Edição Impressa

Mineiro ilustre, José Marcos Gontijo era destacado pesquisador científico

José Carmine Dianese*

Minas perde um filho ilustre, José Marcos Gontijo Mandarino, pesquisador da embrapa

José Marcos Gontijo Mandarino (foto) (05/XI/1959 – 13/VI/2020) graduou-se em Farmácia/Bioquímica pela Universidade Federal de Minas Gerais (1983) e concluiu seu Mestrado em Ciência e Tecnologia de Alimentos na Universidade Federal de Viçosa (1987). Na Universidade Estadual de Maringá no Paraná foi Professor Colaborador (1989-1990). Incorporou-se à Embrapa Soja (Londrina-Paraná) em 1989 onde se revelou como um pesquisador eficiente e muito produtivo, tendo liderado importante projeto sobre o uso da soja na nutrição humana. Assim, em 2008, ao lado dos pesquisadores Mercedes Concórdia Carrão Panizzi, Vera de Toledo Benassi e Marcelo Álvares de Oliveira foi agraciado com um importante Prêmio outorgado pela Fundação Péter Murányi em razão do valioso trabalho desenvolvido sobre soja na nutrição humana.

De seu invejável currículo (disponível em: http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4781115Z1) constam 85 trabalhos publicados entre 1988 e 2018, muitos em periódicos de destaque internacional indiscutível, a saber: Agronomy Journal-USA, Agronomy-Suiça, American Journal of Plant Sciences, Canadian Journal of Physiology and Pharmacology, European Food Research & Technology, Food Chemistry-Elsevier/Holanda, Food Research International-Canada, Food Science and Technology International-Espanha, Industrial Crops and Products-Elsevier/Holanda, International Food Research Journal-Malasia, Japan Agricultural Research Quarterly, Journal of Agricultural Science-Cambridge/UK, Journal of Food Bioactives-Japão/Canada, Journal of Food Biochemistry-Wiley, Journal of Food Composition and Analysis-Elsevier/Holanda, Journal of Food Engineering- Elsevier/Holanda, Journal of Food Sciences and Nutrition- Reino Unido, Journal of Medicinal Food-USA, Journal of the American Oil Chemists Society, Nutrition-USA, Plant Physiology and Biochemistry- Elsevier/Holanda, Radiation Physics and Chemistry-Elsevier/Holanda, Seed Science and Technology-Zurich,

Além disso, participou de vários trabalhos publicados em periódicos brasileiros como: Pesquisa Agropecuária Brasileira, Tropical Plant Pathology, Ciência e Tecnologia de Alimentos, Brazilian Archives of Biology and Technology, Acta Scientiarum. Agronomy, entre outros.  

O José Marcos foi responsável pela organização de 13 livros publicados pela Embrapa-Soja, além de 11 capítulos de livros. Sua atuação em congressos científicos brasileiros e internacionais foi marcante, tendo contribuído com 190 trabalhos apresentados.

Além de tudo disso, não menos importantes são suas publicações sobre o uso da soja na alimentação humana, tendo por isso recebido o Prêmio Péter Murányi (http://www.fundacaopetermuranyi.org.br/main.asp?pag=index) em 2008.

Finalmente, nos vemos diante de uma forma prática dos mineiros renderem a ele uma homenagem efetiva, simples e de grande impacto. Assim, sugiro a aquisição de suas publicações, a seguir ilustradas, via o portal da Livraria Embrapa (https://vendasliv.sct.embrapa.br/liv4/principal.do?metodo=iniciar). (Esses dois livros fazem parte de um conjunto de 11 que tratam do uso da soja em nossa culinária). Com isso nós mineiros poderemos venerar a memória do conterrâneo José Marcos Gontijo Mandarino, um ser humano rico em bondade, inteligência e de extraordinária competência profissional, o qual soube honrar os valores da extensa família Gontijo, orgulhosa de seus antepassados e de sua tradição multicentenária.

*Professor titular emérito da Universidade de Brasília