Notícias

Novos hábitos de prevenção a doenças impactam turismo

Segmento de seguros de viagem se prepara para aumento da procura por este tipo de serviço, especialmente os seguros para viagens nacionais; empresas anunciam planos com cobertura para Covid-19

A pandemia de Covid-19 ocasionada em 2020 está transformando a visão da sociedade em diversos aspectos, desde as relações interpessoais, formas de trabalho, padrões de consumo, até os cuidados com a saúde. Antigos hábitos estão sendo substituídos por outros que têm como principal objetivo prevenir doenças e resguardar a vida.

Com a retomada dos setores de turismo e entretenimento, um segmento em especial está sentindo a mudança no comportamento do consumidor: o de seguros de viagem. Muito pesquisados e contratados em casos de viagens internacionais —em alguns países, como Equador, Colômbia e Cuba, é obrigatório ter seguro para cruzar a fronteira—, os seguros estão ganhando espaço também no planejamento das viagens domésticas, aquelas em que a origem e o destino estão situados em território nacional. Na plataforma Seguros Promo, maior comparadora e emissora de seguro viagem do Brasil, este movimento do consumidor já é sentido. Entre os meses de agosto e setembro do ano passado, a contratação de seguros para viagens nacionais correspondia a cerca de 3% no total de vendas —o restante destinava-se aos seguros para viagens internacionais. No mesmo período deste ano, após a flexibilização das medidas de distanciamento social, a porcentagem de seguros contratados para viagens domésticas passou para 10,7% em agosto e 14,1% em setembro.  

Paulo Zamboni, CEO da plataforma Seguros Promo, explica que a nova dinâmica de cuidados com a saúde se estende à prevenção. “As pessoas estão se cuidando mais e hábitos aprendidos durante a pandemia vão permanecer. É importante tirarmos as lições deixadas após a passagem do coronavírus”. O executivo explica que o serviço em passeios domésticos, por melhor custo benefício que tenha, ainda é deixado de lado por uma falsa sensação de segurança.  “Há uma tendência de o viajante achar que está coberto por seu plano de saúde em uma viagem no Brasil, mas, na maioria das vezes, os planos possuem um limite territorial que inviabilizam o atendimento de urgência quando algum imprevisto acontece.”

Já quem conta com um seguro viagem pode ter diversos benefícios garantidos durante sua estada fora de casa. Dependendo do tipo de plano contratado, estão cobertas internações, cirurgias de emergência e até traslados de helicóptero para a cidade de origem, sem falar do desagradável extravio de bagagem. “É muito comum, por exemplo, que a alimentação diferente do que o viajante está acostumado ocasione infecções gastrointestinais. Acidentes, leves ou graves, em passeios, também acontecem quando menos esperamos. E, em um lugar muitas vezes desconhecido, sem referências médicas ou familiares, é complicado encontrar rapidamente uma solução satisfatória”, alerta Zamboni.

Na hora de escolher qual seguro contratar, o executivo indica a pesquisa. “Por meio do site www.segurospromo.com.br, os viajantes podem encontrar opções de planos de acordo com as necessidade específicas de cada um, seja para destinos internacionais ou nacionais. Os seguros mais vendidos pela plataforma são os que possuem cobertura de até US$ 40 mil. Em seguida, estão os planos com cobertura entre R$ 60 mil a US$ 100 mil. Menos vendidos, os seguros com coberturas superiores a US$ 100 mil. Os valores por dia para cada viajante geralmente variam entre R$ 3, para viagens nacionais, e R$ 20, para viagens internacionais ou com coberturas maiores. “Economizar com seguro não é inteligente. O custo por dia é muito vantajoso tendo em vista a segurança. Em território nacional, a diária de um bom seguro viagem costuma ser mais barata que um picolé”, avalia Zamboni.

Seguro viagem com cobertura para Covid-19

De olho no crescimento da procura por seguros viagem, empresas do segmento já se movimentam para atrair mais clientes e na plataforma Seguros Promo já há opções de planos com cobertura para despesas médicas hospitalares aos segurados que apresentarem diagnóstico positivo para a Covid-19 durante o período de viagem. Entre os planos, o cliente já encontra coberturas para despesas médicas e hospitalares, indenização por hospitalização por diagnóstico de Covid-19 e até translado de corpo devido a morte por Covid-19. “A pandemia tem apresentado nossas oportunidades para todos os segmentos e o seguro viagem tende a acompanhar as novas demandas na área de prevenção”, finaliza Zamboni.