Notícias

Minas conquista 13 medalhas e sai na frente no Troféu Brasil de Natação

O Minas começou com tudo na disputa do Troféu Brasil de Natação 2020. Na noite desta quarta-feira (9/12), primeiro dia de competição, o time minastenista conquistou 13 medalhas, sendo seis de ouro, seis de prata e uma de bronze, e encerrou a etapa em primeiro lugar no quadro geral de clubes, com 803 pontos. O Corinthians é o segundo colocado, com 307 pontos, e o Flamengo é o terceiro, com 189. O Campeonato Brasileiro Absoluto de Natação – Troféu Brasil é realizado no Parque Aquático do Club de Regatas Vasco da Gama, no Rio de Janeiro (RJ) e segue até o próximo sábado (12/12). As provas eliminatórias começam às 9h30, e as finais a partir das 18h, com transmissão da TV CBDA.  

Neste primeiro dia de provas, além das medalhas conquistadas por nadadores experientes, a garotada das categorias de base do Minas deu show na competição e subiu ao pódio, fazendo boas marcas. O nadador Victor Baganha, do Junior 2, que nadou a final dos 100m borboleta na raia quatro, fez uma disputa acirrada com o também minastenista Vinícius Lanza pela medalha de ouro. O jovem atleta chegou em segundo lugar, com 52s52, e comemorou a sua primeira medalha em campeonatos absolutos. “Primeiro, queria agradecer a toda a comissão e equipe multidisciplinar por todo apoio e suporte no dia a dia. Estou muito feliz por esse resultado e de estar entre a elite da natação brasileira. Agora, é trabalhar cada dia mais para chegar até uma olimpíada, estou cada vez mais próximo do índice e a meta é pegar essa marca”, afirmou.

Outro destaque da base na competição foi a atleta Nichelly Lysy, do Junior 1, medalha de prata nos 400m medley (4m57s94), também a sua primeira em competição absoluta. “Estou muito feliz. Tem muito tempo que estou treinando especificamente para essa prova, criei bastante expectativa nela durante muito tempo e, agora, consegui atingir o resultado. Daqui para frente, é buscar ainda mais e colocar metas mais audaciosas”, comemorou.

Entre os experientes, Felipe França venceu a prova dos 100m peito, com 1m0084, e comentou sobre o seu desempenho. “Nadei bem de manhã, fiz um tempo ótimo para uma eliminatória, e acreditava que faria melhor na final à noite. A surpresa foi que, estava muito escuro e a água turva, e ficou mais difícil do que de manhã, mas a vitória veio e sou campeão brasileiro 2020 dos 100m nado peito. Agradeço a Deus, ao meu técnico Sergio Marques e a todos que me treinam e ajudaram a realizar este resultado”.

O Troféu Brasil 2020 ainda é seletiva para o Campeonato Sul-americano de Desportos Aquáticos, em Buenos Aires, na Argentina, no próximo ano, ainda sem data definida. A competição internacional é absoluta, mas a delegação brasileira será formada apenas por atletas com idade entre 17 e 21 anos.

Resultado das finais

A disputa dos 800m livre abriu a competição nacional. Aline Rodrigues foi vice-campeã (8m45s98/Minas). Viviane Jungblut foi a campeã (8m40s46/GNU) e Betina Lorscheitter chegou em terceiro (8m47s69/Corinthians). No masculino, dobradinha do Minas com Guilherme Costa (7m58s03) e Diogo Villarinho (8m01s21). Alexandre Finco completou o pódio (8m06s61/GNU).

Nos 100m borboleta, mais uma dobradinha minastenista com Vinícius Lanza (52s23) e Victor Baganha (52s52). Gustavo Saldo foi o terceiro (53s41/Curitibano). A terceira dobradinha foi com Julia Sebastian (1m07s69) e Beatriz Lysy (1m10s90) nos 100m peito. Gabrielle Assis recebeu a medalha de bronze (1m10s91/Corinthians). No masculino dos 100m peito, o Minas dominou o pódio. Felipe França foi o campeão (1m00s84), Andreas Mickosz (1m01s21) o segundo e Evandro Silva (1m01s89) o terceiro.

A última prova individual do dia foi 400m medley. Nichelly Lysy foi a representante do Minas no pódio com a medalha de prata (4m57s94). Ouro para Gabrielle Roncatto (4m53s40/Unisanta) e bronze para Gabriela Albuquerque (5m00s22/Paineiras).

Os revezamentos 4x100m livre fecharam a noite com chave de ouro, literalmente. Vitória no feminino com Fernanda Andrade, Luana Ribeiro, Fernanda Celidônio e Aline Rodrigues (3m50s24). O time do Corinthians chegou em segundo (3m53s56) e o Flamengo em terceiro (3m53s72). Entre os homens, mais uma vitória do Minas com Marco Antonio Junior, Lucas Peixoto, Fernando Scheffer e Vinícius Lanza (3m17s32), seguido por Flamengo (3m23s82) e Curitibano (3m24s45).  

Medalhas do Minas – Troféu Brasil 2020

Ouro
Guilherme Costa – 800m livre – 7m58s03
Vinícius Lanza – 100m borboleta – 52s23
Julia Sebastian – 100m peito – 1m07s69
Felipe França – 100m peito – 1m00s84
Fernanda Andrade, Luana Ribeiro, Fernanda Celidônio e Aline Rodrigues – 4x100m livre – 3m50s24
Marco Antonio Junior, Lucas Peixoto, Fernando Scheffer e Vinícius Lanza – 4x100m livre – 3m17s32

Prata
Aline Rodrigues –800m livre – 8m45s98
Diogo Villarinho – 800m livre – 8m01s21
Victor Baganha – 100m borboleta – 52s52
Beatriz Lysy – 100m peito – 1m10s90
Andreas Mickosz – 100m peito – 1m01s20
Nichelly Lysy – 400m medley – 4m57s94

Bronze
Evandro Silva – 100m peito – 1m01s89

Programação de provas
10/12 – 200m livre / 200m costas / 50m livre / 4x200m livre
11/12 – 400m livre / 200m peito / 100m livre / 200m medley / 4x100m medley
12/12 – 1.500m livre / 100m costas / 200m borboleta

Os atletas fazem parte do projeto 2018.02.0034 Formação e Desenvolvimento de Atletas da Natação por meio do mecanismo fiscal do governo de Minas Gerais: Minas Esportiva Incentivo ao Esporte.