Notícias

Minas desenvolve, produz e exporta tecnologia de negócios

StartupWin Franchise comercializa franquias que incluem geradoras de energia solar, telemedicina e plataformas de gestão

A riqueza cultural de Minas Gerais não se restringe à contemplação da natureza, aos santuários ecológicos, aos ícones da arquitetura barroca. Vai além da gastronomia típica e variada, da cachaça de qualidade, da música e das tradições folclóricas. Há muito mais que as comidinhas de boteco, o queijo e o pão de queijo. Minas também é forte na pesquisa, na produção de soluções de base tecnológica e no empreendedorismo contemporâneo.

Exemplo dessa faceta são os empreendimentos fundamentados no mundo digital, tocados por empreendedores audazes, antenados e dispostos a conquistar mercados dentro e fora do país. Entre eles, destaca-se a StartupWin Franchise, mineira da gema que conquistou 11 franqueados em menos de um ano. Atua no Brasil e chegou à Europa a partir de Portugal. Ou seja: exporta tecnologia brasileira e, ao mesmo tempo, importa soluções para o Brasil e países vizinhos.

StartupWin constitui um modelo de negócio disruptivo, acessível e vencedor, que une o mundo das Startups ao mundo do Franchising. Nasceu no início da pandemia Covid-19 e chegou para desmanchar as dores de empreendedores que querem apostar em inovação, mas que ainda não desenvolveram produtos ou serviços. E, também, de startups que, em regra, necessitam de suporte comercial e propiciem ganhos. Durante a pandemia, os franqueados tocam seus negócios no esquema home based.

Importante: a StartupWin Franchise é associada ao grupo FCJ, um dos maiores do mundo na sua modalidade. No abertura do site da FCJ Venture Builder, a gente lê: “A FCJ Venture Builder é uma multinacional pioneira no ramo de Venture Builder no Brasil, iniciando seus trabalhos no ano de 2013. Desde 2018, passa a licenciar seu modelo de Venture Builder e Corporate Venture Builder, nas modalidades B2C, B2B e B2G”.

Animado, otimista e determinado, André Justino, CEO da StartupWin Franchising, diz: “As startups brasileiras têm um grande potencial para conquistar o mercado internacional. Já estamos em negociação com outros países europeus e continentes, para expansão da nossa rede de franqueados”.

Energia limpa

Gerar energia limpa e sustentável, sem investimento em obras, tanto para pessoas físicas como jurídicas, é a proposta, por exemplo, da startups Fazenda do Sol e Flux Energy. As usinas fotovoltaicas de alto desempenho, de ambas as marcas, estão localizadas em diversos pontos do Estado de Minas Gerais, a exemplo de Pirapora, Paracatu e Triângulo Mineiro.

O funcionamento do negócio é muito simples. O interessado se associa, fazendo adesão ao Consórcio ou Cooperativa de Energia. E então contrata a quantidade de energia que atenda seu perfil de consumo, com base no histórico das últimas 12 contas. Como resultado, o cliente passa a receber descontos significativos em sua conta de energia, que chegam a 15%. Simples, prático e econômico, o sistema fornece o selo Carbon Friendly.

Todo franqueado da StartupWin passa por treinamento, que é realizado pela franqueadora. E apenas os franqueados podem comercializar os serviços oferecidos pelas Startups. Para conhecer o portfólio completo da StartupWin, acessar https://startupwinfranchise.com/portfolio-de-startups/. Para obter mais informações: comercial@startupwin.com.br +55 (31) 9 8826-4692