Notícias

Marcos Brandão ministra palestra destinada a empreendedoras locais

Nesta quinta-feira, dia 23 de julho, Marcos Brandão, diretor-presidente da BH Airport, ministrará uma palestra online destinada a empreendedoras locais. Com o tema “Liderança das mulheres na transformação do Vetor Norte”, o momento também será uma oportunidade de as participantes entenderem toda a estratégia de atração de investimentos com o Aeroporto Industrial. A ação é uma parceria com a associação MNV – Mulheres do Vetor Norte.

Para participar, basta acessar ao link no Sympla (https://www.sympla.com.br/lideranca-das-mulheres-na-transformacao-do-vetor-norte__903110). As inscrições são gratuitas, mas as participantes podem destinar valores, a partir de R$ 10, que serão revertidos em compras de cestas básicas. Toda a arrecadação será doada para mulheres em situaçãõ de vulnerabilidade social.

O Aeroporto Industrial

O Aeroporto Internacional de Belo Horizonte, em Confins, inaugurou, em maio de 2020, o primeiro Aeroporto Industrial do Brasil. O empreendimento é inédito na América Latina e prevê benefícios fiscais a empresas exportadoras que estiverem instaladas dentro do sítio aeroportuário. O projeto tem grande potencial para elevar a competitividade das empresas brasileiras no contexto internacional, além de atrair novos investimentos externos para o Brasil.

Serviço

Palestra online: Liderança das mulheres na transformação do Vetor Norte

Data: 23 de julho

Horário: 18h30

Inscrição: https://www.sympla.com.br/lideranca-das-mulheres-na-transformacao-do-vetor-norte__903110

Sobre a BH Airport

A BH Airport, concessionária do Aeroporto Internacional de Belo Horizonte, é uma Sociedade de Propósito Específico (SPE) formada pelo Grupo CCR, uma das maiores companhias de concessão de infraestrutura da América Latina, e por Zurich Airport, operador do Aeroporto de Zurich, o principal hub aéreo da Suíça e considerado um dos melhores aeroportos do mundo, além da Infraero, estatal com experiência de mais de 40 anos na gestão de aeroportos no Brasil, que tem 49% de participação.