de Rede de Frio da Secretaria Estadual de Saúde (SES) para envio às Unidades Regionais de Saúde (URS) de Minas Gerais. 

No dia 18 de janeiro, em um momento histórico, o aeroporto recebeu 577.480 doses da CoronaVac. Já em 24 de janeiro, uma aeronave chegou com 190.500 doses da vacina de Oxford, importada da Índia. No dia seguinte, o aeroporto recebeu uma nova remessa de vacinas com 87.600 doses da CoronaVac. Já no dia 7 de fevereiro, o aeroporto recebeu aeronave com 315.600 doses. Em 24 de fevereiro, chegaram 357.400 doses de vacinas, sendo 220 mil da AstraZeneca/Fiocruz e 137.400 da CoronaVac. Em 3 de março, foram 285.200 doses de CoronaVac. No dia 9 de março, chegaram 303.600 doses de vacina CoronaVac ao aeroporto. Por fim, em 17 de março, foram 509.800 doses da CoronaVac. 

Sobre a BH Airport  

A BH Airport, concessionária do Aeroporto Internacional de Belo Horizonte, é uma Sociedade de Propósito Específico (SPE) formada pelo Grupo CCR, uma das maiores companhias de concessão de infraestrutura da América Latina, e por Zurich Airport, operador do Aeroporto de Zurich, o principal hub aéreo da Suíça e considerado um dos melhores aeroportos do mundo, além da Infraero, estatal com experiência de mais de 40 anos na gestão de aeroportos no Brasil, que tem 49% de participação.