Direto de bh

Minas e Itália

O presidente da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), deputado Agostinho Patrus (PV), discutiu com autoridades e empresários italianos e mineiros e estratégias para ampliar e diversificar os investimentos estrangeiros no Estado nos setores do agronegócio, da indústria e da inovação tecnológica. A pauta foi debatida no encontro virtual “Business Fórum: Itália – Minas Gerais”, promovido pelo Ministério Italiano das Relações Exteriores e da Cooperação Internacional.

Durante o evento de negócios, Patrus, que é vice- -presidente da Câmara de Comércio Italiana em Minas Gerais, defendeu o compromisso do Parlamento mineiro em viabilizar a atração de investimentos italianos, a exportação de produtos do Estado – como o café, o minério de ferro e as autopeças – e os contratos bilaterais com as indústrias mineiras.

Na última década, a Itália esteve entre os dez principais destinos e origens do comércio internacional de Minas. Além da presença histórica de grandes companhias como a Fiat, hoje grupo Stellantis, atualmente há cerca de 100 empresas italianas instaladas em território mineiro. Em 2020, Minas foi o Estado que mais exportou para a Itália, representando 20% das exportações brasileiras para o país. Em relação à importação, Minas ocupa o segundo lugar, com 11% das importações brasileiras de produtos italianos. No mesmo ano, o intercâmbio comercial entre o Estado e a Itália alcançou US$ 1,13 bilhão, com um superávit para Minas na ordem de US$ 90 milhões. Atualmente, a Itália é o 9º maior destino das exportações mineiras e a 4ª maior origem das compras do Estado.

Além de celebrar a longeva e próspera parceria diplomática entre Minas Gerais e Itália, Agostinho Patrus disse, ainda, que o Parlamento está empenhado em vencer entraves no Estado a fim de estimular o investimento italiano. “Tudo que for necessário para destravar investimentos para Minas, por meio de novas legislações ou de modificações nas legislações atuais, será feito”, enfatizou.

O evento foi organizado em parceria com o Consulado da Itália em Belo Horizonte, a Italian Trade Agency, a Federação das Indústrias de Minas Gerais (Fiemg), a Câmara de Comércio Ítalo-Brasileira de Minas Gerais e a Confederação-Geral da Indústria da Itália (Confindustria). Participaram o cônsul da Itália em Belo Horizonte, Dario Savarese; o embaixador da Itália em Brasilia, Francesco Azzarello; e o presidente da Câmara de Comércio Italiana em Minas Gerais, Valentino Rizzioli. Representantes do Governo do Estado e da Fiemg também estiveram presentes, entre outras autoridades italianas e mineiras.