Notícias

Minas Storm vence a Unifacisa e mantém longa invencibilidade no NBB

O Minas Storm segue fazendo história no Novo Basquete Brasil (NBB) com o recorde de vitórias consecutivas. Neste domingo (31/1), a equipe dominou as ações do jogo contra a Unifacisa e venceu por 88 a 76, alcançando a 17ª vitória seguida em 18 jogos pela competição nacional. A partida, válida pela terceira rodada do returno, foi realizada no ginásio do Maracanãzinho, no Rio de Janeiro (RJ). Os destaques do time minastenista na partida foram JP Batista, com 16 pontos e seis rebotes, o jovem Gui Santos, com 14 pontos, cinco rebotes e duas assistências, e David Jackson, com 13 pontos e quatro assistências.

Com apenas 18 anos, o ala Gui Santos falou sobre como se sente à vontade para jogar e ajudar o time. “No nosso time, todo mundo, desde o mais novo até o mais velho, tem o mesmo tratamento. Os caras mais velhos sempre me dão dicas como ‘Gui, você pode melhorar nisso’ e é uma coisa natural. Isso me ajuda muito dentro de quadra, me sinto à vontade nos jogos para poder ajudar”, afirmou.

Com mais um resultado positivo, o Minas segue na liderança do NBB, com 94,4% de aproveitamento. O próximo adversário da equipe na competição será o vice-líder Flamengo, no dia 9/2, na Arena MTC, com transmissão ao vivo do canal ESPN.

Liga das Américas

Agora, o Minas volta toda a sua atenção para a disputa da Basketball Champions League Americas (Liga das Américas), competição de clubes de maior importância do basquete continental. A equipe aceitou o convite da Federação Internacional de Basquete (Fiba) e substituirá o Peñarol no torneio. Assim, o time está no grupo D, ao lado de Flamengo (Brasil) e Instituto Córdoba (Argentina). A competição começou neste domingo (31/1) e se encerra em abril, com sistemas de “disputas em bolhas”. O Minas Storm inicia a sua caminhada na Liga das Américas na próxima quarta-feira (3/2), quando enfrenta o Flamengo. Na quinta (4/2), a equipe volta a entrar em quadra para jogar contra o Instituto Córdoba. Os jogos serão no Rio de Janeiro e ainda não têm horário definido.

O jogo

A partida deste domingo começou equilibrada, mas, na sequência da parcial, o Minas fez prevalecer a sua força de ataque e conseguiu abrir pontos de vantagem. A equipe minastenista foi bem nos lances livres e David Jackson acertou bolas de três para deixar a equipe minastenista à frente no primeiro quarto: 26 a 18. O Minas Storm manteve o ritmo intenso no segundo período e concluiu bem as oportunidades de ataque. A Unifacisa tentou reagir e chegou a encostar no placar da parcial, mas, novamente, as bolas de três do time mineiro fizeram a diferença. No fim, vitória do time comandado por Leo Costa no primeiro tempo, por 49 a 36 (23/18).

A Unifacisa saiu na frente na volta do intervalo. Mas, do outro lado, o Minas seguiu consistente em quadra e não deu chances de reação ao adversário. O time minastenista manteve o bom aproveitamento no ataque e segurou a liderança do placar. Já a Unifacisa teve dificuldade para converter os seus arremessos. No fim do terceiro quarto, vitória do Minas por 74 a 58 (25/22). No último período, a equipe minastenista controlou as ações do jogo e se destacou nos rebotes defensivos. Com o marcador a seu favor, o time arriscou nas bolas de três para tentar ampliar ainda mais a vantagem. Mesmo com a derrota na parcial (18 a 14), a equipe não foi ameaçada no placar geral e administrou para sair de quadra com a vitória por 88 a 76.

Destaques do Minas

JP Batista – 16 pontos e seis rebotes.
Gui Santos – 14 pontos, cinco rebotes e duas assistências.
David Jackson – 13 pontos e quatro assistências.
Nesbitt – 12 pontos e seis rebotes.

Minas em números

  • 11 arremessos convertidos de 3 pontos / 11 arremessos convertidos de 2 pontos.
  • 46 rebotes.
  • 22 assistências.
  • cinco bolas recuperadas.
  • 108 de eficiência.

Ficha técnica

Unifacisa: Nehemias, Pastor, Vezaro, Pecos e Paranhos. Entraram: Alexandrino, Rafa, Betinho, Barnes e Gemadinha. Técnico: César Guidetti.

Minas: JP Batista, Parodi, Johnson Sr, Nesbitt e David Jackson. Entraram: Queiros, Davi, Ronald, Rafa Moreira, Gui Santos, Dias e Augusto. Técnico: Léo Costa.

Árbitros: Jonas de Carlo Pereira, Gregório Aguiar Lelis e Deric Ferraz Salomão Costa.

NBB – Segundo turno

26/1 – Cerrado (80 x 93) Minas – Rio de Janeiro (RJ)
28/1 – Brasília (75 x 99) Minas – Rio de Janeiro (RJ)
31/1 – Unifacisa (76 x 88) Minas – Rio de Janeiro (RJ)
9/2 – 19h – Minas x Flamengo – Arena MTC – ESPN
12/2 – 20h – Minas x Campo Mourão – Arena MTC – DAZN
14/2 – 19h – Pato Branco x Minas – Arena MTC – DAZN
25/2 – 17h – São Paulo x Minas – São Paulo (SP) – DAZN
27/2 – 19h – Franca x Minas – São Paulo (SP) – DAZN
1/3 – 20h – Paulistano x Minas – São Paulo (SP) – DAZN
11/3 – 17h – Minas x Caxias – São Paulo (SP) – DAZN
14/3 – 12h – Minas x Mogi – São Paulo (SP) – Youtube oficial MTC
16/3 – 20h – Corinthians x Minas – São Paulo (SP) – DAZN
27/3 – 16h – Minas x Bauru – São Paulo (SP) – DAZN
29/3 – 20h – Minas x Pinheiros – São Paulo (SP) – DAZN
31/3 – 20h – Minas x Fortaleza – São Paulo (SP) – DAZN

O Campeonato Brasileiro Interclubes de Basquete – NBB 2020/2021 faz parte do rol de Campeonatos Brasileiros Interclubes em que parte dos atletas dos Clubes integrados ao Comitê Brasileiro de Clubes – CBC tem as despesas de hospedagem e transporte aéreo custeadas com recursos públicos geridos por esta fonte.